Condenado advogado que pagou para matar herdeiro da Disapel | Fábio Campana

Condenado advogado
que pagou para matar herdeiro da Disapel

A 1° Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná confirmou, por maioria dos votos, a decisão da Vara Privativa do 2.º Tribunal do Júri do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba que condenou Guilherme Navarro Lins de Souza à pena de 22 anos de reclusão por homicídio duplamente qualificado, a ser cumprida inicialmente em regime fechado.

Guilherme é acusado de ser o mentor do assassinato do herdeiro das lojas Disapel, Paulo Gustavo de Freitas Turkiewcz (foto). Souza, que era amigo da vítima, é apontado como o mandante do crime. Outras duas pessoas que teriam sido contratadas para matar o jovem já foram condenadas. Um acusado foi absolvido. Navarro foi denunciado por homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e sem possibilidade de defesa da vítima), mas responde pelo crime em liberdade.

Consta nos autos que “o réu Guilherme tinha negócios com a vítima, envolvendo elevadas quantias em dinheiro, transferidas e desviadas para o exterior, por meio de uma empresa constituída especialmente para tanto, em Montevidéu, no Uruguai. Como estava tendo dificuldades na respectiva prestação de contas, tinha tudo para querer a morte daquela, e, então, afastar definitivamente a necessidade de ter que devolver tais valores”.
Notícias relacionadas


3 comentários

  1. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 18:48 hs

    Minha preocupação é o tempo que leva.

    Quando foi o crime?
    Nem lembro mais.

  2. Pedro Rocha
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 18:57 hs

    Nossa justiça é ótima; mas só para quem tem grana.
    Caramba, faz um século que aconteceu isso, e o cara foi protelando, protelando e só foi julgado agora? –
    Pode apostar: Em menos de dois anos o cara tá fora, lépido e faceiro; bom comportamento; progressão de pena; blá blá blá…

  3. Lee
    sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 – 19:06 hs

    10 anos para julgar.
    Que rápido.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*