Ducci defende criação de Organização Mundial do Meio Ambiente | Fábio Campana

Ducci defende criação de Organização Mundial do Meio Ambiente

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, acaba de encerrar seu pronunciamento no encontro, do governo francês, preparatório a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável – a Rio+20. Curitiba foi a única cidade brasileira convidada ao encontro de Paris e Ducci defendeu a criação da Organização Mundial do Meio Ambiente nos moldes da OMS, OMC e OIT. “Todas as conferências, discussões e órgãos do meio ambiente em escala global devem ser reunidos numa única organização vinculada a ONU”, adiantou Ducci.

A proposta de Curitiba vai fazer parte da “Carta de Paris” que será redigida ao final do encontro .“O desafio de ser sustentável é o que tem nos mantido, em Curitiba, na busca incessante por soluções inovadoras, criativas, financeiramente viáveis e, essencialmente, que envolvam a população”, destacou Ducci.

A criação da organização ambiental, segundo Ducci, deve contar com a participação e assento não apenas dos governos nacionais, mas também das cidades, do terceiro setor e da iniciativa privada. “Todos os segmentos envolvidos devem participar e ter assento na organização. As cidades, por exemplo, estão cada vez mais cientes da necessidade de encontrar soluções integradas para superar os desafios milênio, envolvendo os demais níveis de governo e outros atores”, defendeu.


15 comentários

  1. Zangado
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 18:53 hs

    Esclareça-se – defender não é propor; a idéia é antiga, pois o PNUMA, Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, não parece politicamente muito eficaz. Sarkosy relançou a questão ano passado.

    É preciso colocar em pé de igualdade, no âmbito da ONU, a questão ambiental ao lado das questões do comércio, saúde, trabalho. A urbanização globalizada vai se tornar problemática, pois, não há como cuidar de cidades maiores do que 1 milhão e meio de habitantes – já começam a se tornar ingovernáveis.

    Exemplo disso é Curitiba. Ou estou falando algo de novo e desconhecido e que já começamos a desconfiar ?

    Aliás, o enfoque da poluição (anos 60/70), à nível internacional, foi dado pela OMS, Organização Mundial da Saúde, devido aos efeitos gravíssimos dos produtos químicos advindos depois da revolução industrial à saúde pública em vários países, tais os casos, entre outros, de Minamata, no Japão, do BHC nos USA, que quase dizimou a espécie da “águia americana”, aquela da nota de 1 dólar – sabiam ?

  2. salete cesconeto de arruda
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 19:24 hs

    Ai!
    Ai!
    Ai!
    Os macacos estão em polvorosa!

  3. Astolfo
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 21:14 hs

    Se depender dele, ele vai encher de ciclovias que nao podem ser utilizadas… E os rios de Curitiba todos poluidos, nenhuma ação educacional para a preservação do meio ambiente. Olhando para esses tralhas que ai estão.. Eu até sinto certa saudade do Lerner como prefeito.

  4. OSSOBUCO
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 21:27 hs

    Então estamos perdido, gostaria que ele falasse como a prefeitura está detonando o verde da região da rua Paulo Gorski, só muito estúpido para fazer o que estão fazendo com a rua e os bosque, estão enchendo de prédios, a cidade é mesmo dos empreiteiros.

  5. salete cesconeto de arruda
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 21:40 hs

    E o BURACO e aquela PISTA cortando parte do Barigui já em exaustão?
    O que é aquilo?
    Que DIABO de obra é aquele em banhado?
    O parque está começando a parecer uma cidade cheia de estradas…
    Estranho!
    Muito estranho…
    Mas dizem que vai ficar bom…
    Vamos aguardar.
    Calados?
    Qual o impacto de tudo aquilo?
    Com a palavra os ecologistas.

  6. SEPULVIDA
    terça-feira, 31 de janeiro de 2012 – 23:31 hs

    A ONU JÁ ESTÁ FAZENDO ISTO A SEDE SERÁ NO QUÊNIA….ACORDA…

  7. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 – 8:03 hs

    É bem a mentalidade de governante.

    CRIAR órgãos.

    Mais um cabide de emprego.

    Falta AÇÃO.

    Estamos fartos dos Diagnósticos.

  8. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 – 8:06 hs

    Continuando

    Temos Ministérios,
    Secretarias (Estaduais e municipais) ,
    IBAMA, IAP,
    Policia Florestal,
    ETC.

  9. Sr. Gonor Reya
    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 – 8:33 hs

    Ah dá licença!!!!! Primeiro ele precisa arrumar as ruas emburacadas, cuidar da saúde, da educação, do trânsito de nossa cidade para depois ele querer salvar o mundo!!! Cai na real Prefeito!!!Você não conhece nem o nome de seus assessores mais diretos!!!

  10. quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 – 10:14 hs

    Dizem que ao retornar à Curitiba, o prefeito vai fazer alguma coisa para diminuir a poluição atmosférica e a poluição sonora na cidade, e se sobrar tempo e autoridade vai até começar os acessos para carros à Linha Verde e, também, a travessia para as pessoas sobre a mesma.
    Além disso, como contribuição curitibana ao meio ambiente, trabalhará para um trânsito mais fluido na cidade e aumentará a frequência dos onibus para que só fiquem lotados nos horários de pico.

  11. Antonio Maciel
    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 – 13:51 hs

    o Ducci falou em francês? Deveria ser, porque em português nem por aqui a gente entende o que ele fala.

  12. ieto
    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 – 17:07 hs

    Valeu Prefeito!

    Mais uma vez está claro que Curitiba é uma das melhores cidades de se viver, porque tem gente que se preocupa com o meio ambiente.

  13. roberto
    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 – 18:57 hs

    não é o Beto que esta nesta foto? lá atraz desfalcado?

  14. Bira
    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 – 20:51 hs

    Nossa Curitiba está muito bem representada, parabéns Curitiba parabéns, Pref. Luciano Ducci.

  15. Lourival Marques
    quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 – 9:37 hs

    Pela extinção da ONU, cabide de empregos inútil!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*