Prédio desaba no Rio; bombeiros buscam vítimas | Fábio Campana

Prédio desaba no Rio; bombeiros buscam vítimas

Defesa Civil contabiliza 11 vítimas, entre mortos e feridos. Edifício na Avenida Treze de Maio tinha cerca de 20 andares e ficava atrás do Teatro Municipal. Antes do desabamento, testemunhas ouviram forte explosão .

Um prédio desabou na noite desta quarta-feira no centro do Rio de Janeiro, de acordo com o Centro de Operações da prefeitura. Homens da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros trabalham no resgate de feridos e à procura de outras vítimas.

O edifício Liberdade desabou por volta das 20h30. O prédio, comercial, fica na avenida Treze de Maio, próximo ao Theatro Municipal, na Cinelândia. Vizinhos afirmam que ele tinha 18 andares, mas a Defesa Civil diz que eram 12. Os bombeiros ainda não sabem se havia pessoas dentro do local, que fecha às 21h.

O prédio ao lado do edifício Liberdade também ameaça desabar. Bombeiros tentam retirar pessoas que estão em um dos últimos andares do edifício e que sinalizam com celulares pedindo socorro.

“Eu estava na banca de jornal em frente ao prédio e, de repente, ele simplesmente caiu”, disse o analista de sistemas Fernando Amaro, 29, que trabalhava no quarto andar do prédio e tinha acabado de sair.

Pessoas que estavam em prédios vizinhos contam que sentiram os móveis balançarem, como se estivesse acontecendo um terremoto. Carros que estavam estacionados no entorno ficaram cobertos de poeira e entulho.

A área foi isolada e provoca a interdição dos dois sentidos da avenida Almirante Barroso, entre a rua Senador Dantas e a avenida Rio Branco. A rua Evaristo da Veiga também foi interditada ao tráfego, com desvio sendo feito pela rua do Passeio, sentido Lapa.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*