Prefeito de Ramilândia continua no cargo | Fábio Campana

Prefeito de Ramilândia continua no cargo

Em sessão na Câmara, vereadores votaram a favor de cassação do prefeito mas segundo juíz, sessão era inválida e foi cancelada.

Adriana Justi do G1 Paraná

A prefeitura de Ramilândia, no Oeste do Paraná, disse ao G1 na manhã desta segunda-feira (8), que o prefeito Rui Antônio Spagnol (PDT), continua no cargo. A sessão onde sete parlamentares votaram a favor da cassação do prefeito e dois votaram contra, na manhã de domingo (7), foi considerada inválida. De acordo com o juíz Fernando Bueno da Graça, o cancelamento foi devido ao descumprimento de ordem judicial e várias irregularidades decorrentes no processo contra o parlamentar.

Segundo a prefeitura, a defesa do prefeito entrou com recurso no sábado (6) para suspender a votação. Como o pedido foi aceito pela Justiça, os parlamentares estavam impedidos de dar continuidade ao procedimento no domingo (7). “Eles descumpriram a ordem judicial, por isso o juíz cancelou a votação”, afirmou o advogado Jurandir Parzianello Júnior.

Com a decisão, a posse do vice-prefeito Ricardo Celon, que estava prevista para terça-feira (9), foi cancelada. O prefeito Rui Antônio Spagnol deve continuar no cargo e aguarda o pronunciamento do Poder Judiciário.

Segundo o juíz, caso haja descumprimento da ordem, será aplicada uma multa de R$ 100 mil.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*