Collor pagou e recebeu dossiê Cayman, afirma PF | Fábio Campana

Collor pagou e recebeu dossiê Cayman, afirma PF

Investigação da Polícia Federal afirma que a família do senador e ex-presidente Fernando Collor (PTB-AL) pagou em 1998 pelo dossiê Cayman, conjunto de papéis forjados para implicar tucanos com supostas movimentações financeiras no exterior.

A informação é da reportagem de José Ernesto Credendio, publicada na Folha de S. Paulo desta segunda-feira.

Segundo o inquérito, o senador teria recebido pessoalmente a papelada das mãos de um envolvido, em Maceió.

As conclusões são baseadas em investigações da Polícia Federal, do FBI (nos Estados Unidos) e da Interpol.

OUTRO LADO


Na última quarta-feira, a Folha procurou o senador Fernando Collor de Mello, por meio de sua de assessoria de imprensa, para que se manifestasse sobre o caso.

Após o primeiro contato, Collor chegou a telefonar pessoalmente para a reportagem pedindo mais detalhes sobre o conteúdo da documentação a que a Folha teve acesso.

Todo o relatório foi encaminhado à assessoria do senador. Sua equipe chegou a confirmar o recebimento dos documentos e respondeu à reportagem que aguardaria uma manifestação de Collor sobre o assunto.

Desde então, a reportagem espera novo contato da assessoria do ex-presidente. Até o fechamento desta edição, contudo, não houve resposta do senador alagoano.


5 comentários

  1. José Roberto Ribeiro
    segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 – 13:07 hs

    Tudo isso é acredito ser verdade, eu só não entendo o porquê do termo “forjado”, já houve investigação da PF, ou outro órgão, realmente comprovando que estes papéis são “forjados”, as minhas perguntas são será que há realmente imparcialidade da imprensa paulista? Apedreja-se qualquer partido, menos aquele? Se a democracia atende a ordem, ou esta atende a democracia? O mar de lama é apenas petista?

  2. Borduna
    segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 – 14:43 hs

    Uéééééééé, isso não foi obra do PT?

  3. Zangado
    segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 – 17:30 hs

    O Caçador de Maracujá também é afeito a outras frutas podres tropicais !!!!

  4. salete cesconeto de arruda
    segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 – 18:18 hs

    Leiam a CARTA CAPITAL.
    Mas leiam também o Livro do incrível jornalista AMAURY.
    Vale a pena.
    E depois me conte o que viram por lá.
    O Beto deveria se mandar do PSDB do FH e do Serra para não se contaminar.
    Mas será que é o que ele quer?
    O Aécio se prepara para dar no pé.
    E por aqui o que fazem os tucanos?

  5. ricardo crovador
    terça-feira, 13 de dezembro de 2011 – 17:42 hs

    Maria salete,
    repito: esse tal livro o “privataria” é o maior 171. Um monte de fofocas mal costuradas, sem nadica de nada que não tenha saído nas colunas políticas de segunda classe. É um requentadão de “lendas urbanas” e “teorias da conspiração” e excessivamente duro… duro de ler!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*