TSE indefere pedido de registro do PSPB | Fábio Campana

TSE indefere pedido de registro do PSPB

O plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) indeferiu, por unanimidade, o pedido de registro do PSPB (Partido dos Servidores Públicos e dos Trabalhadores da Iniciativa Privada do Brasil) por considerar que a sigla em formação não cumpriu os requisitos legais mínimos para a sua criação.

Relator do pedido de registro, o ministro Marcelo Ribeiro havia dado prazo de dez dias para que a legenda apresentasse, entre outras exigências, certidões eleitorais atestando estar constituído em pelo menos nove Estados e o apoio mínimo nacional de eleitores correspondente a 0,5% dos votos válidos dados à Câmara dos Deputados nas últimas eleições.

De acordo com Ribeiro, o partido somente informou que estaria constituído em Goiás, Pernambuco e Rondônia.

O relator afirmou ainda que o PSPB também não juntou ao processo a ata de fundação da legenda nem a relação de seus fundadores.

“Confessadamente o partido admite que não cumpriu os requisitos para a sua constituição”, disse o ministro.

A reportagem não conseguiu contato com representantes da sigla para comentar a decisão.


Um comentário

  1. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 10 de novembro de 2011 – 9:26 hs

    Estou juntando papel prá fundar o Partido dos Sinuqueiros do Bar do Roque.

    Somos 13.

    A soma das idades quase bate na casa dos mil anos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*