Assassinado ex-secretário Paolicchi em Maringá | Fábio Campana

Assassinado ex-secretário Paolicchi em Maringá

Encontrado há pouco o corpo do ex-secretário Luiz Antonio Paolicchi no porta-malas de um carro em Maringá. A primeira hipótese da polícia e da imprensa é a de queima de arquivo. A segunda é vingança. Paolicchi foi denunciado por corrupção, desvio de dinheiro público e venda de privilégios à época em que era Secretário da Fazenda. Foi preso, teria negociado delação premiada e esconderia ainda segredos que afligiam políticos e empresários de alto coturno da região.

As informações são do repórter Agnaldo Vieira, do Maringá Manchete. A polícia já tinha conhecimento que o ex-secretário e o carro estavam desaparecidos há algum tempo.


9 comentários

  1. Fe/Brasil
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 – 6:28 hs

    Isso é coisa mandada, morte encomendada, queima de arquivo. Os tubarões do crime estão se auto-liquidando. O morto sabia de tudo e mais um pouco… sabia.

  2. Gasparzinho
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 – 8:06 hs

    Cada um faz sua estória e fim !

  3. david santos
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 – 8:30 hs

    não se poderia, por ventura, incluir a hipótese de crime passional no assassinato do ex-secretário? A pensar, “cherchez la femme” ou “cherchez …”

  4. Wilmar
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 – 8:54 hs

    A fumaça da queima está se espalhando. Para alivio de muitos.

  5. Osiris Duarte de Curityba
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 – 9:17 hs

    SECRETÁRIO DA FAZENDA EM MARINGÁ …???

  6. o curitibano
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 – 9:29 hs

    O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA ADVERTE,

    CORRUPÇÃO FAZ MAU A SAUDE……….

  7. Diogo de Almeida
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 – 10:31 hs

    Acredito que este crime seja realmente queima de arquivo. Sou contra a delação premiada, pois o “delator” (que nao passa de chantagista e criminoso) negocia sua pena em troca de informações nem sempre verdadeiras. Mas ao que tudo indica, dessa vez ele “atingiu” alguem….Cabe a policia, não só achar o executor, mas o mandante, e depois disso, ao MPF investigar as informações do ex secretario, para punir todos aqueles que ja “roubaram” do nosso dinheiro! É fato que muitos politicos da Região, tem rabo preso. Inclusive alguns bem conhecidos dentro de Curitiba. Ta na hora da casa desses “coronéis” cairem. Ferrem se se são deputados, prefeitos, juizes, conselheiros….Não podemos mais ficar na mão dessa laia!

  8. JOSÉ SILVA
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 – 12:03 hs

    Os corruptos são como ratos. Mata-se um mas aparece mais 100 para substituir.

  9. anonimo
    sexta-feira, 28 de outubro de 2011 – 12:46 hs

    Pode ter sido queima de arquivo, mas os beneficiários não serão atingidos, já se passaram mais de 10 anos e aí não condenam mais ninguém, aliás nem seriam condenados……….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*