Assis do Couto sai do PT e entra no PSD | Fábio Campana

Assis do Couto sai do PT e entra no PSD

O deputado Assis do Couto sai do PT e entra no PSD dos deputados Eduardo Sciarra e Ney Leprevost. Ou seja, vai para o projeto oposto. E pode ser candidato a prefeito em Francisco Beltrão. No PT já não tinha espaço, que na região é todo da deputada Luciana Rafagnin.


11 comentários

  1. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 20 de outubro de 2011 – 20:30 hs

    Parabens, sábia decisão.

    PT, O CÂNCER DO BRASIL

  2. Alan Manuel
    quinta-feira, 20 de outubro de 2011 – 21:36 hs

    vai tarde, apenas mostrou quem de fato é

  3. Andre
    quinta-feira, 20 de outubro de 2011 – 22:45 hs

    Certeza???
    Há 15 dias disse que sairia, após pressão da bancada do PT, voltou atrás…
    Não é que não tenha espaço no PT, é que ele nao respeita o Partido e as decisões partidárias.

    Acha que esta acima do Partido e dos seus companheiros.

    Investiguem a Consultoria Delta no Sudoeste,…. urgente!!!

    Agora ele foi pro lugar certo. Traiu faz tempo os agricultores familiares q tanto ajudaram a ele se eleger.

  4. João pedro
    quinta-feira, 20 de outubro de 2011 – 23:02 hs

    Um a menos petista de faz de conta… Em geral os que saem do PT se dão mal e’ o que eu penso que vai acontecer…

  5. quinta-feira, 20 de outubro de 2011 – 23:19 hs

    Nunca esteve no PT. Agora vai estar se sentindo em casa, no PSD, partido que segundo o seu guru e fundador Kassab, “não é de direita, não é de esquerda e nem é de centro”, aliás, muito pelo contrário.

  6. Beltronense
    sexta-feira, 21 de outubro de 2011 – 0:16 hs

    Assis não ganha nem eleição para sindico em beltrão

  7. Rafael
    sexta-feira, 21 de outubro de 2011 – 8:26 hs

    PSD tem projeto oposto? kkkk!!! Tudo a mesma laia: PT=PSDB=PMDB=PSD

  8. sexta-feira, 21 de outubro de 2011 – 9:14 hs

    Nota esclarecedora: inicialmente ficamos sabendo da existência deste deputado; em seguida somos informados de que ele sai do partido do mensalão, o que equivale a sair da adolescência, e vai para o PSD, partido que teria um projeto oposto ao PT.
    Resta saber qual é o projeto do PSD.

  9. Valter Bianchini
    sexta-feira, 21 de outubro de 2011 – 13:44 hs

    Cofirmada a decisão, perde o PT um lider da agricultura familiar no Congresso. Perde mais ainda o Deputado Assis do Couto que não tem nada haver com o PSD, com sua identidade partidária e com o que pensa suas lideranças. Cresce a desilusão do eleitorado, e no caso dos agricultores familiares e de suas organizações, com o nosso confuso quadro partidário e por consequencia com boa parte da nossa classe politica.

  10. Valter Bianchini
    sexta-feira, 21 de outubro de 2011 – 15:14 hs

    O deputado Assis do Couto confirma descontentamento com decisões do PT mas não saíu do partido.Decisão mais prudente para a carreira do deputado e para as expectativas que a agricultura familiar e suas organizações tem em relação a ele.

  11. FLAVIO MEDEIROS
    sexta-feira, 21 de outubro de 2011 – 23:27 hs

    Este foi mais um dos “factóides” em torno da sucessão municipal de Francisco Beltrão, muito bem desmentida pelo competente deputado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*