Ney analisa relatório que pode desencadear uma CPI dos Planos de Saúde | Fábio Campana

Ney analisa relatório que pode desencadear uma CPI dos Planos de Saúde

Nesta segunda-feira, o deputado Ney Leprevost recebeu um relatório emitido pelo PROCON. O documento revela que as operadoras privadas de saúde foram alvo de 10.096 reclamações nos últimos anos, só no Paraná.

“Algo está errado com a atuação dos planos de saúde. Os médicos estão insatisfeitos, os consumidores mais ainda. A cada dia cresce minha sensação de que será necessário abrirmos uma CPI das operadoras de saúde aqui na Assembleia Legislativa”, afirma Ney.

Nesta terça, Leprevost começa a consultar os colegas sobre a viabilidade de conseguir o número de assinaturas necessário para abertura da CPI.


4 comentários

  1. dr.Leonidas
    segunda-feira, 5 de setembro de 2011 – 23:38 hs

    Nunca votei no Leprevost,até por ser primo de outro parlamentar. Mas uma coisa a classe médica percebeu faz tempo : esse moço ajuda a causa da saúde. Aliás,se conseguir as assinaturas p abrir CPI dos Planos,o deputado Leprevost vai encontrar muita coisa cabeluda. Tomara que consiga a adesão dos colegas. Leônidas Brito-médico pediatra

  2. Herculano Virmond
    segunda-feira, 5 de setembro de 2011 – 23:42 hs

    É bom ver nossos parlamentares atentos a uma questão tão importante. Parabéns,dr. Ney Leprevost,por sempre lutar ao lado dos médicos e pacientes por saúde de qualidade p as pessoas de todas as classes sociais. SAÚDE TEM QUE SER PRIORIDADE!!!

  3. Ruth do Portão
    segunda-feira, 5 de setembro de 2011 – 23:46 hs

    Vá em frente Ney,nós não aguentamos mais o descaso dos planos de saúde em relação a médicos e pacientes. Só um rapaz idealista,humano e batalhador como você pode levantar essa bandeira e cobrar das autoridades medidas mais rigorosas em relação as operadoras privadas.

  4. Vigilante do Portão
    terça-feira, 6 de setembro de 2011 – 7:41 hs

    Ele já explicou aquela bananosa das verbas do ministério do Turismo?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*