UEPG abre vagas para diplomados pela Vizivali | Fábio Campana

UEPG abre vagas para diplomados pela Vizivali

Da Aen

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) anuncia a abertura de vagas destinadas a candidatos que realizaram estudos na Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu (Vizivali), mas não tiveram os diplomas reconhecidos.

A regularização dessa situação foi viabilizada por meio de acordo com o governo do Estado, que beneficiou cerca de 35 mil pessoas. Serão ofertados cursos de Pedagogia a distância, ministrados pelas universidades estaduais do Paraná e pelo programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), do governo federal. Com essa medida, todos os formandos terão a situação regularizada e poderão atuar na área pedagógica.

São 2.025 vagas nas unidades pólo de Bandeirantes (50), Bituruna (250), Congonhinhas (50), Ibaiti (100), Ipiranga (100), Jaguariaiva (150), Palmital (250), Ponta Grossa (250), Reserva (100), Rio Negro (175), São Mateus do Sul (250) e Telêmaco Borba (300). As aulas têm início previsto para setembro de 2011.

MATRÍCULA – No período de 16 a 26 de agosto, os candidatos relacionados no edital Prograd 88/2011 devem acessar o endereço https://sistemas.uepg.br/ead/ para preenchimento do registro acadêmico, que deverá ser impresso e encaminhado à UEPG com os demais documentos solicitados no edital.

A documentação, sem rasuras e em perfeita ordem, deverá ser postada nos Correios (via Sedex), até 27 de agosto de 2011, endereçada à UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA / PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO / Seção de Registro e Controle de Cursos a Distância / Av. Carlos Cavalcanti, 4748 / 84.030-900 – Ponta Grossa – PR.


11 comentários

  1. O Anjo
    segunda-feira, 15 de agosto de 2011 – 16:48 hs

    São somente 2.025 vagas.
    Faltam então 32.000 vagas para solucionar o problema.
    Por que o IFPR não resolveu o problema, como estava previsto?
    Quem ficou de fora será atendido em que época e de que maneira?
    O drama continua.
    A mentira grassa.

  2. sandra
    segunda-feira, 15 de agosto de 2011 – 17:34 hs

    porque que a documentaçao que ja foi enviada ao inst.federal do parana nao é repassada para as universidades que irao convalidar os diplomas , o professor vai ter que gastar tudo de novo ?palhaçada ! bagunça !
    os demais quando serao contemplados ? os que nao eram professores tambem foram enganados . Soluçao pela metade nao adimitimos .

  3. everlin de lima
    terça-feira, 16 de agosto de 2011 – 10:37 hs

    olá só tem apenas um problema, não está aparecendo o registro academico, o que se faz numa situação dessas?
    everlin de lima
    rio negro paraná
    fone 47-91988603

  4. ELIZABETH MERTINS PETRIO
    quarta-feira, 17 de agosto de 2011 – 11:03 hs

    Não há alguma coisa que pode ser feito por nós professores que temos vários anos de serviço,e que fizemos uma pós graduação?porque tanta injustiça !

  5. ELIZABETH MARTINS PETRIO
    quarta-feira, 17 de agosto de 2011 – 11:06 hs

    Não há nada que pode ser feito por nós professores, que temos vários anos de serviço,muitas horas de capacitação,e pós-graduação? Que injustiça !

  6. rosilene los antunes da silva
    quarta-feira, 17 de agosto de 2011 – 22:39 hs

    onde encontra-se o espaco para preencher o registro academico e piada ou o que

  7. quarta-feira, 17 de agosto de 2011 – 23:07 hs

    Que isso gente é brincadeira quando vai se resolver o problema por inteiro porque aceitaram a matricula na epoca de quem não estava em sala de aula, se agente ficou em segundo plano eu acho que temos o mesmo direito queo os atuantes´pois o nosso dinheiro tem o mesmo valor que o deles e nosso direito é igual.

  8. dirlene
    domingo, 21 de agosto de 2011 – 17:52 hs

    Não acredito nisso…querem dizer que eu como não estava atuando como professora,porém mesmo assim conclui o curso,não terei direito ao meu diploma??
    Não é possível…quanta injustiça…acabo de desitir…parabéns…vcs venceram!!!!!

  9. RAQUEL
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 22:59 hs

    E o que farão pelas alunas que estão em sala de aula , mas que atualmente não moram mais no Paraná ??? Não tenho direito????? Paguei, cursei, participei da colação e cansei de esperar uma solução e hoje não moro no Paraná então não tenho direitooooooooo? Não posso deixar familia e emprego para mudar de novo para o Paraná e fazer complementação. Aqui não achei nenhuma faculdade que aceitasse a complementação, afirmam que não tenho um histórico de graduação, para fazer complementação, que o histórico que possuo seria um curso de capacitação. Como fico??????? Que horas terei vez?????????????Chega!!! Isso ta me deixando doente…

  10. terça-feira, 20 de setembro de 2011 – 17:17 hs

    Que injustiça! Não vou receber o diploma visto que estou aposentado nesse momento.Como fica os investimentos e horas de estudos que me dediquei? Frustração! E a IFPR que embolsou os 50 reais de inscrições de cada aluno e até agora não nos devolveu? Quando vão devolver ou vão ficar com mais esse também? Aguardo resposta.

  11. sonia
    quarta-feira, 11 de janeiro de 2012 – 13:28 hs

    eu nao sou professora mas paguei ,nao vou ter meu diploma mandarao eu estudar por conta mas estou desenpregada nao tenho como pagar 190.00 reais por mes vou perde tudo

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*