Pelé recusa convite para o Esporte | Fábio Campana

Pelé recusa convite para o Esporte

Do Poder Online

O jornalista Juca Kfouri, amigo de Pelé, postou ontem a noite em seu blog que o ex-ministro foi sondado para substituir Orlando Silva no Ministério do Esporte e recusou.

Pelé foi cogitado para assumir o cargo, como revelou o vice-presidente Michel Temer, em conversa com acadêmicos, hoje em almoço, conformou antecipou Poder Online.

Em 1994, lembre-se, Pelé aceitou o convite de Fernando Henrique Cardoso para assumir o Ministério do Esporte – criado para ele – no apartamento de Kfouri, em São Paulo.


9 comentários

  1. OSSOBUCO
    sábado, 22 de outubro de 2011 – 14:24 hs

    mINTCHURA, pELÉNEM FOI CONVIDADO. oRLANDO PERMANECE MINISTRO PORQUE AS DENÚNCIAS SÃO FALSA E FEITAS POR UM CRIMINOSO, MAS A IMPRENSA GOLPISTA DEFENDE BANDIDO.

  2. Anônimo
    sábado, 22 de outubro de 2011 – 15:14 hs

    O Pele que aceite e volte limpar a lambanca que ele fez quando foi ministro. A lei Pele foi e e a falencia do futebol brasileiro. Criou uma lei que beneficiou apenas empresarios e atravessadores, sem contar que a epoca e hj ainda ele e empresario.

  3. OSSOBUCO
    sábado, 22 de outubro de 2011 – 15:16 hs

    Este país ainda não se civilizou suficientemente. Temos uma imprensa corrupta até o âmago, capaz de anunciar a demissão desonrosa de um cidadão e ministro de Estado com base em nada além da própria vontade, na certeza de que seria “obedecida”. E ainda insinuando que a presidente da República mentira ao dizer que demissão não haveria.

    Um país não progride com uma imprensa tão corrupta e irresponsável que se porta como militante política, que inventa notícias, que inventa denúncias, que difama sem provas, que esconde e distorce fatos, e com instituições e homens públicos covardes, incapazes de se indignar e de defender a verdade e a justiça.

    Neste sábado o país ainda tem pela frente nova armação da Veja, que promete para hoje, finalmente, provas que prometera apresentar na última segunda-feira e que até agora ninguém sabe, ninguém viu. Em seguida, nova onda de “notícias” sobre nova demissão “garantida” do ministro, pouco importando o que diga a chefe do Poder Executivo, a única que pode demitir alguém no governo federal.

  4. Murilo Álvaro Viezzer
    sábado, 22 de outubro de 2011 – 15:18 hs

    Pelé é um senhor de 71 anos de idade que teve muito sucesso na vida, e na velhice toda pessoa tem o direito de apenas viver, com certeza ele deve ter muitos netos, e pode aproveitar com eles o que não podia com os filhos, pois era um jogador que viajava o mundo o tempo todo…

  5. walter
    sábado, 22 de outubro de 2011 – 19:30 hs

    sem contar que é falso, homofóbico, racista, não reconheceu uma filha legítima, e que acabou morrendo de cancer sem ter qquer ajuda dele

  6. Luiz Flavio
    sábado, 22 de outubro de 2011 – 20:02 hs

    Um lampejo de sanidade do senil afro descendente, graças a DEUS.
    Chega de tranqueira nesse governo.
    Lembrei de um fato em que o afro descendente foi convidado para agitar bandeira quadriculada ao vencedor de uma gorrida na F1, mas ficou conversando e perdeu a hora.

  7. Borrachada
    sábado, 22 de outubro de 2011 – 21:25 hs

    Se nao fosse a Imprensa, os canalhas de plantao e seus sicarios estariam bem mais a vontade nao é?
    Dai os ataques ao setor que denuncia e que praticamente tornou-se a unica voz com algum poder para manifestar a indignaçao de ver tanta barbaridade transformar-se em rotina.
    E os incomodados continuam latindo….contrariados em seus interesses!
    CANALHAS !
    Perderam tanto a vergonha que nem se incomodam em ser explicitos na defesa de tanta sujeira.
    Olho nestes bòstas, pois o projeto de cubanizaçao ( e outras geografias anàlogas) do Brasil è cada vez mais explicito.

  8. OSSOBUCO
    domingo, 23 de outubro de 2011 – 11:38 hs

    Ilegal, imoral é o que esses jornalistas da Folha de São Paulo, da Veja, do Estadão Globo, recebem do governo de São Paulo para blindar o governo tucano que lhes paga as contas. São contratos milionários com o governo tucano para colocar esses jornais e revistas nas salas de aula das escolas paulistas.
    Ninguém sabe, por exemplo, que a íntegra, ética e correta Eliane cantanhede da Folha, é mulher do marketeiro do PSDB.
    Gostaria de ver novamente a lei do direito de resposta, pois assim a imprensa perderia a licença para matr impunemente.

  9. Cajucy
    domingo, 23 de outubro de 2011 – 13:14 hs

    Pelé está certo em não colocar o seu nome nessa ratoeira em que se tornou o Ministério do Esporte, cujo esporte predileto é surrupiar dinheiro público para interesses de vivaldinos sem qualquer responsabilidade com o país. Como, aliás, tem ficado demonstrado em inúmeras ocorrências já registradas e abafadas até então.

    Desde 2008 a bandalheira está grande naquele ministério. Deram muita corda para essa gente se inforcar. Resta saber se vão devolver alguma coisa.

    O próprio Ministério do Esporte diz que os tais larápios têm que devolver nada menos do que R$ 50 MILHÕES! Sabe quando que esse dinheiro vai voltar para os cofres públicos? Quando galinha criar dente, como diria vovó.

    É preciso provar os desfalques e colocar essa gente na cadeira. Só assim, quem sabe, poderá se moralizar o serviço público que anda cada dia pior para o cidadão pagador de imposto e a roubalheira em estado crescente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*