Em 2012, funcionários públicos federais não terão reajuste | Fábio Campana

Em 2012, funcionários públicos federais não terão reajuste

Os funcionários públicos federais podem enfiar a viola no saco. Não terão aumento de salários em 2012 conforme orientação da presidente Dilma Rousseff, que simplesmente diz que “não é hora de dar reajustes”. O relator-geral do Orçamento da União de 2012, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), não incluiu em seu parecer final qualquer previsão de reajuste para servidores dos três Poderes. Chinaglia também deixou de fora pedido de aumento dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e magistrados.


6 comentários

  1. Ratatouille
    terça-feira, 20 de dezembro de 2011 – 10:44 hs

    Já os nobres vereadores curitibanos se deram 28%!

  2. VLemainski - Cascavel
    terça-feira, 20 de dezembro de 2011 – 11:50 hs

    Contrataram muitos “companhero” e agora têm que promover “distribuição da renda”… Injustiça para com quem leva a profissão a sério…

  3. Vigilante do Portão
    terça-feira, 20 de dezembro de 2011 – 12:41 hs

    CHORA PTZADA.

    Lula esbanjou e Dilma corta até o reajuste dos Barnabés.

    KKKKK

    Enquanto isso,

    A carga tributária passa dos 36%, a maior da história.

  4. Eleição 2012
    terça-feira, 20 de dezembro de 2011 – 14:17 hs

    Como é que vai ter dinheiro p/ reajustar o salário do funcionalismo se todo o dinheiro vai p/ ajustar as merrecas que esses Políticos desqualificados vaõ ganhar votando seus próprios aumentos???
    VENGONHA! VERGONHA! VERGONHA!!!

  5. Magrão
    sexta-feira, 6 de janeiro de 2012 – 16:59 hs

    O pouco do poder aquisitivo que os servidores das Universidades ganharam no governo Lula, a Dilma vai retirar, a exemplo dos governos Color, Itamar e Principalmente FHC, este é o pior deles.
    Os servidores das Universidades federais tem a pior tabela salarial do executivo. Já está na hora de acabar com a autonomia do Judiciário e Legislativo, eles devem ter os mesmos reajustes e os mesmos salários que os servidores do executivo. graças ao safado do Fernando Color, que acabou com a isonomia entre os três poderes.
    Na minha opinião o governo deveria conceder neste momento reajuste baseado na inflação, e mais tarde fazer um estudo para ajustar todos os salários do executivo, não patamares dos outros poderes, pois o governo quebraria, mas colocar todos os salários de acordo com os pagos na iniciativa privada pelas grandes empresas, como Petrobrás por exemplo. Depois de organizadas as tabelas salariais, o servidor ganharia o percentual da inflação todos os anos, e poderia ter progressão na carreira dentro da tabela por tempo de serviço e qualificação, garantindo melhor salário até se aposentar. Eu ´por exemplo sou da área técnica, não teria problemas em relacionar com alguém da iniciativa privada. Não sei como seria com os funcionários do legislativo e judiciário, mas certamente poderiam equipará-los com os auxiliares administrativos da iniciativa privada, estou me referindo aos funcionários de nível médio, que é meu caso.

  6. hugo rodrigues mira
    sábado, 7 de janeiro de 2012 – 22:15 hs

    SEXTA ECONOMIA DO MUNDO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK RSRSRSRSRSRSRSRSRSRSQUERO QUE ALGUEM APONTE ALGUM ORGAO QUE FUNCIONA NESTE PAIZ. EU APONTO OS QUE NAO FUNCIONAM. TUDO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*