Morreram Milton Luiz Pereira e sua mulher Rizoleta Mary Pereira | Fábio Campana

Morreram Milton Luiz Pereira e sua mulher Rizoleta Mary Pereira

Morreu na madrugada de hoje, em Curitiba, o ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Milton Luiz Pereira. Horas antes, sua mulher Rizoleta Mary Pereira, havia morrido.

Ela morreu por volta das 19 horas de quarta-feira (15) e o ministro às 2h20 desta quinta-feira.

Os dois estavam internados na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba. Pereira e Rizoleta tinham câncer no pulmão.

O velório do casal transcorre em uma das capelas do Cemitário Parque Iguaçu. Os corpos serão sepultados na sexta-feira, às 10 horas, no mesmo cemitério.

Carreira

O ministro era natural de Itatinga (SP). Ele foi prefeito de Campo Mourão (1964-1967). Pereira formou-se bacharel em Direito pela
Universidade Federal do Paraná.

Ele foi juiz federal substituto e titular da 2ª Vara da Seção Judiciária do Paraná, juiz do Tribunal Regional Federal da 3ª Região
(1989) e presidente do TRF-3ª Região (1989/1991), de acordo com o STF.

Pereira integrou o Superior Tribunal de Justiça por dez anos, até abril de 1992, quando completou 70 anos. No STJ, passou pela Primeira Turma, a Primeira Seção e a Corte Especial. Ele também foi Coordenador-Geral da Justiça Federal e diretor do Centro de Estudos Judiciários (CEJ).


9 comentários

  1. Renato Fernandes Silva Junior
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 15:27 hs

    Amanhecemos tristes com esta notícia. É uma pena a vida terrena ser finita para pessoas dotadas de tamanho saber, dignidade e bondade.
    Dr. Milton foi Advogado, Prefeito, Juiz e Ministro, desempenhando sempre suas funções com inigualável perfeição, mas destaco o carinho e lealdade que sempre devotou aos que com ele conviveram.
    Renato Fernandes Silva Junior – Campo Mourão

  2. SOLANGE LOPES
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 21:26 hs

    Uma mente brilhante. Tive o privilégio de ser seu aluno.

  3. LEO
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 21:39 hs

    COMO PODE..A MESMA DOENCA..E MORRERAO NO MESMO DIA…AINDA TEM GENTE QUE NAO ACREDITA EM DEUS.

  4. quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 22:05 hs

    Com sentimentos pela passagem do casal Milton e Rizoleta, que foram juntos ao encontro do pai.

    Para a família perder os dois praticamente simultaneamente, é um sofrer duplo.
    Mas para os dois foi a melhor maneira de morrer… estejam certos, assim um não sofrerá a falta do outro.

    Quando existe amor… deseja-se morrer juntos !

    Para o Sr Milton e Sra Rizoleta, obtiveram a passagem autorizada por DEUS, companheiros na vida e na morte.

    Descansem em paz !
    ROSICLER REGINA M M ANTUNES – Curitiba- Pr

  5. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 22:46 hs

    Infelizmente alguns trastes populistas, mentirosos e sindicalistas inssistem em continuar vivos ou (vivo).

  6. tauillo tezelli
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 23:24 hs

    Dr. MIlton, sempre é um exemplo a ser seguido.

    Como Prefeito, Juíz, MInistro, vai ficar marcado na vida das pessoas que o conhecíam..

    É com muita tristeza que perdemos este grande brasileiro..

  7. Luiz Carlos Stefano
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 8:57 hs

    é suprpreendente o fato ocorrido, gostaria de saber qual a idade do casal.

  8. Claudião
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 12:20 hs

    Nessas horas deve ser refletido sobre os ensinamentos de Alan Kardec e as leis que aproximam as almas na vida material. Condolências aos familiares!

  9. ENOCH ELIAS SAAD
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 14:32 hs

    DR. MILTON LUIZ PEREIRA – O MAGISTRADO – JUIZ,

    DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRF3ª Região e

    O MINISTRO DO STJ. SUPERIOR A TODOS ESTES

    TÍTULOS ELEVA-SE O CIDADÃO HONRADO, O HOMEM

    DIGNO, O ASCETA CRISTÃO E O ADMINISTRADOR

    IMPOLUTO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*