OAB entra no Supremo contra doações de empresas em campanhas | Fábio Campana

OAB entra no Supremo contra doações de empresas em campanhas

Da Folha.com

O conselho federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) decidiu entrar nesta segunda-feira com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) para impedir que empresas privadas façam doações eleitorais.

Para os advogados, o tribunal deve considerar inconstitucionais as normas da legislação eleitoral que permitem as doações privadas.

A entidade argumenta que esse tipo de financiamento incentiva a corrupção e o tráfico de influência.


3 comentários

  1. Gargamel
    terça-feira, 23 de agosto de 2011 – 8:29 hs

    Eu concordo plenamente com OAB. Não tem nada que empresa privada ficar doando para campanha política. Se fazem isso porque esperam algo em troca no futuro. Isso é corrupção. Como já sabemos que STF não vai aceitar essa proposta então podemos propor: QUE AS EMPRESAS PRIVADAS QUE FIZEREM DOAÇÕES A CAMPANHAS POLÍTICAS NÃO PODERÃO PARTICIPAR DE LICITAÇÕES E NEM PRESTAR QUALQUER TIPO DE SERVIÇO À EMPRESAS PÚBLICAS, AUTARQUIAS, ETC… NO DECORRER DA GESTÃO. JÁ PARA AS PESSOAS FÍSICAS QUE DOAREM, NÃO PODERÃO OCUPAR CARGOS PÚBLICOS COMISSIONADOS E NENHUM ORGÃO PUBLICO, A NÃO SER ATRAVÉS DE CONCURSO PÚBLICO.
    PENSEM NISSO!!!

  2. Mauro Biazi
    terça-feira, 23 de agosto de 2011 – 8:54 hs

    Um dos atos mais perversos e que compromete de morte nossa democracia é o tal da doação pública de campanha. É através dessa excrescência que políticos e empreiteiros se unem umbilicalmente à malandragem, à rapinagem do dinheiro público. O dinheiro doado, via de regra, já é fruto de ganho desonesto porque nenhum empresário em sã consciência e agindo dentro da ética, precisa financiar políticos para ter de volta um naco, ou um nacão, do que deu. Por sua vez, as empreiteiras maracutaiam as licitações, vencem em comum acordo com as outras concorrentes, oferecendo lotes da obra como contrapartida, sabendo que os tais aditivos -outra bandidagem oficial- vão suprir e muito o que doaram e dividiram com parceiros. Agora que desnudam o Ministério dos Transportes, dá pra ver a pontinha da malandragem que impera neste Brasil. Engraçado é que todo mundo, pelos menos os de QI mediano, sabem de toda esa rapinagem e os nossos governantes, que entendemos serem capacitados para para estarem onde estão, seguem o discuros do molusco 9 dedos “não sabiamos de nada”. Esse Brasil, essa democracia, nossos poderes constituídos, ainda muito há pra se fazer até depurarmos a bandalheira engravatada que age subreptilmente como se ninguém pudesse peitá-los. Passa da hora de levarem esse País a sério.

  3. carlos alberto pessoa
    terça-feira, 23 de agosto de 2011 – 13:23 hs

    só verbas privadas deveriam ser permitidas nas eleições!
    as públicas criam monstrengos:
    esquerdista financia dtista e vice versa.
    a oab é um sindicato metido a besta;
    em tempo:
    devemos tirar este sindicato da Constituição!
    e quebrar o seu monopólio!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*