Bancários da Grande Curitiba entram em greve na terça-feira | Fábio Campana

Bancários da Grande Curitiba entram em greve na terça-feira

da Banda B

Os bancários da base de Curitiba e região aprovaram por unanimidade a rejeição da proposta da Fenaban — que previa reajuste de 7,8%, sendo 0,37% de ganho real — e a deflagração de greve a partir da próxima terça-feira, 27 de setembro. Mais de 360 trabalhadores compareceram ao Espaço Cultural para a assembleia na noite desta quinta-feira (22).

Uma nova reunião com a classe patronal acontece nesta sexta-feira (23), em São Paulo. Diante da possibilidade de uma nova proposta, os bancários de Curitiba e região voltam a se reunir em assembleia na segunda (26).

A categoria pede reajuste salarial de R$ 12,8%, mas a Federação Nacional dos Bancos apresentou propsota para corrigir os salários em 7,8%, mesmo índice para vales refeição, alimentação, auxílio-creche e a parte fixa da PLR e do adicional.

Interior

Também rejeitaram a proposta da Fenaban os bancários de Apucarana, Arapoti, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Guarapuava, Londrina, Toledo e Umuarama e respectivas regiões.


Um comentário

  1. Questionador
    sexta-feira, 23 de setembro de 2011 – 15:55 hs

    -Não confundir o dinheiro que ganham os bancários com os lucros exorbitantes que ganham os banqueiros!!!
    -Greve justa e moral, pois os bancários tem seus salários reduzidos em comparação com outros setores e sem falar nas metas que são obrigados a atingir,que podem ser interpretadas como assédio moral…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*