Requião em baixa | Fábio Campana

Requião em baixa

O senador Roberto Requião (PMDB) mais atrapalha do que ajuda candidato apoiado por ele. Para 46,6% dos eleitores, o apoio do ex-governador a um candidato diminuiria a vontade de votar nessa pessoa.

“O que fica claro é a rejeição a Requião. Isso mostra que ele já é um político em fim de ciclo, que ele não é mais um ator principal na nossa política”, acrescenta o professor da UFPr e cientista político Ricardo Oliveira.


7 comentários

  1. Eleitor CWB
    domingo, 18 de dezembro de 2011 – 13:38 hs

    Ele estava em fim de ciclo e rejeitado por todos e foi eleito senador. Quanto mais falam dele mais ele aparece e na hora da eleição ganha. É igual ao Paulo Malluf. O povão gosta de porcaria representando eles.

  2. sergio silvestre
    domingo, 18 de dezembro de 2011 – 13:43 hs

    Até hoje não sei a serventia de um cientista politico.Prá que que serve hein

  3. DO LITORAL
    domingo, 18 de dezembro de 2011 – 15:08 hs

    É VERDADE!! AGORA É A VEZ DOS MAIS NOVOS: GUSTAVO FRUET E RATINHO JUNIOR.

    VALE TUDO PARA DESTRUIR ESTE PÉSSIMO CHOQUE DE GESTÃO PARA DERRUBAR O VENCEDOR DAS 500 MILHAS DE LONDRINA E TAMBÉM PILOTO DE TRATOR DE AREIA DE MATINHOS, O GAROTO FÃ DO EX-COLLOR DE MELLO, BETINHO RICHA.

  4. tony
    domingo, 18 de dezembro de 2011 – 17:52 hs

    Das duas, uma, ou o professor da UFPr não sabe o que diz. Ou o eleitor não sabe em quem votou. Nesta disputa quem está com a razão? O RR porque se elegeu senador. ACarlos

  5. Claudia
    domingo, 18 de dezembro de 2011 – 22:52 hs

    o requião será o proximo governador

  6. ARMER
    segunda-feira, 19 de dezembro de 2011 – 11:18 hs

    Dor de Cotovelo,vai ser dificil, tirar novamente o Governo das mãos de Requião,se ele pretender voltar.

  7. Celso Silva
    terça-feira, 20 de dezembro de 2011 – 0:26 hs

    É flagrante o desespero da oposição. O Roberto Requião será mais uma vez Governador do Estado do Paraná. A população esta sentindo e muito a sua ausência no Centro Cívico.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*