Golpes virtuais aumentam em Curitiba | Fábio Campana

Golpes virtuais aumentam em Curitiba

Do Blog da Joice

Golpes como clonagem de cartões e invasão de contas bancárias pela internet aumentaram em Curitiba nos últimos anos. Esses delitos virtuais já representam 10% do total de ocorrências registradas pela Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor (Delcon) da capital. São casos que vão desde o atraso ou o não –recebimento de mercadorias compradas pela internet até páginas fictícias de financeiras, criadas por hackers que se ulitizam das informações confidenciais dos usuários. De acordo com um dos agentes da Delcon, Emerson Borges, em muitos casos o cliente só percebe que foi enganado quando descobre que a empresa só existe no mundo virtual.

Outro órgão oficial que trata de crimes como esse, o Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber), terminou no fim da última semana uma investigação que durou dois anos e denunciou um casal de Curitiba que mantinha três lojas fictícias na internet. Clientes de São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Distrito Federal foram lesados pela dupla. Segundo Borges, a ação dos hackers chega até páginas que deveriam ser seguras, como a de instituições financeiras.

De acordo com o Procon-PR, cabe ao banco garantir a segurança na manipulação de informações dos clientes. Em caso de quebra, é a instituição financeira que deve pagar multa, que vai desde quatrocentos até seis milhões de reais.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*