Governo diz que 23,5% para os PMs e 25% para os civis é o máximo que pode oferecer | Fábio Campana

Governo diz que 23,5% para os PMs e 25% para os civis é o máximo que pode oferecer

A oferta do governo Beto Richa para os policiais é essa: 23,5% para os policiais militarres e 25,5% para os civis. Mais do que isso significaria ulltrapassar os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Há, no governo, convicção de que a maioria na tropa da PM aceita essa proposta do governo. Os obstáculos maiores hoje seriam criados pelas motivações político-paretidárias que contaminam o movimento.


38 comentários

  1. Ricardo
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:04 hs

    Quem tem mais de 10 anos com gratificação vai ter o salário congelado sem reajuste de inflação já esse ano e os mais antigos até 2014 sem reajuste de inflação. Legal, nè!!!! Se analisar assim eu já vou perder o reajuste da inflação desse ano.

    Carreira Praças__Hoje c/ 30 anos e___O que Teríamos nas mesmas condições caso a inflação de 2011 se repetisse
    _________________e Superior______Inflação 2012_____Inflação 2013______Inflação 2014_______Proposta
    Subtenente ______ R$ 5.061,75 _____ R$ 5.390,76 _____ R$ 5.741,16 ______ R$ 6.114,33 _____ R$ 4.829,25
    1º Sargento ______ R$ 4.710,67 _____ R$ 5.016,86 _____ R$ 5.342,96 ______ R$ 5.690,25 _____ R$ 4.491,62
    2º Sargento ______ R$ 4.385,93 _____ R$ 4.671,01 _____ R$ 4.974,63 ______ R$ 5.297,98 _____ R$ 4.179,31
    3º Sargento ______ R$ 4.085,52 _____ R$ 4.351,08 _____ R$ 4.633,90 ______ R$ 4.935,11 _____ R$ 3.890,40
    Cabo ___________ R$ 3.807,67 _____ R$ 4.055,17 _____ R$ 4.318,76 ______ R$ 4.599,48 _____ R$ 3.623,19
    Soldado 1ªC._____ R$ 3.550,65 _____ R$ 3.781,44 _____ R$ 4.027,24 ______ R$ 4.289,01 ______ R$ 3.500,00

  2. Ita
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:06 hs

    Seria bom explicar aos leitores deste blog que este aumento anunciado pelo governo de 23% para a policia Militar não contempla todos, mas só uma minoria.
    Vejamos tomando por exemplo o salário de um soldado:
    Salário atual de Soldado:
    Com menos de 5 anos de serviço R$ 2.438,39 aumento de 23,32%
    Com 5 anos de serviço R$ 2.560,31 aumento de 17,45%
    Com 10 anos de serviço R$ 2.682,23 aumento de 12,11%
    Com 15 anos de serviço R$ 2.804,15 aumento de 7,23%
    Com 20 anos de serviço R$ 2.926,07 aumento de 2,76%
    Com 25 anos de serviço R$3.047,99 Redução salarial de 1,36%
    Com 30 anos de serviço R$3.169,91 Redução salarial de 5,41%
    Lembrando que alem deste valor ainda recebem o valor por serviços extraordinários.
    Com a implantação do Subsidio todos irão ganhar R$ 3.007,08
    Só vai ter aumento de 23% anunciado pelo governador o soldado que ira ingressar na Policia e Bombeiro ou aquele que recentemente ingressou.

  3. Ita
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:11 hs

    O governador Beto Richa ao assumir o governo jurou cumprir a Lei, porém esta deixando de cumprir pois o que a Policia esta querendo é simplesmente o cumprimento da Lei que determina que o Policial e Bombeiro devem receber em forma de subsidio e os valores não são os apresentados pelo governador.
    Lei11.366/96
    Emenda 29
    PEC 64.

  4. vilfredo
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:15 hs

    Mas é claro.
    Beto Richa comprou aviõees, mantem a mordomia dos procuradores do estado e seus supersalários de mais de R$ 26.000,00, entupiu o governo com centenas de cargos em comissão, enquanto que o essencial fica de lado.
    Os PM e os policiais civis precisam comparar os salários e continuar lutando.
    Vamos para greve. Vamos para a transparencia.
    Chega de enrolação e colocar a culpa no passado.

  5. WARDIRENE
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:21 hs

    23,5%%%

    – ” Isso é o máximo!!!!!!”

    “Engraçado… para os cargos comissionados;(…), FORAM 140%

    LINDA ESSA MATEMÁTICA NÃO!!!!

    Aviso aos policiais militares, quem tiver 25 anos de polícia
    vaza enquanto é tempo…. vão pra reserva remunerada…
    com o bico vcs ganharão mais

  6. Luiz
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:21 hs

    Descordo, o principal obstáculo não são as “motivações políticos partidárias, mas, sim, a miséria de salário que o governo paga para os polícias que vivem amarrados ao prconsig para poderem sustentar suas famílias! Além disso, o próprio governo criou expectativas na classe, agora que arque com as consequências!

  7. Ita
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:22 hs

    Dinheiro tem sim pois foi acrescentado no orçamento 2012 mais 150 milhões para a segurança pública.
    E para implantar 100% da Emenda 29 com salário inicial para soldado de R$ 8.000,00 basta cobrar estes grandes devedores de ICMS conforme segue nesta lista são 57 bilhões de ICMS, mas tem mais devedores.

    http://www.youtube.com/watch?v=DumyFlVTu8s&feature=ema

  8. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:38 hs

    Fábio me explica a diferença entre o tal aumento para que eu possa multiplicar entre as comunidades onde dou palestras como voluntária todos os dias.
    São em média 100 pessoas presentes em cada palestra em Curitiba. No Rio chego a reunir 800 pois nos morros tudo fica perto e a população consegue estar presente sem ter que pegar condução.

  9. maria da silva
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:53 hs

    É uma vergonha um policial civil com escolaridade de terceiro grau que cuida da segurança da sociedade ganhar uma miséria dessa. Será que o governador conseguiria sustentar a sua familiia com esse salário?

  10. FABIO
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:54 hs

    Certamente qua a mairoria dos PMs, é contra essa pouca vergonha( PALHAÇADA) que o governo ofereceu. só vai beneficiar quem esta entrando agora ou tiver menos de 15 anos de serviço, para quem mais de 15 anos de serviço e nivel superior( Gratificação Técnica) j recebe atualmente 3.097 reais pela proposta feita por este(PALHAÇADA) vamos ter uma redução nos salários, ate 2014 o valor proposto do subsidio é de 3.500 reais. tendo uma média de inflação de cerca de 6% ao ano serão 18% até 2014 quando meu saláriode 2.097 passaria em torno de 3.654 reais. maior que o SUBSIDIO de 3.500 reais oferecido pelo(PALHAÇADA) aonde ele esta vendo GANHO REAL DE 23% ?

  11. FABIO
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 16:55 hs

    Certamente qua a mairoria dos PMs, é contra essa pouca vergonha( PALHAÇADA) que o governo ofereceu. só vai beneficiar quem esta entrando agora ou tiver menos de 15 anos de serviço, para quem mais de 15 anos de serviço e nivel superior( Gratificação Técnica) j recebe atualmente 3.097 reais pela proposta feita por este(PALHAÇADA) vamos ter uma redução nos salários, ate 2014 o valor proposto do subsidio é de 3.500 reais. tendo uma média de inflação de cerca de 6% ao ano serão 18% até 2014 quando meu saláriode 3.097 passaria em torno de 3.654 reais. maior que o SUBSIDIO de 3.500 reais oferecido pelo(PALHAÇADA) aonde ele esta vendo GANHO REAL DE 23% ?

  12. Governador cumpra a Lei
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 17:12 hs

    SUBSÍDIO: manipulado e corrompido pelo Governo
    Coronel PMRR Elizeo Ferraz Furquim
    Presidente da AMAI

    Soldado, sentido!

    O projeto Richa para a implementação do SUBSÍDIO dos policiais militares e civis está desfigurado e se constitui, agora, numa peça de artilharia que, se volta contra o artilheiro ou criador. Desfigurado, manipulado e corrompido, o Governo o apresenta como um instrumento da maldade salarial, gestada no seio dos seus implementadores. Tipo assim: “vocês querem subsídio? Pois vejam o que nós conseguimos fazer dele!!”.

    Realmente, subtraíram a remuneração dos coronéis atuais como a base da hierarquia militar e salarial. Criaram e fixaram um valor “arbitrário e fictício”, como teto da remuneração do futuro coronel (R$ 15.418,22). Desconstruíram o escalonamento salarial vertical atual (e o vigente ao tempo da Emenda à CF19/98), instituídos por lei, e o substituíram por um novo, da sua invenção e sem base técnica ou jurídica. Estabeleceram que a carreira se encerra do plano remuneratório aos 25 anos (não aos 35), e por este mecanismo, subtraíram dos que já o têm incorporado (50%), revisando-o, anualmente; mas, que serve como teto para os que chegam. Isto é, ninguém chegará aos sete quinquênios.

    Vendendo miragem, o Governo concede a aparente “benesse” de nivelar o soldado como se ele já tivesse, ilusoriamente, 25 anos de serviço e não 35 como é de direito. Assim, também, fixou um teto salarial reduzido para as praças. Com isto, dá, num primeiro momento, um modesto “upgrade” na remuneração atual do soldado – embora lhe furtando o futuro e, com base na sua remuneração atual, pois foi desconsiderada a soma das vantagens. Por consequência, todos se nivelam em aproximadamente R$ 3.000,00 para, somente voltar a concretizá-la em pouco mais de R$ 3.500,00, em 2014; contrariando o Parágrafo 4º do Artigo 39 da Constituição Federal.

    Por este mesmo mecanismo dos 25 anos, abstrai a inatividade de qualquer benefício da implementação do subsídio, congelando os que já atingiram o patamar da remuneração máxima e bloqueando a passagem das vantagens aos 25 anos. Para os inativos não há “impacto” na folha de pagamento: ele não existe para os inativos– vai tudo para a vantagem pessoal inominada.

    Há mais armadilhas escondidas: esperem para ver!

    Assim, percebemos que o mal não tem limites. Voltamos à luta secular do trabalhador contra o patrão. A Assembleia Legislativa, certamente, não endossará esta grosseria que se pretende fazer contra os policiais civis e militares, e especialmente contra si própria, pois discutiu à exaustão a concessão do subsídio como forma remuneratória aos policiais em cumprimento ao mandamento constitucional federal, Emenda 19/98, e estadual, pela Emenda 29/10.

    As ponderações de todos os integrantes da comunidade, comandante-geral, subcomandante-geral e quatro membros do Fórum das Entidades, foram feitas, mas, apesar das insistências, de nada adiantou. Muitas desculpas, tratamento cuidadosamente VIP à Mesa, mas de resultado positivo: absolutamente nada! As perspectivas para uma discussão final, pós-carnaval, só servirão para esquentar os ânimos, pois não se acena com absolutamente nada. Ainda assim, se nos for dado lugar à Mesa, lá estaremos!

    Acreditem apenas em nós mesmos, vamos ampliar os atos públicos e teremos novo material de esclarecimento à população. Vamos demonstrar claramente que o Governo oferece uma proposta maliciosa.

    Do projeto original não se guardou absolutamente nada e do subsídio, apenas o nome, com a “benesse” da representante da PGE, que lhe empresta capa conceitual, esquecidos de que vão, mais hora, menos hora, tomar desse mesmo remédio, pois estão incluídos na Emenda CF 19/98.

    As emendas orçamentárias da autoria do deputado Mauro Moraes e aprovadas pelos senhores deputados não foram consideradas. Os impactos foram declarados de quatro milhões para 2012, dois milhões para 2013 e quatro milhões para 2.014. Isto é, para este ano, está previsto o gasto de meros R$ 3 milhões aproximadamente, dos R$ 150 milhões orçamentados para a PM. Para a PC, nem a metade disto.

    Fonte: http://amai.org.br/descompressao/?p=3296

  13. PM Pacífico
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 17:17 hs

    O que está sendo proposto pelo Sr. Governador é somente uma reposição devido as perdas e defasagem salarial da classe mais necessitada (Praças PM), que é de 23,5%. Posteriormente será enviado a AL, tabela conforme link: http://www.cidadao.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=67732&tit=Richa-apresenta-proposta-de-subsidio-para-policiais-conforme-a-Emenda-29

    A tabela encontra-se anexo junto com as Policias Civil e Científica. Essas tabelas serão enviadas a AL. e se aprovada deverá ser paga em 2013 e 2014. Nota-se que em caso de não aceitação em vez de greve deveria se discutir uma nova tabela pra ser enviada p/ AL e que fosse diluída em 2013 e 2014 respectivamente. Acho que não deveríamos perder tempo, que é o que menos temos.

  14. Governador cumpra a Lei
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 17:43 hs

    Policiais militares não terão “aumento” de 23%
    quinta-feira, fevereiro 16th, 2012
    Ao contrário do que afirma o governador Beto Richa, os policiais e bombeiros militares não receberão um reajuste salarial de 23% com a implementação desta proposta de subsídio!

    APENAS SOLDADOS, CABOS, E SARGENTOS – COM MENOS DE 05 ANOS DE SERVIÇO – TERÃO REAJUSTE SALARIAL!

    Entenda porque:

    – Atualmente PMs já ganham os valores propostos por causa das gratificações
    Com os valores apresentados, quase todas as classes não terão nenhum ganho real, uma vez que o subsídio ficou abaixo da remuneração atual da categoria. Somente não terão os seus salários reduzidos porque receberão a diferença como “vantagem pessoal”. Talvez o governador tenha esquecido que a categoria não recebe apenas o soldo. Recebe também as gratificações.

    – Valores não tem explicação técnica
    Os valores apresentados na proposta do governo para cada posto ou graduação, não tem uma explicação técnica e nem se quer respeitam o escalonamento vertical.

    – Reajuste anual (data base) dos militares estaduais foi incluído na proposta de subsídio
    Na verdade, o “aumento” proposto é de 17,5%, porém, o Governo somou a esta percentagem o reajuste anual (data base), transformado em uma percentagem única para a Polícia Militar, que totalizou os 23%. Ressalta-se, novamente, apenas para soldados, cabos e sargentos com menos de cinco anos de serviço.

    – Militares da ativa com mais de cinco anos de serviço, inativos e pensionistas não terão o subsídio e nem mesmo o reajuste anual (data base)
    A proposta apresentada pelo governador Beto Richa, não contempla os militares estaduais da ativa com mais de 10% de adicionais por tempo de serviço, nem os inativos e pensionistas, na sua totalidade. Portanto, eles não serão beneficiados por esta forma de “subsídio” e nem mesmo com o reajuste da data base, por estar “incluído” ao subsídio.
    NÃO TERÃO SUBSÍDIO E AINDA PERDEM O RESJUSTE ANUAL!

    http://amai.org.br/descompressao/?cat=29

  15. Na Ativa
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 18:01 hs

    Não sei quem faz parte da maioria. Só sei que eu não sou, uma vez que a oferta do governo reduz o meu pagamento de todas as formas em que o seu projeto fou apresentado. Desta forma, só vou ter aumento em 2015 e olha lá…tanto tempo de estudo pra apresentar uma tabela, como dizem os adolescente: “nada vê”??…

  16. thiago hyller
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 18:10 hs

    Esse reajuste é uma mentira. Somente soldados e cabos com menos de 5 anos terão reajuste. No meu caso foram o salário
    diminuiu 400 reais

  17. vb
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 18:28 hs

    A amai esclareceu o que significa esse absurdo espero que eles estejam equivocados apenas uma parte insignificante da corporação ira receber soldados com ate 5 anos visto que os demais já, recebem este valor por seu tempo de serviço gratificações etc portanto com mais de 5 anos não recebem nadaaaaaaaa e pior como colocou o 6.5% junto aquele reajuste da inflação ninguém recebe nem isso ahhhhhhhhhhhh pra piorar se for a cruel verdade pela primeira vez nem com Requião isto aconteceu aposentados e pensionistas não terão nem o valor da inflação é um ABSURDO alguém veja o que esta sendo feito .

  18. edson Halkenback
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 18:33 hs

    Com os valores apresentados, quase todas as classes não terão nenhum ganho real, uma vez que o subsídio ficou abaixo da remuneração atual da categoria.
    Na verdade, o “aumento” proposto é de 17,5%, porém, o Governo somou a esta percentagem o reajuste anual (data base), transformado em uma percentagem única para a Polícia Militar, que totalizou os 23%. Ressalta-se, novamente, apenas para soldados, cabos e sargentos com menos de cinco anos de serviço, terão alguma coisa agora a proposta apresentada pelo governador Beto Richa, não contempla ninguém com mais de 10 anos de serviço, nem os inativos e pensionistas, na sua totalidade. Portanto, eles não serão beneficiados por esta forma de “subsídio” e nem mesmo com o reajuste da data base, por estar “incluído” ao subsídio.

  19. edson Halkenback
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 18:36 hs

    NA VERDADE OS ÚNICOS QUE VÃO TER ALGUM AUMENTO DE UNS 300,00 REAIS SÃO OS RECRUTAS QUE VÃO ENTRAR AGORA, PORQUÊ QUEM JÁ ESTÁ TRABALHANDO, ALÉM DE NÃO TER AUMENTO DA DATA BASE, VAI GANHAR MENOS, E NÃO ADIANTA O GOVERNO VIR COM ESSE PAPO DE AUMENTO QUE NÃO É VERDADE.

  20. Trabalhador
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 18:42 hs

    Repito : A mando de quem estão estes “policiais” ?

    Governador está sendo bonzinho, deveria agir como na BA, cadeia neles

  21. Uliano
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 18:43 hs

    Gostaria de saber porque o Governo do Estado não apresenta os números do impacto financeiro, que ele diz ser exorbitante, a folha de pagamento do Estado. Diz que é o máximo que pode conceder, faz os cálculos em sima do salário base para o índice do reajuste ficar maior. Um cálculo simples apresentado na net dão conta de que giraria em torno de 3 milhões o impacto financeiro. Pergunto: onde estão os 150 milhões destinados a PM para o pagamento do subsído da emenda orçamentária do Dep. Mauro Moraes? E os outros 150 milhões destinados a PC? Alguma coisa está errada. Estamos de olho.

  22. Sonhar é Preciso
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 19:06 hs

    Subsídio: Soldo + gratificações transformada em parcela única.
    A CF, garante aos aposentados e pensionistas todas as vantagens remuneratórias concedidas aos da ativa.

    Nesta tabela calcularam 23% sobre o soldo dos militares, esquecendo que grande maioria além do soldo tem gratificações garantidas por Lei.
    Também esqueceram da Lei de Escalonamento Vertical,
    Lei 11.366/96, que garante ao Soldado que sua remuneração será de 37% do vencimento do maior posto da classel.

    Com tanto ESQUECIMENTO, ESQUECERAM que temos diversas Leis que nos concedem benefícios e ESQUECERAM de nos conceder uma remuneração digna para prover as necessidades básicas de nossa família.

    Mas, ainda é possíivel sonhar por dias melhores.

  23. Beto Richa NUNCA MAIS
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 19:33 hs

    Policiais militares não terão “aumento” de 23%
    Ao contrário do que afirma o governador Beto Richa, os policiais e bombeiros militares não receberão um reajuste salarial de 23% com a implementação desta proposta de subsídio!
    APENAS SOLDADOS, CABOS, E SARGENTOS – COM MENOS DE 05 ANOS DE SERVIÇO – TERÃO REAJUSTE SALARIAL!
    Entenda porque:
    – Atualmente PMs já ganham os valores propostos por causa das gratificações
    Com os valores apresentados, quase todas as classes não terão nenhum ganho real, uma vez que o subsídio ficou abaixo da remuneração atual da categoria. Somente não terão os seus salários reduzidos porque receberão a diferença como “vantagem pessoal”. Talvez o governador tenha esquecido que a categoria não recebe apenas o soldo. Recebe também as gratificações.
    – Valores não tem explicação técnica
    Os valores apresentados na proposta do governo para cada posto ou graduação, não tem uma explicação técnica e nem se quer respeitam o escalonamento vertical.
    – Reajuste anual (data base) dos militares estaduais foi incluído na proposta de subsídio
    Na verdade, o “aumento” proposto é de 17,5%, porém, o Governo somou a esta percentagem o reajuste anual (data base), transformado em uma percentagem única para a Polícia Militar, que totalizou os 23%. Ressalta-se, novamente, apenas para soldados, cabos e sargentos com menos de cinco anos de serviço.
    – Militares da ativa com mais de cinco anos de serviço, inativos e pensionistas não terão o subsídio e nem mesmo o reajuste anual (data base)
    A proposta apresentada pelo governador Beto Richa, não contempla os militares estaduais da ativa com mais de 10% de adicionais por tempo de serviço, nem os inativos e pensionistas, na sua totalidade. Portanto, eles não serão beneficiados por esta forma de “subsídio” e nem mesmo com o reajuste da data base, por estar “incluído” ao subsídio.
    NÃO TERÃO SUBSÍDIO E AINDA PERDEM O RESJUSTE ANUAL!

  24. MENTIRAS
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 19:45 hs

    O governo está mentindo, este tal “aumento” é uma farsa! Parece que o seu Beto quer mesmo uma greve. Palhaçada é o melhor termo para definir a tabela. Nunca vi um aumento que diminui o salário, e corta as perspectivas futuras. Vergonha!!!!!

  25. Mikel
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 20:52 hs

    ESSES POLICIAIS ESTÃO DE BRINCADEIRA. O AUMENTO QUE O BETO RICHA ESTÁ DANDO É BOM E MESMO ASSIM NÃO ESTÃO CONTENTES? PEÇAM A CONTA E VÃO ARRUMAR EMPREGO NA INICIATIVA PRIVADA ENTÃO! VÃO CARPIR POLICIADA

  26. Geraldo
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 21:03 hs

    Coitado do Zé, pai dele, deve estar se revirando no túmulo. Que decepção esse guri, achando que ser piloto de carro e sua esposinha posando de biquíni na praia mansa da “Divina” Caiobosta para garantir que tudo vai bem, é ridículo e lastimável!…

  27. Suely Walter
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 21:16 hs

    Mikel, vá estudar, como os policiais civis que desde o concurso de 2007 só entram com curso superior. Assim talvez vc consiga compreender o “aumento” do governo. Vai, vai estudar.

  28. COMBATENTE
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 22:00 hs

    E tinha Soldado sonhando que iria ganhar R$ 5000,00…Que inocentes!. Várias vezes comentei com meus amigos de profissão que, de alguma forma, o Governo iria meter a mão em nossos bolsos. Claro que não existe dinheiro, afinal o Governo Beto Richa está locando carros para o IML, para a PMPR (Grand-Tour) e outros para a Civil da COTRANS. Quem investiu dinheiro na campanha??? Muito bem…Agora é ver o que vem, se realmente vem e lembrar do Então Governador para a releeição do DUCCI. Não votaremos nele ou em qualquer outro apoiado por ele. Vamos realizar operação Padrão – BLITZ NAS SAÍDAS DE BARES (BATEL), fechar Boates dos Políticos, Vistoria nossa (bombeiros) esquecendo os pedidos políticos (Lembram do Paladium), quem liberou, um certo Cel., o fez por que sua esposa era Engenheira do Shopping (acho que contratada só para isso), e agora ele ganhou o SubComando. Coincidências. E o pessoal das diárias do Bombeiro (pessoal da DAFIN) que fica em Curitiba e ganha valor integral???? Um dia isso acaba…..Quem sabe em 2014. Já enviei e-mail para o MP informando sobre tudo, quem sabe, eles vão agir, pois até a imprensa se cala!!!

  29. Max
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 22:30 hs

    É bem o que o povão fala ns ruas: É GREVE POLÍTICA, e é mesmo, pode se ver pelos comentários

  30. Lucas
    quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 – 23:52 hs

    Paralisação da Polícia Civil só deve ocorrer a partir de domingo…

  31. M.A.S
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 0:58 hs

    TRABALHADOR
    TEM VAGA PARA BUCHA DE CANHÃO, TÁ A FIM, SEU BABACA.
    PESSOAS SEM CAPACIDADE COMO VOCÊ SÓ VEM A PÚBLICO FALAR MERA.
    CALE SUA BOCA E SÓ ABRA, QUANDO UM PARENTE SEU ESTIVER EM APUROS OU SUA CASA ESTIVER PEGANDO FOGO, PARA VER O QUANTO É IMPORTANTE O TRABALHO DE UM BOMBEIRO OU PM NA SUA VIDA.
    SEU BOBÃO.
    AINDA BEM QUE TODOS NÃO PENSAM COMO VOCÊ.
    MESMO DIZENDO TANTA BOBAGEM DEUS TE PERDOA VIU.

  32. M.A.S
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 1:11 hs

    Sra Salete Cesconeto.

    O que nos oferecem, não é o que pedimos.
    Não pedimos aumento de salários.
    Pedimos reposição salarial que nos foi tirado lá em 1998.
    Esqueceram que deveriam nos pagar e então virou se uma bola de neve, que se arrasta até hoje..
    Da forma como pintam o quadro,só um retardado não gostaria de ter um aumento de 23%.
    Fantasiaram a coisa de um jeito, que todos ficam contra os policiais.
    Dão de um lado e tiram de outro.
    Para a Sra saber, tem gente que pelo aumento do governo, terá que devolver dinheiro do seu salário.
    Essa matemática é aumento.
    Isso do governo é projeto, isso é um misto de burrice seguida de sacanagem, para enganar a população de que a polícia está recebendo aumento e fica ainda reclamando.
    Só o Beto, com os olhos “colados” e os ouvidos tapados, não consegue ver essa idiotice que estão fazendo na sua administração.
    Sr Hauly, parece mais um chefe daqueles autoritários, que não tem compostura quando fala com ninguém.
    Ví o pronunciamento do professor Lemos, quando indagou sobre números do governo Beto, o falastrão foi de uma indelicadeza, que parecia uma égua no cio.
    Acorda Beto, ou passará a ser o pior governo que o Paraná já teve, ainda mais com essa estrutura de governo do seu tio Jaime Lerner.
    Sai de retro satanás.

  33. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 2:51 hs

    Pois é M.A.S.

    As perdas são de 1998, virando uma “bola de neve, como Vc. mesmo disse.

    Esperaram 14 anos para fazer greve?

    Querem que o governo do Beto REPONHA essas perdas em em 2 ou 3 anos?

    Teve um Comentário que reclama dois salários de R$26 mil dos Procuradores,

    Simples,

    Basta fazer Concurso para Procurador.

    Qual é o salário de um Policial nos Estados da Federação – Comparados com o nosso porte,
    Por exemplo:

    No Rio Grande, em Santa Catarina, Minas?

    Estados esses, com perfil econômico semelhante ao nosso.

  34. ARMER
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 9:16 hs

    Beto Richa,o seu PSDB,deve agir como o PSDB do Alvaro,que colocou os policiasi(Cavalaria Militar),contra os professores,agora o teu PSDB,deve colocar ,como fingança,os professores contra os Policiais.Entendeu? Força BETÃO.

  35. sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 10:17 hs

    contam que estão pedindo reposição salarial…..pedindo salário de marajás….e os demais brasileiros então, que na média estão longe de ganher esses salários….R$ 5,7 mil é pra cargos no minimo pleno, com experiência e não pra iniciantes…Ou seja, o Brasil inteiro está defasado desde sei lá quando, mas os marajás escolhidos se acham no direito de ter mais que a população tem…Vergonheira completa….. Que o GE retire esse absurdo que é 26% de aumento é dê a eles o que todos ganharam 7%…se estão insatisfeiros , rua e vão procurar emprego….ninguém precisa ficar onde está insatisfeito……Policia do Paraná, marajás do Brasil…

  36. Dirceu
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 10:22 hs

    Propaganda enganosa…

    A tabela anunciada pelo governo, a primeira vista de quem não conhece o sistema parece boa. O problema é que nas minúcias estão as origens do desagrado da classe, pois, o “aumento” ocorre apenas para a função inicial. Policiais com mais de 10 anos de serviço, cabos, sargentos e sub-tenentes na realidade terão redução de salário. Na verdade o governo propõe melhorias apenas para quem acabou de ingressar, os policiais mais experientes e justamente os que deveriam ser melhor valorizados terão perdas salariais ao longo de três anos, e a redução já começa agora. É enganosa a proposta.

  37. cidadã paranaense
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 11:11 hs

    Falou tudo Vilfredo!!

  38. SOU CONTRIBUINTE, NÃO OTÁRIO
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 14:48 hs

    PM VOCÊS QUER GANHAR 5 MIL POR MÊS? HA,HA,HA! VÁ ESTUDAR ENTÃO SEU FOLGADO. NINGUÉM GANHA ISSO EM INÍCIO DE CARREIRA. VÃO CARPIR LOTE! FORÇA BETO E SECRETÁRIO REINALDO, A POPULAÇÃO ESTÁ COM VOCÊS NA LUTA CONTRA OS MARAJÁS DO PARANÁ!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*