As aparências enganam | Fábio Campana

As aparências enganam

A notícia de que o PIB brasileiro ultrapassou o da Inglaterra e tornou-se a sexta economia do mundo acendeu entusiasmos e estimulou o ufanismo vulgar dos nativos. Devagar com o andor. A vida dos brasileiros ainda é a de cidadão de países muito atrasados e o Índice de Desenvolvimento Humano é constrangedor. Veja alguns dados comparativos.

PIB per capita na Inglaterra é de US$ 40 mil dólares. No Brasil, US$ 12 mil.

O salário mínimo na Grã Bretanha é de R$ 2.650, no Brasil é R$ 622,

No IDH, o Brasil está em 84º lugar, Inglaterra está 28º.


9 comentários

  1. Luiz
    terça-feira, 27 de dezembro de 2011 – 9:30 hs

    Que piada, comemorar porque passou da Inglaterra no PIB. Olha o tamanho do Brasil e olha o tamanho da Inglaterra. Tem que comemorar quando passar de países medíocres em nível de escolaridade! Eita país de barnabés!!!

  2. Laerte
    terça-feira, 27 de dezembro de 2011 – 11:04 hs

    De a China e a Índia como exemplo será bem interessante.

  3. Vigilante do Portão
    terça-feira, 27 de dezembro de 2011 – 11:31 hs

    Mais um trabalho de marqueteiro.

    Enquanto isso, nem o trabalho midiático consegui aumentar as vendas de Natal.

    Os “pacotes” de fim de ano, estão encalhados.

    Lançamentos habitaciobais, antes concorridos, aguardam compradores com poder aquisitivo.

    A inflação “COMEU” parte da renda e o endividamento da classe média, está perto do limite.

  4. Anônimo
    terça-feira, 27 de dezembro de 2011 – 11:57 hs

    Não foi o Brasil quem cresceu, mas sim a Inglaterra que encolheu por causa da crise européia! Mas, como os petistas e seus apaniguados sabem transformar o caos em prosperidade (na mente dos incautos; infelizmente a maioria dos brasileiros); fazer o quê?

  5. Anônimo
    terça-feira, 27 de dezembro de 2011 – 12:15 hs

    Parabéns ao post, Fabio !

    No Basil a politicagem sabe que o que conta são as aparências, e as aparências enganam, mas o povo brasileiro gosta de ser enganado.

    Nada de novo.

    Mas deixar avisado é o mínimo que podemos fazer para ir colocando um paradeiro nessa empulhação.

  6. Douglas Benício
    terça-feira, 27 de dezembro de 2011 – 12:21 hs

    Pois é Fabio Campana, concordo com voce.

    Mas pensemos bem, se no Brasil nao tivesse a política do atraso seguida por Beto Richa, estariamos numa situacao melhor, nao acha?

  7. sergio silvestre
    terça-feira, 27 de dezembro de 2011 – 13:35 hs

    É,tava bom nos tempos do fhc,salario minimo 60 dolares,renda per capita
    4000 dolares,estamos chegando perto dos britanicos,era 10 por 1,agora é 3 por 1.Em dez anos apenas está bom demais.

  8. Ernesto
    terça-feira, 27 de dezembro de 2011 – 15:08 hs

    Ahahaha, bando de reacionários … graças a Deus tivemos Lula e Dilma, fossem esses tucanos no poder e estaríamos quebrados, sem patrimônio e devendo até as cuecas … bando de derrotistas e privatistas incautos, até nunca mais vocês no poder, o Brasil tem hoje um governo trabalhista, chega de mercenários demotucanos

  9. tony
    terça-feira, 27 de dezembro de 2011 – 19:43 hs

    A análise pura e simples do PIB não diz nada, mas serve otimamente para fazer demagogia. O povo não sabe o que é PIB, e do jeito que está posto nos leva a acreditar que estamos muito melhores do que a Inglaterra. Mas assim está ótimo, passamos a Inglaterra, depois vamos superar a França, e quando é que vamos acabar com a miséria e o analfabetismo mesmo? ACarlos

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*