Folha flagra a Cequipel, das tvs laranjas, em nova licitação suspeita | Fábio Campana

Folha flagra a Cequipel, das tvs laranjas, em nova licitação suspeita

Lembram da Cequipel? Aquela empresa que ganhou notoriedade no escândalo das TVs laranjas compradas no governo Requião e denunciada pelo Deputado Valdir Rossoni como ilegal e imoral, pois agora ela está envolvida em novo escândalo denunciado hoje pela Folha de São Paulo. É o que segue:

O programa Rede Cegonha –uma das principais promessas de campanha da presidente Dilma Rousseff para a saúde– teve licitação considerada suspeita pela Justiça Federal, que decidiu suspender a assinatura do contrato com a empresa escolhida.

A informação está na reportagem de Breno Costa publicada na Folha desta segunda.

Empresas derrotadas apontaram indícios de conluio entre a vencedora e a segunda colocada no pregão eletrônico feito pelo Ministério da Saúde para adquirir 1 milhão de kits com trocador de fraldas e bolsa para carregar utensílios de bebês.

O ministério e a empresa vencedora negam irregularidades.


10 comentários

  1. Deutsch
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 12:23 hs

    E a presidANTA diz que combate a corrupção? Imaginem quanto$$$$$$$ tá rolando pro cofre do pt.

  2. Celso lisboeta
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 12:28 hs

    E foi doadora da campanha eleitoral de Roberto Requião nos registros do TSE e TRE.

  3. VLemainski - Cascavel
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 14:46 hs

    Essa empresa Giro não é a mesma que aprontou com os uniformes escolares em Cascavel?…

  4. ANTI-OSSOBUCO
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 15:00 hs

    Essa empresa Giro é a mesma que está fazendo maracutaia aqui em Cascavel, ganharam a licitação pra fazer uniformes escolares, mas quem fabrica esses uniformes é a empresa que ficou na segunda colocação. A PF e o MP estão investigando, agora tem mais uma licitação fraudulenta. Tem que haver uma denuncia pra acabar com esses esquemas e a consequente eliminação das empresas de participar de licitações.

  5. OSSOBUCO
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 16:25 hs

    Quem bom que a PF do governo petista hoje investiga qualquer denúncia, bem diferente dos tempos do FHC. pena que não podem investigar o Derosso, senão o tucano já estaria sem pena.

  6. Zangado
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 18:11 hs

    Ora, é só pegar certidões negativas do poder executivo, legislativo, judiciário, tribunal de contas e ministério público do Paraná que nada acusaram da empresa e tocar para frente …

  7. Deutsch
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 18:27 hs

    A PF do governo petista faz de conta que investiga, ma$ no final tudo acaba em pizzas$$$$$$. E dá-lhe dinheiro entrando no cofre do lula e da presidANTA.

  8. Giro liro La
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 18:53 hs

    Essa empresa GIRO aprontou em Cascavel, Colombo e São josé dos Pinhais e agora tem um UPGRADE federal

  9. Junocka
    segunda-feira, 14 de novembro de 2011 – 18:58 hs

    QUEM ACREDITA EM CEGONHA?

  10. Marcio
    sábado, 4 de junho de 2016 – 12:12 hs

    Isto é apenas a ponta do novelo. Empresa corrupta e acostumada a propinas em todas as esferas do poder público,. Uma vergonha a educação do Brasil tão carente de recurso. Ministério público pode e deve fazer uma devassa nos contratos. Quase todos com elevado sobrepreço. Cadeia aos responsáveis.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*