Governo anuncia criação de nove mil vagas no sistema prisional | Fábio Campana

Governo anuncia criação de nove mil vagas no sistema prisional



Foto: Aliocha Mauricio

do G1

O governo do Paraná anunciou nesta quinta-feira (22) que para fevereiro de 2012 serão criadas mais 2.786 vagas no sistema prisional do estado. Para chegar ao número de nove mil vagas, divulgado pela Secretaria Estadual de Justiça, Cidadania e Direito Humanos , o governo conta com a ajuda do governo federal.

“O Paraná é o segundo pior estado em número de presos em delegacias”, informou a secretária Maria Tereza Uille Gomes. De acordo com ela, a previsão é de que em janeiro 1.480 novas vagas já estarão disponíveis.

Em entrevista ao G1, Maria Tereza Uille Gomes destacou que Paranaguá, Foz do Iguaçu, Guaíra e Londrina, são as cidades onde se verifica as priores condições de superlotação. Segundo a secretária, no início do ano havia praticamente 16 mil presos em delegacias de polícia, mas agora o número foi reduzido para 12.500.

A ação faz parte do Programa Nacional de Apoio ao Sistema Prisional, gerenciado pelo Ministério da Justiça, e deve custar mais de R$ 150 milhões. Deste valor, 80% serão financiados pela União e o estado fica com a contrapartida de 20%, cerca de R$ 29 milhões.

As primeiras vagas, previstas para o início do próximo ano, serão em quatro unidades penais nos municípios de Cruzeiro do Oeste, Foz do Iguaçu, Maringá e Piraquara.

As demais serão viabilizadas a partir de ampliação de oito unidades penais. Serão 3.132 vagas em Cascavel, Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá, Piraquara e Ponta Grossa e mais 3.216 vagas em novos presídios que serão construídos em Apucarana, Campo Mourão, Guaíra, Foz do Iguaçu, Londrina e Piraquara.

“Nós acreditamos que com essas medidas vamos conseguir reverter este panorama prisional do estado”, afirmou a secretária Maria Tereza Uille Gomes. A secretária disse também que até a final desta gestão, em 2014, devem ser criadas mais de 14 mil vagas em presídios ou cadeias pública.


7 comentários

  1. Revoltado
    quinta-feira, 22 de dezembro de 2011 – 17:58 hs

    9 mil vagar para prisioneiros e quantas para internações de doentes do nosso estado?
    Quem tem mais valor para o governo?
    É em que tem mais valor é que se investe mais.
    Cada um tire suas conclusões.

  2. Borrachada
    quinta-feira, 22 de dezembro de 2011 – 20:49 hs

    São poucas!
    Se forem “engaiolar” todos os políticos do Paraná e mais os de Brasilia( vão contar com o Governo Federal não é?) os ingressos já estão esgotados.

  3. M.A.S
    quinta-feira, 22 de dezembro de 2011 – 23:27 hs

    TEM ATÉ SALÁRIO PARA OS FAMILIARES DOS PRESOS.
    ADIVINHA AONDE SE INVESTE MAIS.

  4. Lucas
    quinta-feira, 22 de dezembro de 2011 – 23:45 hs

    Pena de morte já.
    Inclusive para o Revoltado, amigo dos bandidos.

  5. Ocimar
    sexta-feira, 23 de dezembro de 2011 – 8:37 hs

    A PENA JUSTA (PENA DE MORTE) PARA OS CRIMES HEDIONDOS,COM CERTEZA ABSOLUTA RESOLVERIA 80% DO PROBLEMA DE SUPER LOTAÇÃO NOS PRESÍDIOS.

  6. DIONISIO ALPENDRE
    sexta-feira, 23 de dezembro de 2011 – 13:33 hs

    E TEM QUE TER CELA ESPECIAL PARA OS POLITICOS,DO PR.

  7. PAULO TARSO
    segunda-feira, 26 de dezembro de 2011 – 9:48 hs

    O NEGOCIO E CRIAR EMPREGO PARA ESSA GALERA….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*