Jurista quer pena de morte para bandidos de toga | Fábio Campana

Jurista quer pena de morte para bandidos
de toga

Um dos mais prestigiados juristas da área trabalhista, Calheiros Bomfim, enviou um artigo à Ordem dos Advogados do Brasil (seção Rio de Janeiro) dizendo que, se fosse necessário abrir uma exceção para validar a pena de morte, ela deveria existir para aniquilar juízes corruptos.

Famoso por ter escrito o Dicionário de Decisões Trabalhistas, Bomfim comenta que os juízes brasileiros ganham mais que os de outros países, desfrutam de diversas benesses e, devido à formação necessária e natureza de sua atividade, não podem se comparar a bandidos comuns quando cometem crimes.

No texto, Bomfim sai em defesa da corregedora nacional de Justiça, Eliana Calmon.

– Se, portanto, houve injustiça na afirmação da ministra Eliana Calmon, certamente não foi com os bandidos de toga.


18 comentários

  1. SAMURAI
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 4:46 hs

    Em país de impunidade absoluta como no Brasil esta lei seria impor-
    tantíssima pois, caso fosse prisão perpétua não teria lugar para tantos
    bandidos !!!

  2. Daniel
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 8:38 hs

    Parabéns Bomfim!!!

  3. ARMER
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 9:18 hs

    Parabens Calheiros Bomfim,alguém sem medo e sem rabo-Preso,devem manifestar-se,contra essa Corja de Corruptos,muito mais pessoas da area devem se manifestar a favor dessa Grande Figura Nacional,ELIANA CALMON.

  4. ARMER
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 9:24 hs

    Devo lembrar,que em uma emissora de tv,há uma campanha à apontarmos o nome de um Brasileiro de destaque nacional,Sugestiono indicarmos a figura destemida da Srª.ELIANA CALMON.

  5. VLemainski -Cascavel-PR
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 9:24 hs

    Pelo poder que exercem e com alguns juízes quererem ser maioes que Deus, a pena até que seria justa. Entretanto, acredito que, diante da corrupção, se o juíz fosse demitido sem direito aos “benefícios” e pagasse pelo crime já estaria muito bom… Do jeito corporativo em que convivem, o creime compensa… O poder que deveria ser o mais transparente é o mais escuro.

  6. carlos rocha
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 9:32 hs

    acho que o ilustre jurista devia completar o time não só os juizes e tambem os advogados.

  7. Civil
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 10:26 hs

    Palavras de sabedoria.

  8. HENRY
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 10:43 hs

    AQUI NO “brazil”??? ah ah ah ah aha ah….

  9. luiz carlos ferro
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 11:09 hs

    Eu também quero, tanto para eles quanto para os politicos quase na sua totalidade corruptos.

  10. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 11:16 hs

    Como os magistrados são órgãos, membros de um poder independente que expressa a soberania do Estado brasileiro, os crimes cometidos por eles no exercício da função poderiam ser considerados alta-traição, crimes de lesa-pátria que, em muitos países, sujeita à pena de morte. Até a adoção da Constituição Federal de 88, havia pena de morte prevista para cirmes de alta-traição em tempo de guerra, no Código Penal Militar.

  11. salete cesconeto de arruda
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 13:10 hs

    Eu não disse?
    ELIANA já tem nosso respeito.
    Enquanto MULHERES CORAJOSAS aparecem o PSDB sem coragem – ou machista – as esquece.
    Quantas são as lideranças femininas no PSDB – mesmo?
    Perguntar não ofende.
    Falta de competência ou só tem madame com preguiça vivendo à sombra dos maridos?
    Vamos lá MULHERADA!
    Vamos mostrar ao Brasil que todos os partidos tem MULHERES capazes de serem PRESIDENTAS do nosso amado país.

  12. JULIO CESAR DE SISTI
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 13:11 hs

    Dr Bomfim depois desse seu artigo virei seu fã número 1. O senhor tem honra em usar antes de seu nome o título de DOUTOR!!! E assim como o senhor apoio totalmente a ministra Calmon. Espero que os realmente Doutores Juristas fiquem de olho nos Tribunais de todo o país e especialmente nos “intocáveis” do Rio Grande do Sul!!!

  13. Joarez
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 13:28 hs

    CONCOOOOOOODO PLENAMENTE, MAS…… VOU MONTAR UMA FABRICA DE CADEIRA ELETRICA.

  14. Profº Paulo Syritiuk
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 17:49 hs

    Até que enfim um magistrado com bom senso. Bandido de toga é mais perigoso de que qualquer bandido, pois tem conhecimento da lei e forte conhecimento sociológico. Execução pra eles!!!

  15. Divanir
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 19:12 hs

    Muito feliz nos comentários, pois ganham tão bem que não há desculpa para entrar no meio da corrupção, sem falar nas mordomias. Pena de morte para magistrados corruptos já!

  16. tony
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 19:35 hs

    Esta sandice só podia ter saído da cabeça de um jurista mesmo. O cara até parece que desconhecer a Carta Magna, em Pindorama nem terrorista merece tal castigo. ACarlos

  17. bico doce
    sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 – 20:24 hs

    Eliana Calmon – Presidente
    Calheiros Bomfim – Vice-Presidente

    Pena de Morte já!

  18. salete cesconeto de arruda
    sábado, 14 de janeiro de 2012 – 22:22 hs

    Repito a pergunta: QUANTAS MULHERES O PSDB TEM EM SEU PARTIDO EM CONDIÇÕES DE DISPUTAREM ELEIÇÕES PARA GOVERNOS, PREFEITURAS E PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA?
    Onde andam as lideranças femininas do PSDB de São Paulo por exemplo?
    Sei.
    A do Cerra?
    Coitada!
    Só sabe dizer que outras matam criancinhas quando quem abortou foi ela. Essa é a verdade. Dói dizer isso pois tenho pena dessa senhora mas não há como negar que está faltando MULHER DE VERDADE nesse partido bicudo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*