Veneri diz que executivo tem obrigação de enviar documentos | Fábio Campana

Veneri diz que executivo tem obrigação de enviar documentos

O secretário de Controle Interno do governo estadual, Mauro Munhoz, ficou toda a manhã de terça aguardando a presença do deputado Tadeu Veneri para retirada dos documentos requeridos pelo parlamentar com explicações sobre compras do governo. Veneri não apareceu e não deu satisfação.

Hoje, via twitter, o deputado alega que é dever do Executivo entregar os documentos aos deputados. “Executivo tem a obrigação constitucional de remeter os documentos públicos aos deputados que solicitarem informações”.


7 comentários

  1. EU
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 20:14 hs

    Veneri, pegue um carrinho de mão ou um de mercado e vá lá buscar os documentos.

  2. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 20:33 hs

    Engano do Deputado,

    É obrigação DISPONIBILIZAR os documentos.

    O governo DISPONIBILIZOU os ORINAIS, basta que o Deputado consulte.

    Simples.

    O Resto é coisa de incompetente, querendo aparecer na mídia.

  3. Revoltado
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 21:26 hs

    Ele tem razão!

  4. Deutsch
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 21:43 hs

    Esse Tadeu venérea é um mala mesmo. Esse petista lazarento só quer arrumar confusão. Porque é que ele não vai analsar os documentos que estão à disposição?Ele quer que o governo gaste em milhares de cópias pra ele nem olhar? É a cria perfeita do luladrão e da dilmentira.

  5. ivanowski
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 23:19 hs

    . KDÊ meus comentários …

    . E tem OBRIGAÇÀO MESMO

  6. Lídio de Paula
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 23:27 hs

    Esse Veneri deve pendurar uma melancia no pescoço e explicar os gastos do gabinete sem nota fiscal. Se faz de sério. Ora! Quem não te conhece que te compre…

  7. ivanowski
    sexta-feira, 2 de setembro de 2011 – 10:01 hs

    . CERTÍSSIMO o Deputado.

    . Principal função do Legislativo é fiscalizar …

    . Coisa mto ‘rara’, nestes últimos anos …

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*