Gleisi, a 'mãe' da Copa | Fábio Campana

Gleisi, a ‘mãe’ da Copa

Renata Lo Prete

Preocupado com o ritmo das obras de infraestrutura associadas à Copa-2014 e sob constante pressão da Fifa, o Planalto cogita designar uma espécie de gerente-geral dos projetos de legado da competição, nos moldes do que Lula fizera quando escolheu Dilma Rousseff para administrar a execução do PAC.

Para driblar eventual mal-estar político, o governo evita caracterizar a medida como “intervenção”, mas a presidente deixa claro que quer alguém com os cronogramas em mãos e disponibilidade para cobrar prazos com rigor. Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Miriam Belchior (Planejamento) são as cotadas para a tarefa.

Comitiva – Dilma determinou ontem que os ministros das pastas envolvidas na Copa visitem o quanto antes as obras dos estádios e monitorem os prazos. Orlando Silva (Esporte), Gastão Vieira (Turismo) e Jorge Hage (CGU) foram escalados para a nova inspeção nos canteiros.

Homeopatia – Em privado, Gleisi Hoffmann pondera, sobre o mesmo tema: “Os senadores não concordarem com a criação de novo imposto é até compreensível. Mas aumentar as despesas sem fonte de receita é, no mínimo, irresponsabilidade”.


5 comentários

  1. Revoltado
    terça-feira, 27 de setembro de 2011 – 11:45 hs

    E futura governadora do Paraná…

  2. ANTONINENSE BEM INFORMADO
    terça-feira, 27 de setembro de 2011 – 13:32 hs

    Estão mais para “avós” da copa! chega de “turismo político”, vide hidroelétrica.

  3. didi
    terça-feira, 27 de setembro de 2011 – 16:29 hs

    Sanches Tripoloni ganha tudo.

  4. borrachada
    terça-feira, 27 de setembro de 2011 – 16:56 hs

    Lula, o pai do “copo”

  5. Empreiteiro amigo
    terça-feira, 27 de setembro de 2011 – 22:48 hs

    Uhuuuuuuuuu!!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*