Dirigente do PT continua preso por porte e disparo de arma de fogo | Fábio Campana

Dirigente do PT continua preso por porte e disparo de arma de fogo

Aderbal Mello, irmão do deputado Pércles de Mello – e membro do Diretório Estadual do PT – foi preso por porte de arma e disparo de arma de fogo. Tentaram tirá-lo da cadeia com um habeas corpus, mas a Desembargadora Lidia Maejima manteve a decisão – ele passou Natal e Reveillon preso.

O ex-vereador de Cascavel, Aderbal de Melo, deve permanecer preso no alojamento do quartel da Polícia Militar de Foz do Iguaçu, no mínimo até o próximo dia 8. A previsão era de que o pedido de habeas corpus fosse julgado ontem (1º), mas com a falta de um desembargador houve o adiamento.

O advogado de Aderbal, Lauri da Silva, disse que um pedido de habeas corpus foi impetrado no Tribunal de Justiça do Paraná e deve ser julgado na próxima quinta-feira (08). Ele classifica o caso como uma “atrocidade jurídica”.

“É um grande contra-senso. Sem ser julgado ele está sendo mantido preso, agora, se ele for condenado pelos dois crimes pelo qual foi denunciado, disparo de arma de fogo e destruição de provas, responderá em regime prisional aberto”, explica o advogado. Segundo Lauri, o ex-vereador não tem direito a fiança por ser reincidente, devido a um caso de invasão de domicílio.

Leia sobre os fatos segundo o blog do Lago

Na madrugada deste sábado (13), por volta das 04:00 horas, policiais militares foram acionados pelo COPOM (Central de Operações da Policia Militar), para deslocarem até a Rua Castelo Branco 288, no Bairro Vila Maracanã, mais precisamente no Foz do Iguaçu Country Clube, onde estaria ocorrendo uma festa de casamento, onde uma pessoa teria se envolvido numa briga, o qual foi retirado do local pelos seguranças, e na saída sacado uma arma de fogo e efetuado diversos disparos de arma de fogo, e se evadindo em seguida.
Com a descrição do veículo, foi realizada uma saturação nas imediações, e abordado o referido veículo de cor prata, nos cruzamentos da Avenida Paraná, esquina com a Avenida Republica Argentina e constatado que a pessoa identificada como sendo Aderbal de Holleben Mello, estava em posse de uma pistola Taurus, calibre .380mm, com diversos cartuchos intactos, que diante dos fatos foi preso em flagrante delito, por porte ilegal de arma de fogo e disparo de arma de fogo, o qual foi conduzido a 6ª SDP para as providencias cabíveis.
Outra equipe policial, que esteve no clube, recolheu dois estojos de pistola calibre .380mm, deflagrados e encaminharam a delegacia, juntamente com algumas vítimas que se sentiram ameaçadas, e estariam dispostas a representar em desfavor de Aderbal de Mello.
Já na delegacia, Aderbal de Mello, apoderou-se dos dois estojos deflagrados, e em tese, teria jogado em um mato que margeiam a delegacia, sendo enquadrado pelo crime tipificado no Art. 346 do código penal, que é “Tirar, suprimir, destruir ou danificar coisa própria, que se acha em poder de terceiro por determinação judicial ou convenção”.
No entendimento do delegado de plantão da 6ª SDP, ao configurar três artigos do código penal brasileiro, o delegado não arbitrou fiança, ficando a cargo do Juiz da Comarca de Foz do Iguaçu, a responsabilidade da soltura.
Segundo Aderbal de Mello, ele estaria armado, pois na sua trajetória de vida, ele teria sido assaltado cinco vezes, e esta arma seria para sua proteção pessoal.
Aderbal de Mello é advogado trabalhista, foi ex-vereador da cidade de Cascavel/PR pelo PT, ex-presidente do Partido dos Trabalhadores de Cascavel e hoje atua como advogado trabalhista.


14 comentários

  1. MJSsilveira
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 11:49 hs

    Prezado Jornalista,
    Este cidadao é perigoso, e nao tem como liberar, se o seu próprio Adv admite que ele é reincidente, ai nem tem como o Dr Delegado arbitrar fiança tem que ficar preso mesmo, pois ele que representa perigo a sociedade e nao poderia ter arma de fogo devidamente legalizadapara sua defesa, só isto é indicios de criminalidade.
    lugar de Bandido perigoso é atras das grades. e graças a deus ele nem vai ter o direito de se utilizar da prerrogativa de ser Adv ou ter curso superior.
    cadeia pra ele.o seu próprio Ir deve dar exemplo como parlamentar e mandar que seja feito justiça.

  2. VLemainski -Cascavel-PR
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 11:54 hs

    Este realmente não é um país sério… O Aderbal deu alguns tiros em via pública e está mofando na cadeia… Já se tivesse assassinado alguém e tivesse se apresentado após 24 horas, provavelmente estaria solto,,,Isso é fruto dessa procaria da lei do desarmamento…

  3. JORNALISTA DE PARANAGUÁ
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 12:26 hs

    AMIGO DO MEU AMIGO JORNALISTA ANDRÉ PIOLI.

    FAZEM PARTE DA MESMA EXECUTIVA, POIS O ANDRÉ É SECRETARIO ESTADUAL DO PT.

    PELO HISTÓRICO, O TAL MELLO NÃO FAZ MUITO BEM PRA SOCIEDADE PARANAENSE E BRASILEIRA

  4. sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 12:40 hs

    O COMENTARIO DO ADVOGADO, NAO PROSPERA. TENDO EM VISTA QUE A LEI E IGUAL PARA TODOS!!! OU SO VALE PARA PES DE XINELO.

  5. Questionador
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 12:45 hs

    -Resumo da história: merece ficar detido enquanto as investigações continuam…não importa se é irmão do deputado estudual Péricles de Holleben de Mello, pois a justiça deve ser igual para todos. Pior, sendo advogado e conhecer profundo das leis, as infringe de modo descarado, até mesmo provocando escárnio diante do delegado que fez seu trabalho de forma correta.

  6. Ocimar
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 12:57 hs

    Seria novidade se ele não pertencesse a quadrilha dos corrúPTos.

  7. Ocimar
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 12:58 hs

    Lugar de bandido é na cadeia.

  8. luiz do Valle
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 13:25 hs

    Farinha de hóstia!!!!!!!!

  9. ROY ROGERS
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 20:05 hs

    GENTE BOA DEMAIS….FAZ UMA BARBARIDADE , PIOR AINDA NÃO TEM DIREITO A FRIANÇA PORQUE JÁ TINHA FEWITO OUTRA BARBARIDADE……ESSES SÃO OS CARAS DO…PT

  10. Heráclito
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 22:26 hs

    Para se saber com quem se está lidando.

    As histórias desse individuo vem de longa data.
    Quando estudante em Ponta Grossa ( UEPG) fraudou as urnas da eleição para diretoria da UNE na tentativa de derrotar a chapa Mutirão na qual o candidato à presidência era o atual Ministro Aldo Rebelo ( que venceu a eleição).
    Lembro dessa situação, pois naquela ocasião o Aldo Rebelo veio até Ponta Grossa, houve anulação das urnas fraudadas, com o apoio dos partidários da chapa de oposição ao Aldo, que mostraram-se todos indignados com a atitude do” tal Aderbal”, ( vulgo Lamparina, se não me falha a memória) e que diga-se de passagem, fugiu de maneira acovardada e humilhante.
    É história da UEPG ( tem outras) que agora me vem a lembrança por meio dessa triste figura, o tal Aderbal.

  11. HENRY
    sábado, 7 de janeiro de 2012 – 10:43 hs

    ESSE É O VERDADEIRO QUADRILHEIRO DO pt “partido do trambique”. FAZ PARTE DOS corruPTos QUE VÃO APOIAR O guga “FRUITinha” EM CURITIBA.

  12. CAÇADOR DE PETISTAS
    sábado, 7 de janeiro de 2012 – 11:54 hs

    Mais um pertencente a quadrilha do PT, cria do Fascista Lula da Silva e da quadrilheira Dilma.

  13. Adriano Ribeiro
    sábado, 7 de janeiro de 2012 – 14:26 hs

    Uma pena que o jornalista Fabio Campana não dê o mesmo espaço para a notícia de quando o governador Aercio Neves se recusou a fazer o teste do bafometro.

  14. KAREM
    domingo, 8 de janeiro de 2012 – 14:36 hs

    CANALHA.

    O povo brasileiro é culpado por esta raça estar no poder.
    CANALHAS, quem pregava a moral, ao tomar o poder, comtem os mais diversos delitos contra o cidadão que acreditou nestes vermes Petistas. LULA, o câncer do Brasil.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*