Protestos em frente à Câmara | Fábio Campana

Protestos em frente à Câmara



Foto: Roberto Corradini

O presidente da Câmara de vereadores de Curitiba, João Cláudio Derosso, chegou agora para prestar esclarecimentos no Conselho de Ética da casa. Derosso é acusado de beneficiar a própria mulher numa licitação de 30 milhões da câmara e de ter contratado funcionários de forma irregular. O limite máximo para a sessão, aberta ao público, definido pelo Corpo de Bombeiros, são 150 pessoas.

Em frente à Casa, acontecem várias manifestações e protestos contra o presidente da Câmara.

A sessão, marcada para começar às 14 horas, ainda não foi aberta.

Mais informações em breve.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*