DEM vai pedir para procurador investigar ministro da Integração | Fábio Campana

DEM vai pedir para procurador investigar ministro da Integração

Do UOL

O líder do DEM no Senado, senador Demóstenes Torres (GO), afirmou neste domingo que pedirá para a Procuradoria-Geral da República investigar o ministro Fernando Bezerra (Integração Nacional).

O senador disse que vai entrar com uma representação na próxima terça-feira na procuradoria pedindo a abertura de um inquérito civil público contra o ministro.

Bezerra está envolvido em suspeitas de favorecimento ao seu Estado, Pernambuco, e também ao seu filho, o deputado Fernando Coelho (PSB-PE), no repasse de recursos da pasta, além de acusações de nepotismo.

“O ministro está descumprindo sua função. Faltou compostura a ele, que tem dado privilégio no repasse de recursos”, disse Demóstenes.

Segundo o líder do DEM, a representação abordará três assuntos: o favorecimento, por parte do ministro, no repasse de recursos de combate a enchentes para Pernambuco, o privilégio dado ao seu filho na liberação do maior volume de emendas parlamentares da pasta em 2011, conforme a Folha revelou na edição de sábado, e as acusações de que Bezerra teria ignorado o decreto antinepotismo ao manter o irmão, Clementino Coelho, presidente da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba) durante quase um ano.

A iniciativa de Demóstenes, por enquanto, é um gesto isolado dentro da oposição.

Conforme mostrou reportagem da Folha deste domingo, diversos dirigentes oposicionistas têm agido de forma protocolar. Por trás dessa cautela inicial está o desejo de alimentar as tradicionais divergências entre PT e PSB.


5 comentários

  1. antonio francisco da silva
    domingo, 8 de janeiro de 2012 – 20:27 hs

    o DEMo E o PSDB estão tão desmoralizados junto a upinão publica que não estão nem se quer sendo levados a serio.Eles deitaram e rolaram com o dinheiro publico.A “Privataria Tucana”,apesa rdo esforço da grande midia(em sentido contrario) já está naslivrarias.Eles estão pensando que o povo forma sua opinião baseado na chamda grande mida,estão enganados.Os brogs estão mostrando quem é quem dentro do mundo politico brasileiro no que diz respeito ao trato com a coisa publica.

  2. domingo, 8 de janeiro de 2012 – 21:47 hs

    Tem que investigar o Governo da Corrupção mas elle blinda os companheiros da mesma laia.

  3. OSSOBUCO
    domingo, 8 de janeiro de 2012 – 23:09 hs

    Deveriam investigar isso aí aabaixo:

    A fabulosa doação PESSOAL de R$ 8,25 milhões da socialite para o PSDB! Mensalão do DEM aparece na parada.

    Ana Maria Baeta Valadares Gontijo doou R$ 8 milhões e 250 mil para a campanha tucana de 2010, como PESSOA FÍSICA.
    O valor é comparável a doações de grandes bancos e grandes empreiteiras.

    É o recorde entre as pessoas físicas.
    A lei diz que as pessoas físicas podem doar no máximo 10% de seu rendimento bruto no ano anterior. Significa que ela precisa ter ganho perto de R$ 7 milhões por mês de salário ou renda em 2009 (pelo menos R$ 82,5 milhões de renda anual).

    Se o Brasil é capitalista, o dinheiro é dela e a lei permite, ninguém teria nada a ver com isso, ok?

    Não teria, se seu marido José Celso Valadares Gontijo não tivesse sido gravado por Durval Barbosa entregando pacotes de dinheiro, no mensalão do DEM (Operação Caixa de Pandora da Polícia Federal).

  4. VLemainski -Cascavel-PR
    segunda-feira, 9 de janeiro de 2012 – 8:40 hs

    Caro Amtônio: Acredito que um erro não justifica o outro. Mas, pelo que sei, todos os ministros denunciados pelo DEM e PSDB estão na rua… Que desmoralização e esta?… Não entendo você…

  5. salete cesconeto de arruda
    segunda-feira, 9 de janeiro de 2012 – 14:27 hs

    DEM?
    Qual DEM?!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*