Tiros no Terminal Guadalupe provocam pânico e correria | Fábio Campana

Tiros no Terminal Guadalupe provocam pânico e correria

Segurança foi baleado com 4 tiros.

De Marcelo Borges da Banda B:

Um segurança foi baleado com quatro tiros, na madrugada desta quinta-feira (27), no terminal de ônibus Guadalupe, no centro de Curitiba. João Maria de Oliveira Filho, de 36 anos, e uma mulher deixaram um bar na área central por volta das 2h30, quando foram seguidos por um homem, identificado apenas como “Adriano”. O indivíduo teria tentado assaltar o segurança e acabou acertando a vítima com quatro disparos. Houve correria na hora dos tiros e pessoas que passavam pelo local se jogaram no chão com medo dos tiros.

João Maria ainda conseguiu correr por aproximadamente duas quadras. Ele pediu socorro na Fundação de Ação Social (FAS), localizada na Rua Conselheiro Laurindo. O segurança do terminal, Jhonatan Aires, relembra que ouviu os estampidos e logo em seguida observou várias pessoas correndo por todos os lados.

“Escutei cinco tiros e de repente o rapaz chegou correndo aqui, baleado. Saímos atrás do autor, mas não conseguimos encontrá-lo. Segundo informações, a vítima também é segurança”, afirmou Aires, que também se mostrou surpreso com o fato do segurança baleado ter conseguido correr atrás de socorro, mesmo ferido.

“Ele conseguiu correr umas duas quadras, mesmo tendo levado quatro tiros. É surpreendente”, completou o segurança do terminal.

Rosilene Souza, que se identificou como namorada da vítima testemunhou o fato e contou o que viu à reportagem Banda B.

“O homem falou que era um assalto e saiu batendo nos meninos que estavam por ali. Um dos meninos reconheceu o assaltante e falava: por que você está fazendo isso, Adriano? E o rapaz respondia que não estava nem aí, que estava assaltando. Foi quando ele pegou a arma e começou a atirar, acertando o João”, declarou a suposta namorada.

Com três tiros no peito e um na perna, a vítima foi socorrida e transportada, entre a vida e a morte, ao Hospital Evangélico. João Maria mora em Fazenda Rio Grande e Rosilene em Pinhais.


Um comentário

  1. anonimo
    quinta-feira, 27 de outubro de 2011 – 10:51 hs

    A presidente poderia aproveitar o embalo e extinguir este ministério…seria uma economia e tanto.

    Poderia ser substituído por uma Secretaria dom no máximo 10 funcionários e mesmo assim acho que seria prejuízo…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*