Requião promete revelar bastidores das eleições de 1985 em Curitiba | Fábio Campana

Requião promete revelar bastidores das eleições de 1985 em Curitiba

Via Roseli Abrahão

O senador Roberto Requião anuncia, pelo Twitter, que vai gravar um CD onde contará os bastidores das eleições de 1985, quando foi eleito prefeito de Curitiba na primeira eleição direta depois da ditadura.

Requião não concorda com a matéria do jornal “Gazeta do Povo”, que atribuiu ao ex-governador José Richa a sua vitória em 85. O senador afirma que não é verdade. Diz que Richa, então governador do Paraná, só se licenciou do governo para trabalhar na campanha quando ele, Requião, já havia passado à frente de Jaime Lerner.

— Quando passei a frente do Lerner, Dalcanale (Luiz Alberto Dalcanale), secretário de comunicação, fez Richa pedir licença para “faturar” a vitória. Fui candidato a prefeito vencendo Richa e a máquina do governo. Posteriormente Richa se desencompatibilizou. Já estávamos na frente, afirmou Requião.
O senador não tira o mérito do ex-governador.
— Depois das pesquisas, quando aderiu, Richa foi importante, sem dúvida, na consolidação da vitória. Retribui na sua candidatura ao Senado, destacou.
Requião promete, no CD, contar como venceu a “máquina” que trabalhava pela candidatura de Amadeu Geara, candidato de Richa à prefeitura de Curitiba.
E dá uma dica, dizendo que contará, inclusive, “como o dinheiro do transporte coletivo comprou a sede do diretório regional (do PMDB, na Vicente Machado”.
— … na convenção montaram um escritório para comprar convencionais. Ganhamos assim mesmo. Um dia conto…


39 comentários

  1. Elias Glaucio
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 15:04 hs

    Venceu graças ao Richa e aos votos importados de outros municipios

  2. jurídico
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 15:16 hs

    ingrato e falso. Todos os que tem boa memória sabem o que realmente aconteceu….Ainda por cima burro. Se fosse inteligente, daria crédito a quem realmente os teve…no caso o velho Richa que nada tem a ver com o novo

  3. NILSON DE MELLO
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 15:18 hs

    PENSEI QUE ESTAVA NO HOSPICIO

    QUER INVENTAR HISTORIA PARA VOLTAR PAR A MÍDIA.

    VÁ COMER MAMONA

  4. Jota
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 15:27 hs

    Poderia aproveitar a oportunidade e relatar também no mesmo CD, sobre o maior estelionato eleitoral do Paraná, em 1990 (caso ferreirinha). Alguém lembra?

  5. Eddie
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 15:44 hs

    Entendi. O velho Richa protelou o quanto pode subir no palanque com o diabo.

  6. Cezar Magiore
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 15:55 hs

    DEU NO TWITTER DO

    Roberto Requião @requiaopmdb

    Na campanha de prefeito o inefável Fabio Campana foi muito importante.

  7. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 16:04 hs

    A falta de visão e de antecipação do futuro é um dos maiores defeitos de um político e costuma relegá-los ao esquecimento. Quem viveu a eleição de 1985 há de lembrar de requião berrando ao longo da canaleta do expresso (hoje biarticulado) que Lerner havia mandado construir para a futura Ecoville. Na época, tudo era deserto naquela região, exceto pela linha de ônibus. Requião, aos berros e urros pela canaleta do ônibus, dizia que aquilo era um desperdício de dinheiro público, que ninguém morava lá, que era um absurdo e grtiava para ouvir o próprio eco, na então deserta região. Hoje, passados mais de 26 anos, pode-se ver bem porque Lerner mandou construir a canaleta do expresso e a avenida Parigot de Souza. Só quem antevê o futuro, pode construí-lo. Pessoas que nada veêm, além da ponta do nariz e da pança, constroem apenas o nada.

  8. TATUCONGELADO
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 16:05 hs

    desde esta época o paraná não consegue se livrar desta figura, CAMPANA VOCE É UM DOS MAIORES CULPADOS

  9. Ai que dó!
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 16:13 hs

    Que tal comentar sobre o assalto a um ônibus carregado de urnas (à época, com votos no papel) bem próximo ao Trevo do Atuba, para onde iam ser escrutinadas? Mais de 50 urnas foram trocadas à mão armada! Requião é ladrão, maluco e mentiroso desde o dia em que nasceu. Ladrão de eleição!

  10. paulo fontana
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 16:18 hs

    O entao Governador na epoca Jose Richa mobilizou a militancia do interior do Parana para ir a Curitiba ajudar o Requiao a se eleger prefeito.

  11. pré candidato a dep.Chui 2014
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 16:42 hs

    não só o josé richa mais também o mauricio fruet que era prefeito na época, foi a equipe o requião também fez sua parte ele também era forte na época agora está caduco.

  12. José Diniz
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 16:43 hs

    O último almoço de campanha, antes das eleições, foi no Restaurante Siciliano Pinheirão, em Santa Felicidade, eu tive a honra de apresentar, estava empolgado, era meu primeiro voto.
    O governador José Richa chegou com uma camisa pólo com o nome REQUIÃO nas costas.
    Muito simpático, apresentei a todos e, ele pediu votos ao Requião.
    Não sei o que rolava nos bastidores, mas antes da convenção, era notório que o governador Richa torcia pro Amadeu Geara, deputado federal e um grande companheiro. O Geara reclamou que fora traído no PMDB, por isso perdeu a convenção pro Requião, que seria governador em 1990 tecendo críticas ácidas contra o velho e bom amigo José Richa, a quem apelidou de Marajá…
    Coisas reais de uma política, amigos ontem inimigos hoje.
    O Requião tem essa fama de brigar com velhos aliados que lhe ajudaram, segue na lista, José Richa e Álvaro Dias, são os mais famosos que já sentiram na pele a ingratidão do Requião.
    No entanto, apesar de minhas diferenças com o Requião e, de ser uma pessoa sem qualquer significância na politica, eu ainda acho o Requião um político linha dura contra a corrupção. Maldoso, isso lá ele é, sarcástico também, corrupto jamais.
    Fabio, por favor publique minha opinião, ela é baseada em fases da minha adolescência, sem qualquer ódio ou rancor.

  13. Antonio Maciel
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 17:15 hs

    Se o senador Requião contar em livro ou Cd as suas verdadeiras histórias, vai deixar Maluf, Jáder Barbalho, Renan Calheiros e Sarney com inveja.

  14. Cel Domingos
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 17:27 hs

    O que todos contam é que o Requião não gostava de acordar cedo, o Richa esperava o cara na porta de casa, antes de madrugarem nos terminais de Curitiba!

  15. José Dias
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 17:43 hs

    Requião e suas bravatas,quem realmente idealizou o plano para sua campanha ser vencedora chama-se Anibal Cury,chamou Richa e determinou ao mesmo apoio incondicional e que ali da sua casa Richa já começasse articular com todos os Prefeitos do Paraná que mandassem reforço de pessoal a Capital para fazer que a campanha viesse a decolar .Sem contar na injeção econômica da campanha.Desta forma qualquer Requião ganharia asa eleições.

  16. marilene ribas
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 17:46 hs

    então tá!!!mas, quem é que ainda acredita nesse indivíduo????????

  17. ricardo crovador
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 17:59 hs

    Não é verdade. Injustiça pura. Mesmo antes de se licenciar do cargo, o José Richa ia aos terminais de ônibus de Curitiba todos os dias, das 6:30 às 8:45, conversar com o povo e pedir votos ao Requião. À noite e nos finais de semana, a mesma coisa. Eu sei porque eu estava lá.

    E o Richa fazia isso apenas por lealdade partidária pois, sabidamente, não era fã do Requião. E nem poderia ser. E nem o Requião lhe dava o menor motivo para ser.

    O Requião não poderia exigir que o Richa gostasse dele. Se o Requião queria (ou quer) admiração e amizade, deveria fazer algo para merecê-las. Ele não se destaca por talento, cultura, inteligência, caráter, educação. Tampouco é uma pessoa divertida, carismática. Não é fiel aos companheiros e sua carreira é rica em exemplos da mais grosseira trairagem. É um político-padrão que em nada difere dos demais exemplares deste gênero de oportunistas e espertalhões. Mas, quer ser tratado como estadista, pai da pátria, sábio, mestre conselheiro, sabe lá o que.

    O Richa cumpriu seu dever e foi fundamental para a eleição de Requião por uma mixaria de votos de diferença (uma fatalidade, pois todos sabem que o Lerner era e é muito melhor, inclusive ele próprio, que não se conforma com os agrados e carinhos que o mundo reserva ao Jaime).

    Na verdade, naquele pleito, o Requião aproveitou a ingenuidade do povo da 147º seção eleitoral, cuja maioria, à época, era de pessoas recentemente chegadas a Curitiba e que não conheciam direito a cidade e sua história. Perdeu para o Lerner em todos os bairros. Depois dessa trambicagem, nunca mais o Requião ou qualquer um de seus prepostos conseguiu ganhar novamente na 147º. Ou na cidade.

    Ele e caras do seu tipo, nunca mais.

    E sobre essas tais denúncias (se é que existem mesmo), ele deveria tê-las feita na época, diretamente ao Ministério Público e à Justiça Eleitoral, ao mesmo tempo em que renunciava ao cargo, deixando a prefeitura para quem entende e merece.

  18. ferreirinha fereira
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 18:00 hs

    o sr senador tambem tem que falar de seus amigos que lhe
    ajudopu na epoca com os taxistas etc…
    e o sr senador abandonou todos .

  19. tony
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 18:08 hs

    Ele também vai explicar aqueles números absurdos da 147, onde o número de votos para ele foi maior do que o dos eleitores? O Jaime só ganhava aquela eleição por milagre. E a ingratidão é um dos maiores defeitos quese pode ter. ACarlos

  20. Kibinho
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 19:15 hs

    Vai mentir mais …

  21. LEAD
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 19:16 hs

    Pode ser, mas com a ordem do Governador Richa todo o interior mandou um verdadeiro exército de militantes do PMDB que fizeram a diferença no dia da eleição.

  22. VALTER
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 21:15 hs

    Participei ativamente desta campanha como delegado da 2ª zonal do PMDB. Requião somente virou candidato porque muitos delegados que eram pelo apoio de Amadeu Geara, resolveram apoiar Requião. Se o Richa não arregaça as mangas e traz um monte de eleitor de Curitiba e que tinha ido embora, mas continuava com domicilio em Curitiba tudo tinha ido pro Brejo. O governo estadual fez um mapeamento de quem estava fora de Curitiba e troxe todos, alem de gente pra trabalhar no dia D.
    Na Vespera da eleição José Richa fez uma reunião no Ginasio do Tarumã com todos da campanha e com militancia e disse vamos ganhar eleição com diferença entre 15 e 25 mil votos. Eu estava lá e testemunhei, no dia seguinte trabalhamos muito, enquanto os outros votaram e viajaram achando que eleição ja estava ganha.José Richa foi importante. Embora acho o José completamente diferente do Beto. Nunca votei no Beto, sempre votei no José.

  23. sergio silvestre
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 22:02 hs

    Nenhum politico tem a capacidade de carregar outro nas costas.
    Ganha se eleições,quando se tem um bom guru,que seria mais astuto que uma raposa,e uma legião de formadores de opinião.
    Isso o requião sempre teve,nas eleições do alvaro e requião,com
    a coordenação de um time com o campana na linha de frente.
    Eram todos molecões ainda,mas sabiam fazer a politica romantica
    com a ternura de um pé florido de rosas,e a rudeza de um porco espinho.

  24. zé vinagre
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 22:12 hs

    Uma vez ingrato, sempre ingrato.

  25. Nello Morlotty
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 23:28 hs

    Siga em frente Reiquião. Requião vai ser presidente da republica em 2014 e João Arruda governador.

  26. Oliveira
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 23:31 hs

    Paulo Fontana comentou, e é verdade saiu varias caravanas do paraná inteiro para ir fazer “BOCA DE URNA ” para o então candidato RR a prefeito de Curitiba. Lembro bem disso ai.

  27. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 – 23:43 hs

    …ternura de de um pé florido de rosas, e a rudeza de um porco espinho”.

    Tragam-me os meus sais, pelamordedeus.

  28. Ouvinte
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 2:02 hs

    Apenas para corrigir o DOUTOR PROLEGÔMENO:
    Quem gritou na canaleta do expresso foi o Hasiel Pereira.

  29. Ouvinte
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 2:07 hs

    Olá AI QUI DÓ, que burrice…. a apuração foi entre Novo Mundo e Pinheirinho num velho mercado e todas as urnas estavam presente

  30. Diogo Costa
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 2:10 hs

    a verdadeira parte da historia eu quero saber.

  31. Sidnei
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 2:44 hs

    O senador Requião como sempre nega a verdade, ele só ganhou a prefeitura com ajuda do nosso grande e amigo Governador Jose Richa que pedia votos junto ao povo, e também sou testemunha que Requião só ganhou o Governo do Estado com ajuda do Senador Alvaro Dias na epoca Governador, somente sozinho com os seu discurso jamais teria os votos necessários e o carisma do povo….como sempre ele trai seus amigos politicos ou não. Gosta de chamar os outros de parati, não é senador?

  32. SAMURAI
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 4:57 hs

    Requião,1985 !? Se quer mostrar que tem tão boa memória é bom publicar a lista de aniversário de todos os seus desafetos e tambem
    das múmias do Egito… Que interressante !!

  33. Motoqueiro Infernal !
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 9:45 hs

    A reportagem é de cunho político!

  34. Ouvinte
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 9:46 hs

    WALTER? Certíssimo!! Você é o Walter C? candidato em 82?

  35. LUIZ
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 10:04 hs

    EI SR. JURÍDICO,COMETEU UM ERRO GRAVE EM DIZER QUE O VELHO RICHA NÃO TEM NADA COM O GOVERNADOR BETO RICHA! TEM TUDO,!!!! O BETO HERDOU TODAS AS QUALIDADES DO SEU PAI.

  36. terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 11:14 hs

    Olha eu tenho nojo de gente ingrata. Este Requião pensa só nele mesmo. Não reconhece esforços dos companheiros. Eu não voto mais nele nem prá inspetor de quarteirão. Como pode cuspir no prato que comeu. Ele ficaria melhor na foto se reconhecesse que recebeu grande ajuda do velho Zé Richa. Este sim era parceiro.

  37. Suely Walter
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 12:25 hs

    Vai dormir Requião …

  38. De Olho
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 15:52 hs

    E o que dizer da ligação de Requião com Bispos da Igreja Católica! Dizem por ai que em uma cidade, que iria virar purungal, o senador teve ajuda da igreja para se eleger governador do estado! a troca de favores resultou em beneficios para os dois lados, mas a cruz de diamantes nunca ninguem descobriu onde foi parar!

  39. sergio silvestre
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 18:52 hs

    O parreira,só estou escrevendo novidade,porque o resto voce já escreveu tudo.
    Se gosta de ler ne véio danado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*