O inimputável Requião | Fábio Campana

O inimputável Requião


Por Lauro Jardim da Veja:

Marco Aurélio Mello decidiu arquivar um inquérito contra Roberto Requião por causa de uma das sempre polêmicas declarações. O Ministério Público acusava-o de calúnia por ter afirmado, durante um debate em uma rádio paranaense em 2002, que Alvaro Dias seria beneficiário de um esquema de corrupção na prefeitura de Maringá e teria recebido doações de caixa dois para financiar sua campanha. Naquela eleição, Requião venceu Dias na corrida ao governo estadual.

Requião beneficiou-se de uma prerrogativa de quando era governador e da atual idade. Quando comandava o estado, a Assembleia Legislativa paranaense não autorizou o STJ a processá-lo. Em março, o hoje senador completou setenta anos, o que abreviou pela metade o prazo para a prescrição do crime. Marco Aurélio arquivou o caso por ele ter prescrito com o O.K. do Ministério Público.


8 comentários

  1. Zangado
    segunda-feira, 17 de outubro de 2011 – 11:47 hs

    Bobão Req – o coroa malucão !

  2. Inaceitável
    segunda-feira, 17 de outubro de 2011 – 11:59 hs

    Esse sujeito mente discaradamente para ganhar o poder. Mentiu para vencer o José Richa, mentiu pra vencer Alváro Dias e mentiu para vencer Osmar dias, além de usar a máquina admistrativa. E o povo infelizmente não percebe.

  3. VLemainski -Cascavel-PR
    segunda-feira, 17 de outubro de 2011 – 13:15 hs

    Que vergonha….

  4. segunda-feira, 17 de outubro de 2011 – 16:11 hs

    Espero que ele continue mentindo,so assim teremos um governante honesto.

  5. Luciana
    segunda-feira, 17 de outubro de 2011 – 18:47 hs

    Esse cara é uma fraude completa: discurseiro, nunca trabalhou na vida, é mentiroso, incompetente (só quem trabalha no Governo do Estado sabe a extensão dessa incompetência), inconsequente, bravateiro e a julgar pelo escândalo no Porto, também não é sério, como sempre propagandeou. Contudo, foi eleito 3 vezes governador deste Estado de gente trabalhadora, o que me leva a concordar com Pelé: o povo não sabe votar. Minha esperança que ele desapareça no Senado e nunca mais volte ao Paraná, nem a passeio. Assim nos livramos de sua presença, sua voz, suas gracinhas e ironias , e principalmente, de sua pouca ou nenhuma prática. Que os eleitores nas próximas eleições pesquisem a vida pregressa dos candidatos para evitarmos eleições de farsantes como Requião, Lulla, etc…Chega de discurso, queremos governantes competentes e honestos!

  6. ocimar
    terça-feira, 18 de outubro de 2011 – 9:14 hs

    O ministro também tem mello no sobrenome,sera coincidência.

  7. Euclides
    terça-feira, 18 de outubro de 2011 – 9:32 hs

    OU SEJA: REQUIÃO VENCEU ALVARO MAIS UMA VEZ. ROTINA.

  8. Bruno Herondy Kosemba
    terça-feira, 18 de outubro de 2011 – 12:12 hs

    Luciana voce acha esse governo do PR ,bom?
    Ate agora não vi nada.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*