A única confissão de José Dirceu | Fábio Campana

A única confissão
de José Dirceu

Por Reinaldo Azevedo

Parece que o Folhateen, o caderno da Folha para jovens, tem uma seção chamada “Quando eu tinha a sua idade”. O destaque da última edição foi José Dirceu. Parece que ele já foi jovem um dia. Passei o olho rapidamente e me deparei com a piada pronta. Diz o homem:

“Quando saí de Passa Quatro [MG], fizeram festa. Eu bagunçava muito, era rebelde. Briguei muito na escola. Cheguei até a ser coroinha, mas me expulsaram – roubava hóstia para comer.”

Sobre o ladrão de hóstias, comentem com moderação. Vocês já sabem que a primeira coisa que vocês pensaram escrever eu não posso publicar, certo? Então vamos combinar assim: quem pensou “aquilo” deve escrever simplesmente “Aquilo”. Combinado?


6 comentários

  1. Alberto
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 9:18 hs

    É um sem vergonha mensaleiro e corrupto, e não tem vergonha na cara mesmo.esse é pau que nasce torto.

  2. HENRY
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 9:57 hs

    PUTZ… DE NOVO ESSE MARGINAL?

  3. PROFESSOR
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 10:40 hs

    LADRÃO NA INFÂNCIA, LADRÃO NA IDADE ADULTA. E NINGUÉM FAZ NADA, O CARA AINDA TÁ SOLTO, CADEIA NELE!!!!!!!!!!!

  4. JULIO CESAR
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 11:54 hs

    Já diz o ditado: ” O hábito faz o monge”!!

  5. Zangado
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 12:14 hs

    Aquilo – dez vezes … e outras tantas pelo mensalão !!!

  6. M.A.S
    quinta-feira, 1 de setembro de 2011 – 15:25 hs

    Ladrão de hóstia.
    Estão brincando com coisa sagrada.
    Isso eu conheço por outro nome gente…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*