Com general, André Vargas prevê uma nova fase para o Dnit | Fábio Campana

Com general, André Vargas prevê uma nova fase para o Dnit

De O Estado do Paraná

Com o objetivo de dar mais eficiência às obras do governo federal tomou posse nesta sexta-feira, 02/09, o novo diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Jorge Fraxe. Em seu discurso, Fraxe conclamou os servidores a “mudar o rumo da história” da instituição.

Único representante do Partido dos Trabalhadores na solenidade, o deputado federal André Vargas (PT-PR), disse esperar uma nova fase para o Dnit. “Essa nova gestão vai fazer mais com menos, melhorando a eficiência”.

A expectativa do petista foi reverenciada pelo novo diretor. “Oferecendo infraestrutura de qualidade no setor de transportes a todos os cidadãos que pagam imposto nesse País. Essa é a única maneira que eu entendo e vejo de resgate da nossa imagem e do nosso valor como Dnit: oferecer ao cidadão brasileiro uma infraestrutura de transporte de qualidade em tempo célere. Convido a construirmos um novo futuro e mudar o rumo da história a curto prazo para que sejamos admirados por todos os brasileiros”, disse Fraxe.

A expectativa petista é que o número de obras seja ampliado, e com custos menores. “O Brasil nunca construiu tantas obras como no governo do PT, principalmente se comparado ao período FHC, por exemplo, que praticamente não construiu nada, como foi o caso do Paraná. No governo Lula os investimentos em rodovias cresceu muito, como é o caso da Transbrasiliana, e das restaurações de todas as rodovias federais do Paraná, mas também da ferrovia Nortesul. O Dnit tem dado resposta ao Brasil”, afirma André Vargas.


5 comentários

  1. Anônimo
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 14:15 hs

    No fundo, o negócio do PT é com os generais. Lula é fruto da tolerância dos generais, que preferiam um líder populista inculto e neutro ideológicamente, do que Brizola e outros do gênero. E deu certo, Lula foi a pedra no caminho de Brizola e o impediu de ser presidente. O plano dos generais deu certo.

  2. Vigilante do Portão
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 14:16 hs

    Pena que o Geisel já morreu.

    Caso contrário, dava para chamar o Alemão.

    Esse é o PT.

    Bando de incompetentes.

  3. Atento
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 14:43 hs

    E então na incapacidade de chamarem, nesse universo petista de corruptos, resolveram colocar um general no comando do Dnit. Que beleza! Parece-nos que estão chegando a conclusão que algo lá de trás não foi tão ruim assim. Te cuida André pois aí tem café no bule. Tua batata está assando véio.

  4. OSSOBUCO
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 18:46 hs

    Um general petista, o que os reacionários da mídia irão falar agora, golpe de mestre da Dilma. A oposição vai ficar ainda mais perdida.

  5. Zangado
    sábado, 3 de setembro de 2011 – 21:14 hs

    General sem pólvora, será engolido pelo mastodonte petista no poder.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*