Feriado em homenagem a negros causa polêmica na Assembleia | Fábio Campana

Feriado em homenagem a negros causa polêmica na Assembleia

Do Blog Caixa Zero

A Assembleia desistiu de votar nesta segunda-feira o projeto que cria o feriado do Dia da Consciência Negra no Paraná. Se fosse aprovado, o Paraná teria feriado anualmente em 20 de novembro.

O clima era de polêmica antes da votação. O deputado Reinhold Stephanes Jr. (PMDB) disse que o autor da proposta, Professor Lemos (PT), estava fazendo os deputados passarem “por um constrangimento”.

O deputado Ademar Traiano (PSDB), líder do governo Richa na Assembleia, disse que o projeto dava margem para que outras etnias também pedissem seus próprios feriados.

No fim das contas, o projeto acabou não sendo votado por um erro de digitação. O relator do projeto, Evandro Júnior (PSDB), apesar de defender que o projeto é legal, escreveu a palavra “ilegalidade” no seu parecer.

O projeto, com isso, foi adiado por cinco sessões.


13 comentários

  1. Joao Carlos
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 15:41 hs

    Chega de feriado o que e isso…O que falta agora pra ser feriado o dia da consciencia da polaca do albino…Nao tem o que fazer p melhorar a nossa populacao ficam brincando de projetos demagogos..

  2. Kacetada
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 16:18 hs

    E o dia da consciência índia, da branca, da amarela, gay, etc., não haverá? Parem com essas bobagens. Não tem mais o que fazer naquela Assembléia?

  3. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 16:24 hs

    É, a consciência negra pode muito bem ser comemorada paralelamente ao dia consagrado à Lei Áurea, aliás, derivada mais de interesses comerciais que da magnanimidade do coração duma princesa.

    A atuação do Zumbi junto aos quilombolas de Palmares também é muito discutida por estudiosos, afinal, como disse Henfil: “A História é contada por alguém que não estava lá”.

  4. antonio francisco da silva
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 16:36 hs

    A manchete já é por si racista,não é homenagem a “negros”.trata-se do dia da consciencia negra,como já acontece em diversos estados mt por exemplo.Quanto a Stefanes junior desconheço uma posição em pro- de causas populares,pois ele é da elite refinada,portanto seria surpresa se ele apoiar-se

  5. José Andrade
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 16:43 hs

    Negro não precisa de dia, precisa é que nas empresas ele tenha as mesmas chances que o branco…

  6. Falcão
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 16:43 hs

    Quanta invencionice, meu Deus. O nobre deputado não teria assunto mais importante com que se ocupar? Que tal instituir o dia das vítimas de acidentes de trânsito, das mulheres espancadas, dos homossexuais assassinados, das vítimas dos governos corruptos (todos nós) etc.etc. Aliás, dizem os historiadores que escrevem a real história do Brasil colônia, e pós colônia, que o próprio Zumbi dos Palmares utilizava trabalho escravo em seu arraial.

  7. VLemainski -Cascavel-PR
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 17:01 hs

    Para o professor Lemos, cada dia de feriado é como outro qualquer. Afinal, como professor ou deputado no final do mês o dele está no banco. Para quem depende do salário diário ou semanal, ou para quem é obrigado a pagar salários ou arcar com toda essa carga tributária, cada feirado é um dia perdido. Já temos anualmente cerca de trinta. Chega de feriados.

  8. xereta
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 17:18 hs

    Sim, depois cria um feriado para os japoneses, ucranianos, alemães, neozelandeses, havaianos… E depois cria o dia do deputado que não tem o que fazer.

  9. Noca Mello
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 17:25 hs

    Estive ontem na assembleia e vi o discurso do Dep. Stephanes junior, o que ele quiz dizer é que não se cria um feriado por qualquer tipo de assunto, apesar de ser uma causa muito justa e que além disso foi ele quem criou a lei municipal do dia da consciencia negra e que o Prof. Lemos leva as pessoas no plenário para fazer média e constrangir os deputados.

  10. Marco
    terça-feira, 25 de outubro de 2011 – 19:10 hs

    Engraçado sou ateu e respeito os inúmeros feriados santos neste país. Todo mundo justifica que é pra refletir. Acho que o dia da Consciência Negra deveri ser feriado pra uma grande reflexão desse país preconceituoso. Pq carnaval é feriado ?

  11. Romulo
    quarta-feira, 26 de outubro de 2011 – 0:44 hs

    Feriado também para brancos, amarelos, mamelucos, índios, vai faltar dias no calendário anual para tanto feriado.

  12. SERGIO
    quarta-feira, 26 de outubro de 2011 – 8:30 hs

    SOU NEGRO, E NO 13 DE MAIO PASSO POR GOZAÇÕES COMO, HJ É COMEMORADO DIA Q VCS FORAM LIBERTADOS…MAS A PRINCESA ISABEL ESCREVEU A LAPIS E HJ EXISTE BORRACHA.
    CRIANDO ESTE FERIADO SERÁ MAIS UM DIA DE GOZAÇÕES, ALÉM DE NOS SENTIR INFERIOR, NOS NEGRO NÃO PRECISAMOS DISSO.
    O DEPUTADO DEVERIA SOLICITAR OUTRAS PROJETOS Q SERVERIA PARA TODOS, SE ACHA Q VAI FAZER MÉDIA COM OS NEGROS ESTÁ COMPLETAMENTE ENGANADO.

  13. quarta-feira, 26 de outubro de 2011 – 9:35 hs

    O PT é mestre em dividir para conquistar. Essa questão racial, foi posta em pauta perante a sociedade brasileira para que os PeTralhas angariassem votos dos negros. O espertalhão do deputado petista quer afagar o ego dos negros para ganhar voto deles. É tudo para se manter no “puder” e dele se locupletar!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*