Francischini pode derrubar Lupi | Fábio Campana

Francischini pode derrubar Lupi

“O ministro Carlos Lupi mentiu na Comissão de Fiscalização da Câmara”, diz o deputado Federal Fernando Francischini, do PSDB do Paraná.

Lupi declarou que jamais voou no jatinho da Fundação Pro-Serrado, dirigida por seu amigo Adair Meira. Francischini tem as provas indesmentíveis de que ele usou o avião.

Acontece que a Fundação pro-Serrado recebeu R$ 18 milhões do Projovem, programa do Ministério do Trabalho para a qualificação de jovens para o mercado de trabalho.

A denúncia ganha a mídia nacional. A informação colhida nos bastidores do Planalto é a de que Lupi tem até sedunda-feira para se demitir. ou será demitido.

Liupi não quer sair. Ontem, promoveu um evento de apoio pessoal ao receber o título de Benemérito e Cidadão do Rio de Janeiro. O PDT enviou centenas de manifestantes para ovacionar Lupi.

Lupi usou avião de dono de ONG, diz a Veja em sua edição deste fim de semana.

A edição deste fim de semana da revista Veja traz reportagem na qual afirma que não só o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, conhecia o empresário Adair Meira, responsável por duas ONGs cujas irregularidades em contratos com o Ministério foram apontadas pela Procuradoria da República e pela Controladoria-Geral da União, como também teria viajado com ele para cumprir agenda do Ministério, a bordo de uma aeronave King Air, providenciada pelo próprio empresário. A revista descreve, inclusive, uma viagem realizada em 13 de dezembro de 2009, na qual o avião teria sido obrigado a retornar ao aeroporto de Imperatriz, no Maranhão, por problemas técnicos. Naquele voo, teriam estado a bordo o próprio ministro, o empresário Adair Meira, o ex-governador do maranhão Jackson Lago (já falecido) e o então secretário de Políticas Públicas de Emprego do Ministério, Ezequiel de Souza Nascimento.

Procurado pela revista, Ezequiel Nascimento confirmou que a aeronave ficou à disposição do ministro e dos pedetistas do Maranhão, além de confirmar a presença de Adair Meira a bordo em voos entre os municípios. Nascimento confirmou ainda que Meira providenciou o avião para servir o ministro.

“O ministro Carlos Lupi cumpriu uma agenda oficial, usando um avião privado, pago por um dono de ONG que tem negócios com o Ministério. E, pior, um dono de ONG acusado de fraudar o próprio ministério”, resume a revista.

A Veja lembra que, ao prestar esclarecimentos ao Congresso, Lupi afirmou desconhecer Adair Meira. “Eu não tenho relação nenhuma, absolutamente nenhuma, com o – como é o nome? – seu Adair”, relatou a revista, sobre o depoimento de Lupi. Na sequência, o ministro emendou: “Posso ter e devo ter encontrado com ele em algum convênio público. Não sei onde ele mora.” Lupi também negou ter viajado em aeronave do empresário.

Duas ONGs do empresário – a Fundação Pró Cerrado e a Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi) – receberam do Ministério do Trabalho o selo Parceiros de Aprendizagem, no final do ano passado. A Procuradoria da República, lembra a revista, já pediu a devolução de recursos públicos embolsados pelas entidades e a CGU apontou várias irregularidades nos contratos.

Também procurado por Veja, Adair Meira negou ter voado no mesmo avião que o ministro ou ter alguma relação mais próxima a ele. Disse também que suas ONGs foram escolhidas pelo Ministério do Trabalho por competência.

A revista procurou ainda o deputado Weverton Rocha, do PDT, que confirmou que o avião foi alugado para atender à comitiva do ministro, mas ressaltou que as despesas – cerca de R$ 70 mil – foram pagas pelo partido, por meio do ex-governador falecido do Maranhão.


18 comentários

  1. is
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 13:27 hs

    “teriam estado a bordo”?

  2. Parreiras Rodrigues
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 14:21 hs

    Vamos parar com essa onde de denuncismo, gentem!

    Essa imprensa, a tal PIG, fica só “inventando” coisas.

    Tudo gente fina, que tá ai só prá ajudar o governo.

    Ajudar prá fazer o quê mesmo?

  3. Palpiteiro
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 14:30 hs

    E desde quando mentir é algo sério no Brasil? Os políticos mentem compulsivamente e sem qualquer pudor. Isso é bobagem. Ele vai cair por causa da Veja e não por causa de qualquer político, como os outros já caíram. Vai cair, porque no fundo estes sujeitos são como o João Ratào da dona Baratinha e cabam caindo na panela de feijão.

  4. OSSOBUCO
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 15:05 hs

    Francischini, de qual empresário é o helicóptero que o Richa voou em São paulo?

  5. VERDADE
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 15:05 hs

    Este Francischini deveria aproveitar todo esse entusiasmo e derrubar o Derosso!

  6. Eli Ribas
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 17:23 hs

    Não rara as vezes, os atos embora, não criminosos, são imorais.
    O tomador dos serviços, não observa que a oferta de privilégios está diretamente relacionada ao seu poder de discernir sobre o acolhimento da proposta de quem lhe oferece os benefícios.
    No dever de ofício, o Ministro teria que saber que os favores que lhe eram ofertados tinham uma intenção claramente a ser atingida.
    Portanto, independente de partido político absolutamente certo o DEP. FRANSCISCHINI…O MIN Lupi usou e abusou de sua condição de Min, a busca de benefícios pessoais e ou partidários

  7. Marcia
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 17:41 hs

    Ahhh… Entendi de onde ele tirou…

  8. tony
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 18:09 hs

    Deputado, não perca tempo chutando cachorro morto, o cara já tem até substituto escolhido. Ou não sabia disto? Se liga deputado, o cara só não saiu ainda, porque ficaria feio pra companheira chutar o cara agora, logo depois daquele beija mão mais do que ridículo protagonizado pelo cara. ACarlos

  9. OSSOBUCO
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 19:05 hs

    Poderia ir atrás do Derosso, seria mais fácil, já que são do mesmo partido.

  10. Divanir
    sábado, 12 de novembro de 2011 – 19:35 hs

    O osso é tão bom que o cara não quer largar. Crie vergonha nesta cara. tome atitudee se demita. Em pensar que tem gente neste blog que acha que a imprensa é que tem culpa.

  11. Ocimar
    domingo, 13 de novembro de 2011 – 8:08 hs

    Aí esta a prova,pt o desgoverno mais corrúPTo de toda a hitória do Brasil.

  12. antonio francisco da silva
    domingo, 13 de novembro de 2011 – 10:14 hs

    Bem o que franchiquini fez até agora? Quanto a mentira da revuista não veja Ele já respondeu,,no seu site,inclusive com foto e bilhete.Sé que a verdaade lhe interessa.

  13. Vigilante do Portão
    domingo, 13 de novembro de 2011 – 12:39 hs

    Antonio Francisco, você está atrasado,

    Lupi, não só confirmou a CARONA, como tentou colocar a culpa no PARTIDO:

    Disse ele:

    ….Quem providenciou o transporte foi o PDT….

    Logo, o PDT é culpado.

    Então, teje preso.

    Lembrando, Lupi é presidente licenciado do PDT,

    Aliás, só está licenciado por der ministro.

  14. Kacetada
    domingo, 13 de novembro de 2011 – 15:05 hs

    Não basta derrubar, tem de prender meu caro Delegado Francisquini. Vai em frente…

  15. antonio francisco da silva
    domingo, 13 de novembro de 2011 – 15:17 hs

    meu caro fabio,muito cuidado om os moralistas.:1) Francischini não explicou ainda o resultado da “secretaria de anti-dorga” queo promoveu, e não serviu para nada.Só para promoção pessoal;2) Jarbas Vaconcelos um dos grandes moralista da oposição aposentou-se como prucarador a Alepe sem nunca ter exercido essa função ou prestado concurso;3)Ophi Cavalcanti o homem das machas anti-corrupção está nas manxchertes de hoje.deverá devolver oas cofres publicos do pará 1,50milhão da bufunfa publica

  16. OSSOBUCO
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 1:23 hs

    Isso mesmo Ocimar, o PSDB sempre foi e continua sendo o partido mais corrupto do Brasil, no dia em que conseguir explicar o que fez com o dinheiro das privatizações, o porque de ter ajudado o Cacciola e os escândalos do PROER, e mesmo assim ter pedido dinheiro ao FMI por 3 vezes durante o desgoverno do FHC, ufa, a gente conversa

  17. OSSOBUCO
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 13:41 hs

    Poderia investigar também o filho do FHC. Fico imaginando o que teria acontecido se Lula tivesse feito em relação ao seu filho o que fez o antecessor em relação ao dele, enquanto ambos governavam…

    Em 1996, Paulo Henrique Cardoso era casado com a filha do dono do Banco Nacional, cuja falência foi evitada por medida provisória editada pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso. Aquela medida tornou possível a venda de parte boa do Banco Nacional para o Unibanco. A parte podre — de seis bilhões de dólares — ficou para o governo pagar. Este blogueiro se cansou de ler editoriais do Estadão defendendo a negociata.

    Em 2000, dois anos antes de deixar o poder, FHC autorizou financiamento do seu governo à empresa do próprio filho, Paulo Henrique Cardoso, para montar o pavilhão brasileiro na Expo 2000 na Alemanha, na cidade de Hannover. Foram doados pelo governo federal, então, 14 milhões de reais. O Tribunal de Contas da União e o Ministério Público Federal chiaram, inclusive. A imprensa, porém, deu algumas raras reportagens sobre o caso e nunca mais tocou no assunto, sobretudo depois que FHC deixou o poder.

    A boa e velha hipocrisia da mídia dirá que tudo isso aconteceu faz tempo e tentará convencer os incautos de que naquela época foi feito um barulho sequer parecido com o que se faz hoje sob meras especulações e não sob fatos concretos como aqueles que pesavam sobre o filho do ex-presidente tucano.

  18. Mirian Waleska
    quarta-feira, 16 de novembro de 2011 – 1:01 hs

    OSSOBUCO,

    OLHA O FÓCO, NÃO MUDA O FÓCO.

    Que mania essa de todo corrupto desmascarado, dizer que tudo é culpa da mídia, pobre de nós que passamos o dia buscando fatos, relatando noticias, que culpa temos se o PT e seus atos de corrupção ocupam todas as nossas páginas?
    Só pra manter meus leitores informados quanto ao BBB governo Dilma e seus eliminados, precisei aumentar quatro páginas no jornal, caso contrário minha pauta se resumiria em relatos da corrupção dentro do governo PT, e de vez em quando precisamos publicar coisas de outros segmentos.
    OSSOBUCO, tenha certeza, nunca houve nesse país um governo mais hilário que esse que começou com o relapso Lula e culminou com a conivente Dilma. Sinto-me num enorme picadeiro onde todos somos expectadores da maior palhaçada nacional já apresentada.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*