E no cordão dos puxa-sacos… | Fábio Campana

E no cordão dos puxa-sacos…

Roberto Requião em seu twitter responde com ironia a Verri, que parabenizou Lula pelo seu aniversário:

@enioverript @presidente_lula

@requiaopmdb: O saco do chefe é o corrimão do sucesso. Parabéns também.


2 comentários

  1. Ernesto
    quinta-feira, 27 de outubro de 2011 – 17:11 hs

    Hoje, no Valor Econômico, Larry Summers, ex-secretário do Tesouro americano, diz que “o Brasil é um país com potencial de crescimento assombroso, que não lembra de modo nenhum o país que há pouco mais de uma década enfrentava sérias dificuldades financeiras”.

    Diz a matéria:

    “Summers lembrou que, em 1999, quando negociava com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e seus “bons amigos” Pedro Malan (então ministro da Fazenda) e Armínio Fraga (então presidente do Banco Central) para ajudar o Brasil a sair de uma crise, seria inimaginável pensar que, 12 anos depois, o Brasil “conseguiria acessar o mercado internacional em condições melhores não apenas que Grécia, Portugal, Espanha e Bélgica, mas também França”.

    Não era inimaginável, Mr. Summers, apenas não se queria imaginar isso. O Brasil, na cabeça de seus “bons amigos” era aquela coisinha miúda, que botava uma roupinha imitando as da corte e entrava ali, “limpando os pé” e se portando direitinho, dizendo que faria tudo “direitinho”, para os “moço tratá nóis bem”.

  2. tony
    quinta-feira, 27 de outubro de 2011 – 20:47 hs

    Indignado avisa: não cutuque a onça com vara curta, RR, você pode se dar muito mal. E você falando de puxa-sacos, já se esqueceu daquela escolinha, a tal terça insana? Já perdeu a memória véio? porque lá toda terça-feira era aquela babação de ovo sem igual neste País. E você falando de puxação de saco.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*