Rebelo: TCU e CGU devem analisar ONGs | Fábio Campana

Rebelo: TCU e CGU devem analisar ONGs

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse nesta sexta-feira (2) que a pasta já concluiu o exame dos convênios com ONGs (organizações não governamentais) suspeitas de irregularidades. Os contratos agora serão avaliados pelos órgãos de controle e fiscalização, como o TCU (Tribunal de Contas da União) e a CGU (Controladoria-Geral da União).

Aldo Rebelo enfatizou que as denúncias feitas contra Orlando Silva, seu antecessor, até agora não foram provadas. “O acusador até hoje não apresentou nenhuma prova”. Além disso, o ministro disse que ainda trabalha na montagem da equipe. “O que não é fácil, para levar adiante as tarefas e os desafios do ministério diante dos megaeventos esportivos [como a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas, em 2016]”.


Rebelo acredita que todos os estádios vão estar prontos até 2014 e que as obras que serão feitas em todos os setores vão beneficiar a população nos anos que se seguirão. Além da agenda relacionada com os eventos esportivos, o ministro destacou que está cuidando da elaboração da Política Nacional do Esporte.

O Congresso Nacional deverá aprovar o marco que estabelece atribuições para a União, os estados e municípios e define quem será o responsável pelos encargos sobre o oferecimento de esporte educacional e o de alto rendimento. As informações são da Agência Brasil.


2 comentários

  1. silvia
    sexta-feira, 2 de dezembro de 2011 – 19:57 hs

    BONDENEWS – PARANÁ
    Voltar Tamanho do texto Imprimir Comunicar Erro Compartilhe:
    02/12/2011 — 13h33
    Servidores do Detran protestam por melhores salários

    Faixas foram colocadas na maioria dos Ciretrans do Estado
    Os servidores do Departamento de Trânsito (Detran) do Paraná inciaram nesta quinta-feira (1º) um manifesto silencioso por melhorias salariais e estruturais. Na maioria das Ciretrans do Estado, os funcionários fixaram uma faixa com a frase: “Detran/PR, alta arrecadação, baixa remuneração”.

    Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores do Detran Paraná (Sisdep), Gustavo Fatori, a categoria incia neste mês um movimento para pressionar o governo por melhorias salariais e implantação de um regimento interno que garanta melhor estrutura do órgão.

    Na última negociação, o governo teria se comprometido em encaminhar à Assembleia Legislativa, proposta de gratificação para os servidores e mudança de cargo de técnico administrativo para técnico de trânsito, entre outros acordos. “O encaminhamento ficou de ser feito em setembro, esperamos até novembro e nada, por isso estamos dando início ao movimento”.

    Caso o governo não acene com algum acordo quanto as reivindicações, o movimento deve ser ampliado a partir de segunda-feira (5) com a implantação de uma Operação Padrão em todas as Ciretrans do Estado. “Vamos esperar uma posição até segunda-feira. Se não houver avanço nas negociações, vamos iniciar a Operação Padrão. Iremos ser mais criteriosos, mais detalhistas no nosso serviço e, provavelmente, o atendimento será mais lento”, explica Fatori. As medidas foram deliberadas em assembleia geral da categoria realizada no dia 5 de novembro.

    Segundo o Sisdep, atualmente há cerca de 1,5 mil servidores prestando serviços nas 101 Ciretrans em todo o Estado. Deste total, 434 ocupam cargos comissionados e cerca de 1.100 são estatutários.

    Marilayde Costa – Redação Bonde

  2. Vigilante do Portão
    sábado, 3 de dezembro de 2011 – 2:17 hs

    Enquanto isso,

    A Folha noticiou que Dilma REDUZIU a verba para assentamentos e para a Reforma Agrária.

    KKKKK

    Na oposição,
    Bradava que quria Reforma Agrária.
    Na campanha,
    Disse que aos assentados faltava assistência Técnica e ajuda para prodizir.

    No governo,

    REDUZ A VERBA.

    KKKKK

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*