Há 19 desaparecidos no desabamento de prédios no centro do Rio | Fábio Campana

Há 19 desaparecidos no desabamento de prédios no centro do Rio

Os bombeiros resgataram, na manhã de hoje, o corpo de uma vítima nos escombros dos três prédios que desabaram por volta de 20h30m da noite desta quarta, na Cinelândia, no Centro do Rio. O corpo é de um homem, ainda não identificado. Há uma lista de 19 desaparecidos. Cinco pessoas foram hospitalizadas e uma já teve alta. As primeiras informações da Defesa Civil davam conta de, pelo menos, 11 mortos, o que não se confirmou até agora.

Há possibilidade de encontrar sobreviventes nos escombros dos três prédios, mas são remotas. No Centro de Apoio, improvisado pela prefeitura na Câmara dos Vereadores do Rio, pelo menos 15 famílias de pessoas que poderiam estar dentro dos prédios na hora do desabamento vararam a madrugada em busca de alguma notícia.

O prefeito Eduardo Paes, que logo após a tragédia esteve no local, não acredita que os desabamentos tenham sido provocados por escapamento de gás. De acordo com ele, a maior possibilidade de ter sido um problema estrutural no prédio de 20 andares, que estava em obras. Há três hipóteses para a queda do prédio de 20 andares, o que desabou primeiro. O corte de uma viga, com ruptura brusca, a corrosão e infiltração da laje da cobertura ou o entulho de obra como sacos de cimentos, latas de tintas, que provocou o excesso de peso e o rompimento da estrutura.

– Se o acidente fosse às 15h, morreriam mais de 500 pessoas, fora os pedestres.


Um comentário

  1. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 26 de janeiro de 2012 – 18:50 hs

    Vai começar o “jogo de empurra”.

    Quem é o culpado?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*