PPS vai votar contra liberação de bebidas alcoólicas em estádios | Fábio Campana

PPS vai votar contra liberação de bebidas alcoólicas em estádios

O PPS vai votar contra a liberação da venda de bebidas alcoólicas nos estádios, prevista no texto da Lei Geral da Copa. Para o líder do partido na Câmara, deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR), a permissão fere o Estatuto do Torcedor e vai na contramão do trabalho que vem sendo executado pelo Ministério Público para garantir a segurança de torcedores e atletas nas partidas de futebol.


“A proibição da venda de bebidas vigora desde 2008 no campeonato brasileiro e vem tendo ótimos resultados. Tanto que a medida foi incluída no Estatuto do Torcedor. Revogando o estatuto, é evidente que isso poderá trazer problemas sérios para um país do nível de violência que é o Brasil”, destaca o deputado, que é membro da comissão especial que analisa o tema.


5 comentários

  1. Eduardo
    quarta-feira, 7 de dezembro de 2011 – 16:08 hs

    Acho proíbir a venda de cerveja em estádios uma bobagem. Quem frequenta estádios sabe que a violência não aumentou nem diminuiu depois dessa medida. O episódio mais grave de violência esportiva no Paraná, no Couto Pereira em 2009, aconteceu já sob a lei seca. Quando a cerveja era vendida livremente tal situação nunca ocorreu.
    A venda deve ser permitida mas com regras, os bares devem ser localizados em locais específicos e o preço deve ser caro.

  2. fatima
    quarta-feira, 7 de dezembro de 2011 – 16:14 hs

    Sem acesso a bebida em estádio, os torcedores já se matam, imagine se liberarem o consumo, o que vai virar.

    Ou será que pretende diminuir com a população desse jeito?

  3. Antonio Santos
    quarta-feira, 7 de dezembro de 2011 – 17:07 hs

    …temos que lembrar…e lembrar muito que os jogos da Copa serão assistidos por torcedores sem aquela paixão clubística de adversários…….na grande maioria das vezes…..os frequentadores dos Estádios estarão somente se divertindo …sem paixão…sem adversários em confronto…no campo e na arquibancada…A liberação de bebidas não será nada perante uma boa segurança!

  4. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 7 de dezembro de 2011 – 18:46 hs

    Interessante foi ver a cara do COMUNISTA Aldo Rebelo:

    Fizendo que era normal ter bebida em eventos……

    Pois é,

    Tudo mudo.
    Comunista de araque.

    Fico imaginando se o FHC fosse o presidente e a FIFA determinase que na Copa deveria ter Cerveja, contrariando a Lei.

    Hummmm

    Os comunas e o Pt , bradariam que o governo era CAPACHO DOS CAPITALISTAS…..

  5. BRASILEIRO
    quinta-feira, 8 de dezembro de 2011 – 8:31 hs

    POIS E …..FHC E A FAVOR DA MACONHA….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*