Ney é contra o aumento do número de vereadores | Fábio Campana

Ney é contra o aumento do número de vereadores

“Como representante eleito por quase 80 mil paranaenses, tenho que dar voz e satisfazer o desejo da maioria, que é contra o aumento de vereadores. A corrupção não se resolve aumentando a quantidade dos políticos, e sim, melhorando a qualidade deles”. Esta declaração é do deputado estadual Ney Leprevost que reafirmou sua posição contrária ao aumento do número de vereadores em 119 Câmaras Municipais do Paraná.

De acordo com o último Censo e com base na legislação atual, que estabeleceu um limite máximo de vereadores proporcional ao aumento da população de eleitores de cada município, 119 municípios paranaenses poderiam aumentar a quantidade de seus vereadores. Dentre os municípios aptos a aumentarem a quantidade de seus vereadores a partir da próxima eleição, apenas oito aprovaram o aumento até agora.

Apucarana, Maringá, Foz do Iguaçu, Jacarezinho e Londrina recusaram os projetos. Guaratuba e Mandaguari ainda estão discutindo a matéria. Já os municípios de Guarapuava, Carambeí, Cascavel, Jaguariaíva, Laranjeiras do Sul, Ponta Grossa, São José dos Pinhais e Telêmaco Borba aprovaram o aumento do número de vereadores em suas Câmaras Municipais.

Em Ponta Grossa, a população descontente já colheu cinco mil assinaturas em menos de dez dias, num abaixo-assinado que visa apresentar projeto de lei de iniciativa popular para invalidar o aumento de 15 para 23 vereadores, aprovado pela Câmara Municipal. “É importantíssimo que a população de todo o Paraná siga o exemplo dos pontagrossenses, que não se conformaram com o aumento de vereadores e estão indo às ruas buscar o apoio para derrubar este projeto que só implica em despesas desnecessárias aos municípios, justamente quando precisamos de mais investimentos em saúde, segurança e educação”, resume Ney


9 comentários

  1. Zé da Silva
    quinta-feira, 15 de setembro de 2011 – 12:29 hs

    Demagogia pura deste cidadão…

  2. Raphael
    quinta-feira, 15 de setembro de 2011 – 13:13 hs

    Tem que aumentar p/ 48 …
    EU APROVO.

  3. jobalo
    quinta-feira, 15 de setembro de 2011 – 16:01 hs

    E quando este era vereador , garanto que a opinião seria outra. Eta demagogia , bem oportuna.

  4. bimbo
    quinta-feira, 15 de setembro de 2011 – 16:49 hs

    Paranaguá também aprovou.

  5. Kalunga
    quinta-feira, 15 de setembro de 2011 – 16:50 hs

    Quem tem que ser afavor ou contra é a população de cada município.

  6. M.A.S
    quinta-feira, 15 de setembro de 2011 – 21:16 hs

    Pergunte pro povo.
    Plebiscito, afinal no ano que vêm teremos eleições municipais.
    Não suportamos tanta mal caratíce assim.
    Tem gente que parece que vive dormindo.
    Se com o número que tem existe tanto chuncho,
    imaginem se aumentar.
    Como disse tem gente que vive dormindo mesmo……..

  7. Democracia
    quinta-feira, 15 de setembro de 2011 – 21:22 hs

    Acredito que se ele fosse vereador trataria o assunto de forma totalmente diferença, enquanto deputado não tem “competência” para tratar o assunto, a não ser como um cidadão comum, que tal como a todos, preferem o aumento de médicos e tantos outros, do que vereadores e assessores.

  8. neri
    sexta-feira, 16 de setembro de 2011 – 9:27 hs

    Não vi, em momento algum, este ilustre deputado levantar bandeira para reduzir o numero de deputados federais e estaduais.

    Seja coerente Deputado, ou no seu entendimento, só os vereadores

  9. alexandre moraes
    sexta-feira, 16 de setembro de 2011 – 11:22 hs

    Parabéns ao deputado estadual Ney Leprevost por sua posição a tal assunto, na administração publica precisa de coerência nas decisões a serem tomadas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*