Londrina é a 1ª cidade a adotar o programa Bom Negócio Paraná | Fábio Campana

Londrina é a 1ª cidade a adotar o programa Bom Negócio Paraná

Na foto:

Secretário Ricardo Barros, presidente da Agência de Fomento Juraci Barbora, presidente da Acil Nivaldo Benvenho e vice-presidente da Acil Flávio Balan

Foto: Josoé de Carvalho/Acil

O primeiro convênio do programa Bom Negócio Paraná foi firmado nesta sexta-feira (11) em Londrina. O termo – assinado pelo secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul Ricardo Barros; pelo presidente da Agência de Fomento do Paraná Juraci Barbosa e por representantes da Associação Comercial de Londrina (ACIL) e do Sebrae – garante capacitação gratuita e crédito barato para empreendedores, micro e pequenos empresários da cidade.

O lançamento oficial do programa em Londrina acontece nesta sexta-feira à noite no teatro do colégio Marista e deve reunir centenas de empresários e lideranças da região.

O Bom Negócio Paraná foi anunciado pelo governador Beto Richa na segunda-feira (7), em Foz do Iguaçu, durante a convenção anual da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap). A meta é atender 60 mil micro e pequenos empreendimentos formais e informais garantindo capacitação e o crédito mais baixo do país.

O programa abrange empreendedores informais, individuais, sociedades empresariais, sociedades simples, arranjos produtivos locais e cooperativas de produção, de serviços e de trabalho. A secretaria da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul será a gestora do programa de capacitação profissional. A Agência de Fomento Paraná irá coordenar os financiamentos por meio do Banco do Empreendedor.

A capacitação gratuita será disponibilizada por meio de parcerias com entidades empresariais, são cursos nas áreas de: empreendedorismo e projeto de vida, gestão de negócios, gestão de pessoas, gestão financeira, gestão comercial e gestão estratégica. Cada curso terá um total de 66 horas, durante 22 dias. O programa Bom Negócio Paraná usa a metodologia desenvolvida pela Agência Curitiba de Desenvolvimento, da Prefeitura de Curitiba.

Quanto mais capacitado, mais barato será o juro para o empreendedor. As linhas de financiamento variam de R$ 1 mil a R$ 300 mil, de acordo com a capacidade de cada empresário. E as taxas de juros vão de 0,58% a 1,1% ao mês, as mais baixas do país.

O programa é uma parceria do Governo do Paraná com diversos órgãos, como o Sebrae, Faciap, Fiep, Fecomércio, instituições financeiras, além de prefeituras municipais e secretarias de Estado.


2 comentários

  1. Edgard Luiz
    sexta-feira, 11 de novembro de 2011 – 13:35 hs

    Hoje dia 11 11 11, me faz lembrar do representante que o Paraná perdeu no Senado Federal, Ricardo Barros.
    O triste disso tudo é saber que um sem voto está lá, assim como outras aberrações.
    E o que teve 2.l90.000 votos, não pode nos representar.
    Mas, o Paraná te ganhou Secretário Ricardo Barros. O senhor está fazendo uma fantástica administração frente à Secretaria de Indústria e Comércio do Paraná.
    Milhares de empregos estão surgindo em nosso Estado, graças as várias Indústrias que a sua Secretaria e o Governador Beto Richa estão trazendo ao nosso Paraná.
    Parabéns! Esse é o caminho.

  2. Hamilton Luiz Nassif- Londrina
    sexta-feira, 11 de novembro de 2011 – 14:37 hs

    A cidade em nome da Acil,através de seus diretores Nivaldo Benvenho (Presidente) e Flávio Balan(Vice),agradece o programa Bom Negócio Paraná, em parceria do Governo do Paraná e diversos orgãos.Atenderá micro e pequenos empreendimentos formais e informais com crédito baixo. É o primeiro convênio no Estado a ser firmado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*