PT identifica a causa de todos os seus males: a mídia | Fábio Campana

PT identifica a causa de todos os seus males:
a mídia


Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Do Blog do Josias de Souza

Inaugurado nesta sexta, o Congresso Nacional do PT foi programado para durar três dias. Desperdício de tempo.

Já na abertura encontro, na noite desta sexta, o partido identificou a causa de todos os seus males: a imprensa.

As estrelas da noite deveriam ter sido Lula e Dilma e José Dirceu. Porém…

…Porém, o companheiro José Dirceu roubou (ops!) a cena. Foi aclamado aos gritos: “Dirceu, guerreiro/do povo brasileiro.” Não havia povo no ambiente. Apenas militantes.

Discursaram Rui Falcão, Lula e Dilma. Os três inflamaram-se contra a mídia. Um bateu, outro jogou gasolina e a última riscou o fósforo.

O presidente do PT acusou a “imprensa marrom” de “caluniar, injuriar ou difamar” políticos petistas.

O ex-soberano declarou-se vítima de “mentiras” dos jornais. Citou notícia sobre o apoio que teria dado a uma moção de desagravo ao companheiro Dirceu.

“É mentira, porque não eu disse isso. Mas já que estou aqui, vou dar o meu aval [à moção]. Não é possível que essas pessoas escrevam tanta mentira.”

A pupila disse enxergar na imprensa uma “tentativa solerte” de distanciá-la de seu patrono, insinuando que recebeu dele “uma herança que não é bendita.”

Defendeu Lula do noticiário que o aponta como complacente com a corrupção.

Por pouco não atribuiu à mídia os atos de nomeação e de recondução dos benditos Alfredo Nacimento e Wagner Rossi.

Espremendo-se o que foi dito, verifica-se: o petismo é uma espécie de costureiro que, quando a roupa fica feia, põe defeito na vitrine.

Para resolver os seus problemas, a legenda defende o controle social da vidraça que expõe sua mercadoria.

Rui Falcão retirou da caixa de agulhas uma dessas ideias que, embora nunca usadas, jamais enferrujam:

“O PT luta para votar e aprovar um marco regulatório capaz e democratizar a mídia no país.”

Uma vez exorcizado o demônio midiático, o ato do PT resumiu-se à rasgação de seda. Lula afagou Dilma. E vice-versa. Todos alisaram Dirceu, para delírio da arquibancada.

Lula previu para Dilma uma presidência de oito anos. Dilma comparou os dois reinados de Lula a uma rocha com várias camadas de sedimento.

Para ela, a gestão passada nem pode ser chamada de herança. “Eu ajudei a construir essa pedra, eu estava lá. Os erros e acertos dela são meus erros e meus acertos.”

A imprensa precisa parar de perseguir o PT e o petismo. É preciso levar em conta que a Constituição brasileira assegura a liberdade de culto.


9 comentários

  1. Parreiras Rodrigues
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 18:39 hs

    Como em todas as ditaduras.

  2. lontrax
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 19:51 hs

    Bleaaargghhh,tem que fazer força para não vomitar com esta pantomima.A cara do ladrão do meio é a melhor coisa da foto.

  3. OSSOBUCO
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 20:39 hs

    Com em todas as ditaduras de direita a imprensa comete crimes, acusa sem provas e age como se fosse polícia. Há instituições que apuram e julgam e se não há provas consistentes, apenas afirmações de jornais, a justiça não pune. Então, a imprensa cabe denunciar sobre fatos reais e não sair acusando e querendo fazer justiça baseado em ilações ou em depoimentos de políticos inescrupulosos. Já imaginaram o desespero dos teleguiados quando o José Dirceu for absolvido? Acho que devem ir ao PROCON contra a mídia comercial por terem sido enganados..

  4. OSSOBUCO
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 20:40 hs

    Na Inglaterra, o jornal The News of the World foi fechado e jornalistas estão sendo presos por terem feito exatamente o que fez o repórter Gustavo Pereira, da Veja. Ele, como seus congêneres britânicos, instalou equipamentos de monitoramento de imagens e/ou de áudio de pessoas sobre as quais queria informações.

    Os britânicos, à esquerda e à direita, horrorizaram-se com o que fez o jornal de Rupert Murdoch porque são civilizados o suficiente para saberem que quando se instala o vale-tudo em uma sociedade, ninguém está a salvo. A injustiça que se faz a um é a ameaça que se faz a todos, diria o Barão de Montesquieu.

  5. Tic Tac
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 20:49 hs

    kkkk….roubar, enganar, falsificar e mentir no dicionário PTista tem novo vocábulo: mídia.

  6. Zangado
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 21:12 hs

    A prova escrachada de que nada os intimida.
    Uma sociedade covarde frente a mentirosos e enganadores não pode reclamar. se hoje debocham publicamente de suas impunidades é porque estão certos de que não há reação social.
    Um povo que não merece este país maravilhoso – menina dos olhos cobiçada pelas potencias hegemonicas – hoje atura esses pulhas, amanhã talvez não tenha defesa contra os invasores.
    Não é para hoje, mas o dia virá.
    A semente está lançada em campo fértil.

  7. Cajucy
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 22:48 hs

    A bem da verdade, o que ainda salva o Brasil é a imprensa. A comunicação direta com o cidadão, o eleitor, com a nobre missão de denunciar falcatrua, independente de quem às patrocine.

    Sem a imprensa, o país estaria dominado pelo que há de pior na política tupiniquim e o cidadão sendo enganado com as mentiras de sempre de que tudo está sob controle, e tudo se faz pelo social. Assim como dizia o Sarney quando operava na Presidência da República – tudo pelo social!

    Viva a imprensa com seus erros e acertos. Sem ela, o Brasil já seria uma CUBANACAN…

  8. paulo
    domingo, 4 de setembro de 2011 – 0:11 hs

    certíssimo, a midia marron da globo e cia

  9. Sassa
    domingo, 4 de setembro de 2011 – 19:03 hs

    PORQUE EMPRESAS PUBLICAS QUE DETÉM MONOPÓLIOS PRECISAM GASTAR COM MARKETING ??? PORQUE A ELETROBRAS GASTA COM MARKETING NA CAMISA DO VASCO ??? ALGUÉM TEM OPÇÃO DE COMPRAR ENERGIA ELÉTRICA ALEM DO MONOPÓLIO ELETROBRAS ??? EMPRESAS ESTATAIS DEVERIAM FINANCIAR ESPORTE AMADOR !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*