Gleisi convoca Fórum dos Gestores Federais e PT anuncia governo paralelo | Fábio Campana

Gleisi convoca Fórum dos Gestores Federais e PT anuncia governo paralelo

Achefe da Casa Civil e virtual candidata ao governo do Paraná, Gleisi Hoffmann, do PT, começa a organizar a sua ação política no estado. Vai criar o Fórum dos Gestores Federais no Paraná.

Segundo um dos membros o objetivo é articular as ações dos órgãos federais para dar visibilidade as políticas e projetos do governo federal no estado, que em muitos casos são capitalizados pela oposição. É a largada para a campanha de 2012 com vistas a 2014, concluiu.

Veja o convite oficial no Leia Mais:

Prezados,

Em nome da Ministra de Estado Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, convidamos os gestores federais do Paraná para
um encontro a fim de tratar sobre a criação do Fórum de Gestores Federais – PR, com a seguinte pauta:

01. Apresentação da proposta e caracterização do Fórum;

02. Escolha da coordenação do Fórum;

03. Exposição dos objetivos estratégicos do Governo Federal, pela Ministra Gleisi Hoffmann;

04. Definição do próximo encontro e encerramento.

DATA: Dia 1º de outubro, sábado, das 11:00 às 12:00.

LOCAL: Hotel Slaviero Rockefeller Conceptual (fundos do Shopping Estação) – Fone: (41) 3023-2330.

É importante que o Alto Dirigente de cada instituição repasse o convite para seus dirigentes imediatos (Diretores, Pró-Reitores, Coordenadores, etc), desde que comprometido com a abordagem estratégica da gestão federal, sobretudo com o combate a pobreza no estado.

Por se tratar de uma reunião de trabalho, pedimos que enviem confirmação de presença pelo e-mail “gestores.federais@ifpr.edu.br”, para que seja preparado o crachá de entrada no evento.

Atenciosamente,

CARLOS CARBONI
Chefe de Gabinete da Casa Civil


2 comentários

  1. Juscelino Salles
    quarta-feira, 28 de setembro de 2011 – 13:12 hs

    Valeu ministra. Até que em fim alguem preocupado com o estado.
    Pois nosso governador esta sendo uma decepição.

  2. Emerson
    quarta-feira, 28 de setembro de 2011 – 15:27 hs

    Este enfoque dado no convite é surreal, criminoso.

    Vincula a um comprometimento “com a abordagem estratégica da gestão federal”. E se o gestor não tem tal “comprometimento”? Não participaria da reunião?

    Aberração. Em país sério ministro cairia. Como estamos no Brasil…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*