Raúl Castro anuncia a liberação de 2,9 mil presos cubanos | Fábio Campana

Raúl Castro anuncia
a liberação de 2,9 mil presos cubanos

Renata Giraldi da Agência Brasil

O presidente de Cuba, Raúl Castro, anunciou hoje (28) que anistiou 2,9 mil presos, sendo que 86 são estrangeiros de 23 países. Com o anúncio, Castro cumpre o prometido há cinco dias. De acordo com nota, a anistia é “total e definitiva”.

A iniciativa conta com o apoio da Suprema Corte e dos ministérios do Interior e da Justiça cubanos. A execução da ordem tem 48 horas para ser cumprida. Segundo a imprensa oficial de Cuba, a decisão foi tomada a pedido do papa Bento XVI, de organizações não governamentais e das famílias dos presos.


Castro disse que a anistia envolve, principalmente, as mulheres, os doentes e idosos, além dos jovens com chances de integração social. Segundo ele, não foram incluídos entre os anistiados os condenados por espionagem, terrorismo, assassinato, tráfico de drogas, pederastia com violência, roubo em residência habitada, estupro e corrupção de menores.

Em julho deste ano, Castro concordou, durante conversas com a Igreja Católica, em libertar 52 dissidentes presos desde 2003. As prisões em massa daquele ano ficaram conhecidas como a Primavera Negra de Cuba. Na ocasião, a União Europeia cancelou a cooperação com a ilha, que só foi retomada em 2008.

Cuba nega que tenha prisioneiros políticos. Segundo o governo, são mercenários pagos pelos Estados Unidos para desestabilizar o país.


5 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 28 de dezembro de 2011 – 16:35 hs

    Deve ser a proximidade da morte. Com o passporte já carimbado e aguardando o embarque para o país dos pés juntos, ele teme ser julgado pelas centenas de pessoas que executou no paredón, com seu próprio revólver. Atendendo o pedido papal, quem sabe ganhe uma indulgência.

  2. atadailha
    quarta-feira, 28 de dezembro de 2011 – 16:43 hs

    venha para o brasil camarada,fique pertinho de jose dirceu.
    (uma bala para dois canalhas é muito)

  3. CAÇADOR DE PETISTAS
    quarta-feira, 28 de dezembro de 2011 – 17:13 hs

    Pelo visto, o irmão de Fidel é um pouco mais inteligente do que o amigo do Faasicsta Lula. É ridículo que estes,Petistas, Chavistas, Coreanos e outros paises COMUNISTAS ainda não percebeream que este sistema de governo (Ditadura populçista) não da mais certo.

  4. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 28 de dezembro de 2011 – 20:32 hs

    As matérias jornalísticas apresentadas no JN, são bastante esclarecedoras.

    Mostra como é a vida na ilha, aquela, que a “thurma” acha que é exemplo.

    Na reportagem uma senhora diz que para ser atendida no sistema de saúde, dá presentes aos funcionários.

    Apenas agora, deopois de 50 anos, os Cubanos podem “comprar” imóveis.
    Telefone?
    Nem pensar
    Carro?
    Apenas as sucatas americanas de 1950 e as carroças da Lada; Mesmo assim, é para poucos.

    Carne bovina?

    Apenas com autorização dos Irmãos Castro.

    Lembrando:

    O Brasil, através do BNDES, está financiando a modernização e a ampliação do Porto de Havana.

    Enquanto isso, a Folha mostrou que os nossos portos estão sucateados.

  5. Da Silva
    quinta-feira, 29 de dezembro de 2011 – 8:48 hs

    Uma mancha para humanidade.
    E ainda tem gente que faz apologia ao sistema.
    Não compreendo mais nada.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*