Sessão "reservada" para ouvir Derosso pode ocorrer ainda nesta sexta | Fábio Campana

Sessão “reservada” para ouvir Derosso pode ocorrer ainda nesta sexta

De Rogerio Galindo do Blog Caixa Zero

O presidente do Conselho de Ética da Câmara Municipal de Curitiba, Francisco Garcez (PSDB), disse que deve tentar convocar ainda para hoje (sexta) ou amanhã (sábado) a reunião fechada para ouvir João Cláudio Derosso (PSDB).

Segundo Garcez, o depoimento de Derosso no Conselho, nesta quinta, foi “insatisfatório”, já que o vereador se recusou a responder várias perguntas. Derosso alegou que “questões íntimas”, envolvendo seu relacionamento com a jornalista Cláudia Queiroz Guedes, sua atual esposa, não seriam respondidas em público.

Derosso é acusado de beneficiar a esposa na licitação de publicidade da Câmara. A Oficina da Notícia, de propriedade de Cláudia, geriu R$ 5 milhões de contratos durante cinco anos.

Depois de fazer a sessão fechada, Garcez diz que pretende ainda ouvir as pessoas que participaram da comissão de licitação, em 2006, antes de encerrar a investigação. Mesmo assim, pretende acabar o trabalho na próxima semana.

Depois disso, o vereador Jorge Yamawaky, do PSDB, terá dez dias para fazer o relatório, que será votado primeiro pelo conselho e depois pelo plenário da Câmara.


3 comentários

  1. carlos rocha
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 15:06 hs

    NÃO EXISTA QUESTÕES DE FORO IMTÍMO QUANDO SE ENVOLVE DINHEIRO PÚBLICO, PORTANTO TUDO TEM QUE SER ÁS CLARAS PARA NÃO GERAR MAIS DÚVIDAS. O RESTO É QUERER MASCARAR AS COISAS.

  2. Zé da Bota
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 15:11 hs

    A sessão será “reservada” para não tornar público com se faz para a esposa vencer licitação de contratos. Já imaginou o quanto vale uma “dica” destas?…..

  3. Sandra
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 17:30 hs

    Sessão reservada como PT faz ? Tá certo que foi o próprio partido de Derosso quem propos a CPI, coisa que jamais o PT faria, mas bem que podia ser toda pública e não imitar os corrptos PT istas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*