Paraná tem o segundo maior número de trechos perigosos de rodovias | Fábio Campana

Paraná tem o segundo maior número de trechos perigosos de rodovias

Levantamento mostra que BR-376 tem três que exigem atenção.
BR-277 tem dois; 116,476 e 369 também são citadas na pequisa.


Do G1 PR com informações da RPCTV

Um levantamento feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostra que o Paraná é o segundo estado com mais trechos de rodovias perigosos. Ao todo, em oito pontos de algumas rodovias, a atenção dos motoristas precisa ser redobrada.

Três desses trechos estão na BR-376, que começa na divisa com Santa Catarina e corta o Paraná, em direção ao Mato Grosso do Sul: um na descida da serra, em direção a Santa Catarina e outros dois na região de Maringá. Na BR-277 que vai do litoral à fronteira com o Paraguai, os trechos mais perigosos estão em Paranaguá e em Foz do Iguaçu.

Dentre os pontos na região de Maringá, um é a Avenida Colombo, que corta a cidade. No local, os acidentes são constantes, por conta da mistura entre o trânsito local e o intenso movimento de carros, ônibus e caminhões que trafegam na rodovia.

O relatório da PRF também destacou que, nas rodovias BR-116, BR-476, e BR-369, há pelo menos um ponto em cada que oferece muitos riscos aos motoristas.


2 comentários

  1. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 22 de dezembro de 2011 – 7:44 hs

    Notem que são rodovias PEDAGIADAS.

  2. Soljenitsin Silva
    quinta-feira, 22 de dezembro de 2011 – 9:22 hs

    Trechos perigosos, especialmente os das praças de pedágio, onde o motorista é alvo de assalto por meliantes que brandem contratos do tempo de Lerner para a extorsão legal.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*