Com resposta do governo, oposição retira pedido de informações | Fábio Campana

Com resposta do governo, oposição retira pedido de informações

O deputado Ademar Traiano (PSDB), líder do governo na Assembleia Legislativa, encaminhou nesta segunda-feira (12) documento procedente da Casa Civil respondendo questionamentos do deputado Tadeu Veneri (PT) a respeito de contratação de funcionária em cargo de comissão pela TV Educativa e de campanha publicitária no âmbito da E-Paraná. Com as respostas em mãos, o deputado petista resolveu retirar o requerimento solicitando informações do governo estadual.

O documento esclarece que a contratação da funcionária Cláudia Queiroz Gonçalves foi absolutamente legal. Ao contrário que sugere o questionamento do deputado petista, não existe, no Poder Executivo, norma expressa vedando a contratação de servidores comissionados que sejam administradores ou sócios de empresas privadas.

Sobre a criação da nova identidade visual da Rádio e Televisão Educativa do Paraná, o documento esclarece que a produção foi desenvolvida internamente pelos profissionais responsáveis pela programação visual. Nenhuma empresa foi contratada para criar novas marcas e vinhetas. Não houve qualquer custo para a administração pública.

Também não houve qualquer tipo de contratação de empresa ou custo para a divulgação da Rádio e Televisão Educativa do Paraná em ônibus do sistema de transporte de Curitiba. “A ação de comunicação foi uma iniciativa conjunta da Fundação Cultural de Curitiba e da RTVE-PR com objetivo único de promover a cultura e os artistas curitibanos que há oito anos não tinham espaço de divulgação na emissora”, disse Traiano.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*