Operação em casa de jogos foi à revelia da direção da Polícia Civil | Fábio Campana

Operação em casa de jogos foi à revelia da direção da Polícia Civil

O Departamento da Polícia Civil informa que a operação realizada na madrugada desta sexta-feira (27), que culminou com a apreensão de 40 máquinas caça-níqueis, em uma residência no bairro Parolin, em Curitiba, foi deliberada por oito policiais sem que a instituição fosse oficializada do evento.

Alguns policiais, em forma de milícia e encapuzados, agiram sem que estivessem respaldados da coordenação de um delegado de polícia. O Departamento da Polícia Civil entende que os referidos policiais se utilizaram de uma informação, que deveria ter sido notificada à Divisão Policial da Capital, ou ao delegado-chefe do 2º Distrito Policial, área de jurisdição do local onde ocorreram os fatos. Assim, sem a devida oficialização da Polícia Civil, não houve preparo estrutural para o transporte dos materiais apreendidos, que somente pela manhã foram encaminhados e armazenados na sede do 2º Distrito Policial da Capital.

A Polícia Civil reprova veementemente este tipo de ação e refuta qualquer operação que não tenha a segurança pública da sociedade paranaense como o seu principal foco. A instituição entende que a ação realizada nesta madrugada não representa a opinião dos cerca de quatro mil servidores que hoje compõem o quadro de policiais civis do Paraná.

Por determinação do delegado-geral, Marcus Vinícius Michelotto, eventuais imagens produzidas por veículos de imprensa no local abordado durante a madrugada serão solicitadas e encaminhadas à Corregedoria Geral da Polícia Civil, que deverá analisar possíveis transgressões disciplinares dos policiais.

O departamento informa que frequentemente tem recebido e apurado denúncias referente a jogo ilegal ou quaisquer outras atividades ilícitas, fato ilustrado pelos mais de mil máquinas caça-níqueis apreendidas no último ano.

A Polícia Civil ressalta que as negociações de reajuste salarial iniciadas entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) e os sindicatos legalmente reconhecidos como representantes das classes policiais estão bem encaminhadas, e por isso, rechaça qualquer informação de que exista uma postura de “operação padrão” por parte dos policiais que compõem a base da instituição.

As três pessoas apontadas como as responsáveis pela residência foram conduzidas ao 2º Distrito Policial, onde assinaram Termo Circunstanciado. Eles deverão responder pela prática de jogo ilegal, previsto no Artigo 50 da Lei de Contravenções Penais.

Para denúncias referentes à jogos ilegais, ou qualquer outra atividade ilícita, a Polícia Civil disponibiliza à população os números 181 (Narco Denúncia) e 197.


48 comentários

  1. PÉ-VERMEIO
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 12:26 hs

    É O FIM DA PICADA!
    Então fic a cada vez mais claro: se a polícia ker encontrar um desmanche, ela encontra, se ker encontrar um assassino, ela encontra, se ker recuperar um carro, ela recupera… e se ker desmantelar quadrilha de traficantes, idem.
    Então o problema é a policia kerer cumprir seu papel. A tal “operação padrão” na verdade mostra o que a polícia é capaz. E se é capaz, devia ser o dia a dia e não apenas forma de protesto.
    Indignado em ter cada vez mais a certesa de que crimes não são coibidos ou desvendados por falta de vontade, por falta de “operação padrão”.

  2. salete cesconeto de arruda
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 12:29 hs

    Fabio
    Será sempre assim no Paraná?
    Os ricos fazem suas FEZES sem serem incomodados até que policiais cansados de serem massacrados resolvem agir por conta própria?
    Alguém sabe dizer o que impediu os DELEGADOS de fecharem a tal casa de CONHECIMENTO PÚBLICO segundo o povo dos lados sem ter que esperar pela ação dos policiais que estão cansados de serem MASSACRADOS com seus salários – LIXO – diante dos salários dos vereadores e deputados?
    Será que estão tentando fundar no Paraná feito São Paulo o tal TUCANISTÃO?!”
    Sei não!
    Melhor continuar no Rio de Janeiro até que a DEMOCRACIA instale outra vez na cidade como Maurício fazia. Saudoso Maurício!

  3. Cristiane
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 12:32 hs

    Espero que isso não seja motivo pra anular o ” servição” dos PC ???
    Delegado tem que agradecer em ter PC´s que estão trabalhando, fazendo serviço padrão com essa onde de paralização por conta dos baixos salários. A menos que o delegado sabia do estabelecimento e estava prevaricando por conta de algum agrado ($) ?!?!?!
    Nada mais me surpreende.

  4. R.Silva
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 12:34 hs

    Deixa eu ver se entendi: então, se um policial se depara com uma situação de flagrante, não pode efetuar a prisão sem antes comunicar a direção da polícia? Se um polícia visualiza alguém matando outro, não pode fazer nada sem a autorização da chefia? Estranho.

  5. VERDADE
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 12:36 hs

    Engana que o povo gosta, Secretário!!!

  6. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 12:51 hs

    Hummmmm

    A chefia se apressou em dizer que não sabia da operação….

    Hummmm

    Será que era para justificar alguma coisa com o dono da arapuca?

  7. CARLOSMELLO.
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 13:04 hs

    É SO O COMEÇO EMENDA 29 JA
    ESTAVAM DUVIDANDO , ESTÃO BRINCANDO ENTÃO VERÃO

  8. Policial Civil Indignado
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 13:07 hs

    QUEM ESTIVER LENDO ISSO ENTENDA: FOI SIM OPERAÇÃO PADRAO! E VAI CONTINUAR! SÓ ASSIM PARA O POLICIAL CIVIL SER VALORIZADO. PRENDER MAQUINAS CACA-NIQUEIS E FECHAR CASAS DE PROSTITUICAO DE LUXO É QUESTAO DE SEGURANCA PUBLICA SIM E TENHA CERTEZA QUE A SOCIEDADE ESTA AGRADECENDO!

  9. Luiz
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 13:17 hs

    Quem sabe se tivessem comunicado, o cassino estaria funcionando normalmente hoje.

  10. carlos rocha
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 13:18 hs

    Esses políciais recebem a informação de que um prostibula e casa de jogatina vão lá e estoram o prostibulo e agora vem a direção quere justufica que por causa de um papel não foi enviado um delegado ao local é brincadeira.

  11. Cidadão
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 13:18 hs

    É impressão minha mas o Delegado Geral é conivente com essas contravenções penais? Pirataria, jogo do bicho, casas de prostituição. Como recriminar a ação de policiais que estão apenas cumprindo a lei de seu país?

    1) Em estado de flagrância, não precisa estar presente o delegado de polícia, até o cidadão comum pode prender, imagine um policial….previsto na constituição!
    2) O Governo não diz que quer o Paraná Seguro? Então a polícia deve sim combater quem financia o crime no Paraná.
    3) Se O Delegado Geral ou outra pessoa ficou incomodada com a ação legal desses policiais, alguma coisa de podre e errado há nessa situação!

  12. Marco Antonio
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 13:19 hs

    Achei estranho nenhum delegado aparecer na mansão. Qua a policia sabe quem é o dono do local e quem frequenta, ficou demonstrado. Isso vem a confirmar que todos conhecem os contraventores e bandidos famosos do Paraná. Não prendem porque não querem, ou tambem levam vantagem no negócio.

  13. J.Soares
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 13:25 hs

    É isso aí Policiais, não fiquem esperando por porra de
    Delegado nenhum, façam o trabalhos de vcs. e pronto!!!!.

  14. BOMBEIRO PARANÁ
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 13:45 hs

    Agora o NOVO ESTATUTO DA POLÍCIA CIVIL vai sair do PAPEL….Operação Padrão de todos. Policia Militar, Policia Civil e BOMBEIROS. Vamos fechar as casas noturnas de determinados Deputados, que se dizem advogados, de um certo Shopping Center do Portão, aonde a esposa de um certo Tenente-Coronel dos Bombeiros foi Engenheira, e depois foi liberado o alvará…..

  15. Espanta Tubarao
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 14:01 hs

    Porque tanta indignação do delegado será que não queria que a ação acontecesse? Coloca na conta de uma possivel greve, uma ação contra uma casa que até que se saiba está a margem da lei, com jogos proibidos e prostituição. A declaração do delegado para até desculpa ai seu contraventor eles eraram e nao consigo controlar meu povo.

  16. KAREKA
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 14:56 hs

    È o Deputado POLAQUINHO……o Rei Do Puteiro!!!!!

  17. Litoral - Paraná
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 15:04 hs

    É.. acho que o governo ainda não percebeu o grande poder que tem as Polícias. Já imaginaram que resolverem acabar com o jogo do bicho no Paraná, fechar todas, digo todas as casas de prostituição que funcionam abertamente e ninguém faz nada. Resolverem fechar as clínicas de aborto… isso mesmo, clínica de aborto que a elite utiliza (porque pobre usa citotec mesmo). É meu irmão, se isso acontecer vai ter muito político sem patrocínio nessas eleições.

  18. Policial atento
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 15:06 hs

    Há poucos dias o caso do TIGRE, agora isso, a impressão nítida que se tem é que a polícia civil está sem comando.

  19. Jorge Schineider
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 15:09 hs

    Quem estava na mansão? Quais eram as autoridades que foram flagradas? Eu não sabia que pra policia prender precisava anunciar.

  20. laisa lopes
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 15:15 hs

    muito estranho essa reacão do delegado geral (…). Para cumprir a lei não precisa de ordem expressa é um dever do policial. Parabéns pelo trabalho.

  21. Eleitor
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 15:31 hs

    Assim que se age na “casa da Mãe Juana”.

  22. VLemainski -Cascavel-PR
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 16:21 hs

    Como é?… Não pode ser verdade!… E se for, só pode ser em nosso país!…
    Então um grupo de policiais descobre e toma providências imediatas contra um ilícito de grandes proporçõese que só beneficia pessoas de alta renda e intocáveis e poderá ser punida?… Acredito que se houver justiça, ao invés de algema lhe concederão medalhas de honra ao mérito… Parabéns aos policiais. E a minha desconfiança nos superiores…

  23. antonio carlos
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 17:05 hs

    estranho muito estranho… algo não cheira bem nessa declração.

  24. macedo
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 17:12 hs

    gozado sem comentarios que meda

  25. JAMELÃO
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 17:32 hs

    Agora sim entendi porque os curitibanos tem aversão ao PT e a Dilma.
    Medo da concorrência!!!!!
    Esse é o lugar que tem mais ladrões por metro quadrado no pais.

  26. anonimo
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 17:34 hs

    Porque não publicaram o comentario anterior, tem rabo presso tbm

  27. lucas
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 17:58 hs

    Mas não é trabalho da polícia combater essas coisas???

  28. marcelo parchen
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 17:59 hs

    ACHEI CORRETA A AÇAO DA POLICIA EM RELAÇAO A INVASAO DA LEDUC, CASA DE PROSTITUIÇAO E JOGO QUE JA FUNCIONAVA A VARIOS ANOS COM GRANDE IMPUNIDADE, CHEGUEI A CONHECER O TAL DE ANDRE QUE SE DIZIA PROPRIETARIO DA CASA E SE VANGLORIAVA DIZENDO-SE IMUNE A AÇÕES POLICIAS DEVIDO PESSOAS INFLUENTES QUE ALI FRENQUENTAVAM.

  29. Lucia
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 18:25 hs

    Se a “elite” deu o exemplo de não ‘comunicar1

  30. Mauro
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 20:10 hs

    Ué, ninguém vai comentar?

    Estão tristes por causa da mansão que caiu? Eu gostaria muito de ver a lista dos “poderosos” frequentadores da casa! Hahaha!

  31. Carlos
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 20:56 hs

    Senhores donos de cassinos e afins,pedimos encarecidamente mil desculpas pela molecagem praticada por alguns policiais mal-educados que por acharem que ganham pouco,resolveram,por conta e risco causar todo esse transtorno na manhã de hoje aí no Parolim.A ação desses moleques não traduz a filosofia de nossa sacrossanta instituição e tem,como condão, apenas bagunçar para obrigar o nosso governador a dar aumento salarial.Isto não vai mais acontecer,garanto aos senhores contraventores, É o que se depreende da nota oficial emitida pela direção da Polícia.

  32. xereta
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 21:07 hs

    E daí? Era um cassino não era? O jogo é proibido no Brasil não é? Quem coibe o que é proibido é a polícia não é? Então o que que tá pegando? A polícia fez o trabalho dela, tem que investigar quem não gostou da ação.

  33. Rambo
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 21:15 hs

    Vou fazer de conta que nao entendi….. O Dr Michelloto, dizendo que vai punir os policiais porque fizeram uma operacao que deu certo?? Sera que alguma coisa nao esta errada? Cassino e ilegal!!! Se um policial toma conhecimento e nao faz nada, ele esta prevaricando….. Porque o DG ficou tao irritadinho… deveria era aplaudir os policiais….

  34. Francisco
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 21:43 hs

    Senhor Delegado Geral…… que que isso?
    Da muito na cara!

  35. JK
    sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 – 23:02 hs

    Parabens aos Policiais Civis operação padrão até o governo ver a força da das Policias. Se houver punição aos policiais vai mostrar que o Governo é conivente com a contravençao.

  36. salete cesconeto de arruda
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 0:01 hs

    Nossa Fábio!
    O governo do Beto está conseguindo UNANIMIDADE!
    Veja os comentários!
    Melhor fazer logo a reforma do secretariado antes que a casa reformada também caia.
    E repito: o Beto deveria sair de mansinho do PSDB. Depois dessa do Geraldo tentando implantar em São Paulo o TUCANISTÃO é melhor se afastar do que sobrou do velho sonho democrático e ético do velho PSDB.
    Saudade do RICHA PAI!
    Saudade do saudoso Mário Covas!

  37. Avante!
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 0:31 hs

    Sou policial civil, da nova geração, adoro minha profissão mas tem horas que me revolto com certas coisas que acontecem na PC! Recentemente em uma abordagem, constatei que no interior de um veículo havia grande quantidade de CDs piratas, o que constitui crime por violação ao direito autorial. Pois bem, encaminhei o infrator à Delegacia, apresentei-o ao Superintendente e este mandou-me que apenas checasse se ele tinha antecedentes criminais e o liberasse, pois aquilo pra ele era lixo. Falei que eu não iria prevaricar e então apresentei o infrator ao Escrivão para que elaborasse os procedimentos de praxe. O Superi ficou puto da vida e dias depois eu, que estava prestando serviço na Investigação, fui transferido para o plantão!

  38. Corda esticada. Até quando ?
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 7:42 hs

    É o resultado da ilusão dos que acham que podem tudo, sempre . O orçamento da segurança teve de ser “remendado” com emendas.
    Dane-se o povo.
    Enquanto isto, mais um grupo de estudos ?

  39. PM ANTIGAO
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 9:14 hs

    POE ORDEM NA CASA DR.MICHE. É INCONCEBIVEL MESMO AS 23 HORAS OS TIRAS QUE DEVERIAM ESTAR NAS SUAS FUNÇOES SERVINDO BANDECOS PARA OS PRESOS ESTAREM NA RUA FAZENDO O SERVIÇO QUE POR COMPETENCIA E CAPACIDADE FOI PASSADO PARA A PM E DEIXADO OS PRESOS SEM SUAS REFEIÇOES.AS PILASTRAS DA JUSTIÇA QUE É PRENDER, FAZER INVESTIÇAÇOES E IMPOR A ORDEM NA SOCIEDADE FOI CONQUISTADA COM MUITO TRABALHO PELA PMPR QUE CORAGEM E COMPETENCIA NAO PRECISA TER CURSO SUPERIOR BASTA O SEGUNDO GRAU, AGORA PARA SERVIR DE GARÇON DE LADRAO É MAIS QUE JUSTO QUE SE TENHA CURSO SUPERIOR.LUGAR DE TIRA E DENTRO DAS DPS. LIMPANDO BOI E NA INTERNET, LUGAR DE PM É NA RUA INVESTIGANDO E PRENDENDO LADRAO

  40. Leandro
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 9:54 hs

    Parabéns a vocês policiais…
    Show de boa a ação…
    É por ai o caminho…

  41. Pereira
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 10:04 hs

    Rasgaram o Codigo de Processo Penal na cara do povo…
    Art 301. Qualquer do povo poderá e as autoridades policiais e seus agentes deverão prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito.
    Cade a vergonha na cara do DG e do Secretario? Estão de qual lado?
    Esses policiais mereciam medalhas de honra policial e não serem removidos como está acontecendo.
    Se um policial encontra um bandido assaltando um comercio ele tem que esperar o Delegado aparecer para dar voz de prisão para o bandido?
    Quais são as verdades por tras dessa zona de luxo? O que esse cassino estava financiando a tanto tempo instalado ali?

  42. sábado, 28 de janeiro de 2012 – 10:50 hs

    Mantenham esse “PADRÂO”!!!!!!!!! ou vai continuar a Podridão?

  43. Luiz Artur Gapski Pereia
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 11:33 hs

    aUMENTEM O Saláriodestes bravos homens por favor é o minimo que podem fazer já que outras coisas não da aumentar efetivo comprar equipamentos e outros

  44. deferias.com
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 13:41 hs

    Para o Policial Civil Indignado; entao vai mais um endereço de cassino no Parana. fica em Matinhos na Av Alvorada Caiobá quase em frente ao Hidra. é só ir e pegar. e tem todo o meu apoio!!!!

  45. LAPA-PR
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 17:31 hs

    Custo a acreditar que o Delegado Geral reprimiu uma grande trabalho feitos por policiais anônimos que desmantelaram a famosa casa noturna conhecida ali na região como mansão Hilda Furacão. Esses policiais tinham que ganhar uma medalha, isso sim. Se não informaram, tinham suas razões, e pelo que sei o Delegado de Polícia conduz o Inquérito Polícial.
    POLICIAIS CIVIS DE TODO O ESTADO DO PARANÁ, O RECADO FOI DADO PELO SENHOR DELEGADO GERAL DE POLICIA, Só efetuem prisão, busca e apreensão ou qualquer tipo de combate a criminalidade NA PRESENÇA DE UM DELEGADO DE POLÍCIA, caso contrário não façam NADA!!!

  46. Joares Soares
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 17:46 hs

    Delegados são os donos da polícia, pensei que quem mandassem na polícia era a Lei que regram as normas assim emanadas do povo do Paraná. Se são eles que mandam na polícia esta explicado porque a polícia civil é este caos total. Hierarquia decorre de uma questão legal e não da personificação da figura de um chefe. O princípio da legalidade esta acima das hierarquias.

  47. Dona Clotilde
    sábado, 28 de janeiro de 2012 – 18:13 hs

    Pelo tom histérico da entrevista na RPC, dá pra perceber que o discurso de “modernismo” do DG é a mais pura fachada… ao praticamente berrar que os delegados são donos da polícia, está só revelando o que sempre pensou: que as demais carreiras da polícia civil trabalham pros “dotôres” e não pro povo do Estado do Paraná e que os “seus” (rs…) policiais são uns peões a serviço de interesses particulares da chefia…

    Decepção define.

  48. Borges Lau
    domingo, 29 de janeiro de 2012 – 19:17 hs

    Na operação em que Policiais Civis do Grupe Tigre mataram o PM no RS não havia delegado, e nem por isso o Grupo foi perseguido e considerado uma milícia. Dois pesos duas medidas, MVC Micheloto, não tem condições de continuar sendo Delegado Geral. Dr. Luiz Carlos de Miveira, Dr. Paulo Ernesto , cade vcs? Assumam o comando.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*