Juiz deve ser investigado no seu Estado, diz Peluso | Fábio Campana

Juiz deve ser investigado no seu Estado, diz Peluso

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Cezar Peluso, quer que o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) priorize a fiscalização de corregedorias locais. Para ele, os órgãos de investigação internos dos tribunais locais são ineficientes e o CNJ poderia atuar para resolver o problema.

Segundo Peluso, o CNJ pode investigar juízes individualmente, mas deve dar mais atenção às corregedorias. O Conselho, de acordo com o ministro, não deve atuar em todos os casos porque essa ampla atuação tornaria as corregedorias locais ainda mais ineficientes. A entrevista completa de Peluso está na Folha de S. Paulo de hoje.


3 comentários

  1. Lorena Meyers
    domingo, 2 de outubro de 2011 – 21:43 hs

    “…os órgãos de investigação internos dos tribunais locais são ineficientes” diz ele;
    Acho que a palavra mais adequada não é bem “ineficientes”.
    Por conseguinte, não tem conserto.

  2. Fernando José Santilio
    segunda-feira, 3 de outubro de 2011 – 14:48 hs

    Esse cara é bricalhão, primeiro quer eliminar os recursos ao STJ e STF, agora vem com essa, tá de gozação com o povo, se manca nobre Ministro, as Corregdorias Estaduais são orgãos, ineficientes, incapazes, incompetentes…não punem ninguém, deixa o CNJ fazer o vem fazendo de forma maravilhosa. Fernando Santilio

  3. Governante Itinerante
    segunda-feira, 3 de outubro de 2011 – 15:23 hs

    Só uma palavra para esse causídico: picareta!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*