Ratinho nega venda das emissoras | Fábio Campana

Ratinho nega venda
das emissoras

Da Rede Massa

A Rede Massa, afiliada ao SBT no Paraná, vem a público esclarecer que a informação veiculada na Revista Veja dessa semana, na coluna do jornalista Lauro Jardim, sobre a provável venda das suas emissoras, não tem fundamento. Desconhecemos a origem de tal especulação.

O empresário Carlos Massa, o Ratinho, jamais cogitou vender suas emissoras e, ao contrário, no momento, amplia os investimentos das suas operações. Tanto que está prevista a inauguração da quinta emissora do Grupo no primeiro semestre de 2012, bem como a ampliação da Massa FM, que já se consolidou como a maior Rede de Rádio FM do Paraná.

As negociações da Rede Massa são pautadas pela ética profissional e comunicadas ao mercado somente depois de definidas e concluídas.


17 comentários

  1. Eu li
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 15:40 hs

    Tem fumaça tem fogo.

  2. mauricio cavalcanti
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 16:00 hs

    Na verdade as emissoras de tevê do Ratinho enfrentam problemas. O Ibope de todo o SBT despencou no Paraná. O Ratinho já teria vendido duas fazendas para colocar dinheiro nas emissoras.

  3. tony
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 16:31 hs

    Então ainda tem café no bule? Ou será só migué do cara. ACarlos

  4. Luis
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 18:05 hs

    Por favor , como o povo é mesquinho, as TVs são dele, comprou e pagou com o dinheiro dele, se quiser vender, dar ou fechar o problema é dele. Se vendeu fazenda, cachorro ou papagaio o problema é dele, o que nós temos com isso. Se liguem pessoal, se cada um cuidar da sua vida o mundo vai ser bem melhor com certeza . Inveja é uma m…..

  5. João Roberto Sucupira
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 18:32 hs

    Se ele demorar vender o prejuizo será ainda maior. Audiência em baixa, instabilidade na programação, não criam uma identidade com a sociedade. Ai fica dificil. O SBT nacional está caindo pelas tabelas também. Já foi o tempo do SS.

  6. Revoltado
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 19:04 hs

    Mas alguém ainda acredita na revista Veja?
    Eu não acredito muito não.

  7. maria fuxiqueira curitibana
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 19:58 hs

    admiro o ratinho,mas tem uma pergunta no ar da onde vem todo este dinheiro e patrimonio ?

  8. José
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 20:02 hs

    Informação REAL: As emissoras do Ratinho são LIDERES de audiencia/IBOPE em Londrina e Foz do Iguaçu e em Maringá Vice Lider de audiencia e a RIC esta em 4º lugar, perde até para BAND. A diferença de audiencia/IBOPE em Curitiba para Record é de 12% X 15% respectivamente. Inclusive nos ultimos 03 meses a Rede Massa cresceu e a RIC perdeu audiencia. O Paranaense tem sindrome do Caranguejo, os que estão morrendo no fundo da panela, querem puxar a perna dos que se sobressaem na vida.

  9. Zeca Caco
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 22:55 hs

    Bom, Luiz, o Ratinho da notícia e muitos assistem, inclusive eu as vezes vejo o Programa dele e, me orgulho por ser do nosso Paraná, pelos aqui ele foi bem acolhido. Ele dá opinião de tudo. Agora, quando dão opinião sobre as empresas dele vem um bobo como você criticar as pessoas. Se liga meu, isso é democracia, mão de duas vias… E, no mais a programação do SBT do Paraná tá mau sim. O Jornal da Massa tem um tal de Paulo Martins que é a voz da direita. Odeia qualquer programa social, ele é direita. Será esse Paulo Martins quem vai acabar com o Ratinho Junior, quer queira ou não, uma baita pessoa. Dizem que o Paulo Martins desce a lenha nos programas sociais, o que atinge os pobres, e vão colar o ódio desse direitista que fala mau do Brasil, no Ratinho. Esses dias ele disse que iria “vazar” do Brasil. Suma Paulo Martins.

  10. 888 Milhões
    segunda-feira, 28 de novembro de 2011 – 23:11 hs

    Niguém mandou ser um rato público, temos a ver com sua vida sim, quando aparece no ibope nóis presta, depois fica trocando de nome e colocando comentários para nós atacar ratão.
    mais de 800 milhões ele deve para receita federal, ta tudo penhorado,,. o cara não tem ética nenhuma.
    Para terminar já é fosforo riscado, bola murcha, um veio feio, gordo e sem graça.
    Atira para todos os lados, agora os lados estão atirando nele. Fucha louco a Pf e o Mp ta de olho em vc e no seu filho, no Sabino e compania .

  11. Dyler Thunder
    terça-feira, 29 de novembro de 2011 – 0:48 hs

    Ratinho tá em alta, o cara parece que é um dos sócios de um novo shopping em Curitiba.

  12. JMNL
    terça-feira, 29 de novembro de 2011 – 9:54 hs

    já foi fechado o negocio, quem vai assumir será um grupo europeu.

  13. Lery
    terça-feira, 29 de novembro de 2011 – 10:31 hs

    O SBT foi a única emissora a ter crescimento de audiência em 2011 e, nos últimos três meses, a TV Iguaçu teve crescimento de 33% na participação em Curitiba. A TV Naipi, em Foz, é líder de audiência. Em Londrina, a TV Cidade lidera no horário de almoço. Afinal, as coisas não são bem assim……

  14. Senhor V
    terça-feira, 29 de novembro de 2011 – 13:04 hs

    Me engana que eu gosto,ta quebrado já

  15. Cajucy
    terça-feira, 29 de novembro de 2011 – 13:05 hs

    Sobre a venda da Rede Massa, divulgado por Veja e, agora, desmentido pelo próprio Ratinho, tem lá suas entrelinhas.
    Sobre os comentários – democráticos – aqui postados, comentemos e analisemos o todo da notícia.

    1.- Sem dúvida, onde há fumaça, há fogo. A revista não iria falar de algo que não estivesse em evidência, por mais que nos bastidores mais restritos…

    2.- Emissoras de rádio e tevês têm problemas quando são má administradas. Quando o dono faz mais política – ou politicagem – do que cuida do seu negócio, sua fonte de renda. E Ratinho, controla até o uso do celular…

    3.- Vender um patrimônio para investir no outro, não é prejuízo. Pois, se assim fosse, Ratinho teria, supostamente, vendido às emissoras para investir em fazendas.

    Mas, se a informação é verdadeira, investiu no grupo de comunicação que é, sem dúvida, o que o coloca em evidência como empresário multifacetado, inclusive agora, também investindo em shopping center.

    O Boulevard está sendo construído no bairro do Xaxim. Um mega empreendimento em parceria com o Shopping Total. Portanto, falta de visão, não é.

    4.- Saber o que políticos e personalidades de renome da sociedade local e nacional fazem, é uma forma de se manter informado.

    É importante saber quem é quem na Metrópole e na República. Além de democrático. Não se trata de interferir na vida de alguém ou mesmo de cultivar inveja.

    5.- Vale destacar ainda, que concessão de emissoras de rádio e televisão é pública. Portanto, é do Estado. E sendo assim é do povo – digo à concessão, o direito ao uso do referido canal -, não o investimento que o empresário faz para colocar a emissora no ar. Este é investimento próprio. Portanto, pessoal ou de grupo.

    6.- Tenho plena convicção que o hábil Ratinho não tem interesse em se desfazer da Rede Massa. Mas, por certo, nada impedirá que ele venha a se associar a algum grupo empresarial de comunicação. Pode ser nacional, o que não acredito.

    Porém, pode ser internacional, e aí sim, tenho certeza que sairia uma parceria importantíssima e, mais do que isso, com uma excelente novidade na grade de programação, saindo da mesmice em que se encontram às emissoras no país, atualmente.

    Lembrando que grupos estrangeiros podem ter até 30% de sociedade em veículos de comunicação no Brasil. É lei.

    7.- Em se tratando de uma parceria societária, quem estaria em condições de fazer um trabalho conjunto com a Rede Massa, seria o Grupo Ongoing que vem investindo pesado no Brasil. Comprou recentemente o jornal O Dia, do Rio de Janeiro, montou o jornal Brasil Econômico, também os jornais de distribuição dirigida Meia Hora, e está preparando o lançamento de um jornal diário em Brasília.

    8.- O Grupo Ongoing é Português, têm vários empreendimentos, inclusive o jornal Diário Econômico, em Portugal (sede do grupo). É o maior acionista individual da Portugal Telecom, é também proprietária do Zon Multimídia, nada menos do que a maior operadora de tv a cabo de Portugal. Prepara-se também para um rede de tv aberta, naquele país. Entre outros negócios.

    9.- Portanto, se o ilustre doublé de empresário e apresentador Carlos Ratinho Massa, firmar uma sociedade com o grupo português Ongoing, na verdade, não está se desfazendo de seu negócio.

    E sim, ampliando a qualidade de sua rede de emissoras, valorizando o mercado de televisão e comunicação no país e, por certo, ganhando muito mais, financeiramente, do que ganha hoje.

    10.- Seria esta uma sociedade bem-vinda. E, mais do que isso mostraria ainda mais o tino empresarial do cidadão Carlos Massa que saiu pobre da cidade rica, e voltou rico para valorizar a sua terra e sua gente. Tem a minha admiração e o meu apreço.

    Em tempo: esperemos que essa premunição (?) aconteça.

  16. Leni
    terça-feira, 29 de novembro de 2011 – 14:26 hs

    Sempre tive curiosidade de saber se a sbt já pensou em mudar de dono. Valeu tirei minha duvida…

  17. Meri f. Nagata
    terça-feira, 27 de janeiro de 2015 – 1:00 hs

    O Silvio santos tambem era vendedor . O Ratinho veio de baixo, é esperto e como o Silvio sabe negociar. Eu nao duvido que daqui alguns anos o Ratinho seja dono do SBT. Tem muitos apresentadores que ganham até mais que o Ratinho, mas nao sabem investir o dinheiro.. O Silvio. GUGU E RATINHO esses sabem invertir.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*