Paraná, com 3 ministros, é o mais prejudicado em recursos | Fábio Campana

Paraná, com 3 ministros, é o mais prejudicado em recursos

O Paraná tem três ministros em postos chave no governo federal. Gilberto Carvalho (Secretaria Geral da Presidência), Paulo Bernardo (Comunicações) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil), apesar disso, ou justamente por isso, segundo as más línguas, o Estado é violentamente discriminado na distribuição de recursos federais. Entre 26 Estados e o Distrito Federal, o Paraná só receberá mais recursos per capita que São Paulo, o Estado mais rico da Federação, de acordo com a Lei Orçamentária Anual da União para 2012, segundo levantamento publicado pelo jornal Gazeta do Povo.

O Paraná é o 5º Estado que mais gera recursos para a União, mas é o 26º na hora de receber investimentos federais. O caráter discriminatório dessa situação fica evidente quando se considera a situação do Rio Grande do Sul, Estado que tem um perfil econômico e demográfico semelhante ao do Paraná, mas é governado pelo PT. Os gaúchos estão em 10º entre os Estados que recebem mais recursos (cada cidadão riograndense receberá R$ 172,55 em verbas federais, enquanto cada paranaense vai ter de se contentar com R$ 68,55 dessas verbas).

O fato de dois dos ministros paranaenses (Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann) estarem diretamente engajados num projeto político visando à tomada do poder no Paraná (Gleisi é candidata ao governo em 2014 e Paulo Bernardo é seu marido) pode explicar parte dessa situação. Um eventual malogro da administração atual seria importante combustível para o projeto político do PT no Estado. É aguardada com curiosidade a provável manifestação do deputado petista Enio Verri sobre a questão dos repasses federais ao Paraná. Ex-chefe de Gabinete de Paulo Bernardo (quando este era ministro do Planejamento), Verri é autor de uma tese que o Paraná só sobrevive e realiza obras graças à generosidade do governo federal.


16 comentários

  1. Gilberto Larson
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 10:49 hs

    PT é esse nojo aí. Prejudicam o estado e ainda botam banca.

  2. KAROÇO
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 10:53 hs

    tres imcompetentes mas a culpa e do povo que os elegeu

  3. Jaco
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 11:11 hs

    Dedução lógica: se os estados em que o PT governa recebem mais recursos, então temos que colocar o PT imediatamente no Governo do Paraná…

  4. kadu
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 11:19 hs

    com gente desse calibre nos ajudando em brasília estamos ferrados…

  5. JULIO CESAR DE SISTI
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 11:29 hs

    Temos que lembrar que dois dos ministros estão mais preocupados em abafar os escândalos que a cada dia estão aparecendo contra eles….desse modo só tem um ministro preocupado em conseguir mais recursos para o Estado….pelo menos até agora!!!

  6. Jorge Samuel
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 11:55 hs

    caiu a máscara “republicana” desse trio de maus paranaenses.

  7. horácio duarte
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 12:00 hs

    petista só pensa no “pudê”, tá se lixando pro estado. a prova está aí.

  8. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 12:40 hs

    KKKKK

    Com esses Ministros e os Senadores do Paraná,

    Não me surpreende que não recebamos verbas.

  9. kadafi
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 14:29 hs

    Continuem votando nos PeTralhas…

  10. segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 16:13 hs

    Recursos dependem de deputados que trabalhem atrás de recursos e não fiquem o tempo todo falando mal do governo.

  11. Alberto
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 17:10 hs

    Tropa de incomPeTentes

  12. ivanowski
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 17:14 hs

    . Eu acho que ñ …Perguntem pro pessoal da TRIPOLONI?

    . Lá na obra de Maringá, SOBROU DINHEIRO.

    . ELES ( da Tripoloni ) ñ foram prejudicados.

  13. tony
    segunda-feira, 26 de setembro de 2011 – 18:52 hs

    Indignado lamenta: também de um trio destes vocês esperam o quê? Só podia dar nisto mesmo, o casal de ministros só pensa no futuro político deles, ou seja, estão pouco se lixando para nós aqui na província. E o outro ministro é pior anda , este só pensa é na sobrivivência dele mesmo.

  14. eita !
    terça-feira, 27 de setembro de 2011 – 9:04 hs

    Este casal ai é culpado por toda revolta dos trabalhadores dos correios!
    se a Dilma quiser se salvar um pé no traseiro deles ela vai ter que dar!
    fora casal 20 do Paraná, pare de envergonhar nossa gente !

  15. Luiz Mário
    terça-feira, 27 de setembro de 2011 – 10:16 hs

    Não dava pra esperar outra coisa dessa trinca de dois de paus.

  16. Cecília França
    terça-feira, 27 de setembro de 2011 – 15:36 hs

    O Paraná sobrevive da força do trabalho de seu povo, que gera riquezas para todo o país, e não das benesses do Governo Federal. Recebemos pouco recurso e, ainda sim, somos o quinto em geração de riquezas. E não há Ênio Verri que mude esse quadro.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*